Comer, beber e se hospedar em Praga

Praga é uma cidade rica em atrações turísticas. E me parece que essa característica reflete diretamente na qualidade dos restaurantes, pubs e albergues da cidade. Por aqui tudo é feito com muito cuidado e até mesmo uma noite de bebedeira pode ser “regada” a história, já que há vários estabelecimentos temáticos da era medieval.

Somados a esses pequenos detalhes, as comidas e bebidas daqui são extremamente saborosas. Tanto é que mereceram um artigo inteiro para elas. Por isso, se Praga é seu próximo destino, não deixe de considerar as dicas que você lê a partir de agora!

Comidas típicas e herdadas

Goulash

O Goulash é muito parecido com o que chamamos de “carne de panela” no Brasil, com consistência de sopa. Sua origem é húngara, mas de qualquer maneira, a República Tcheca achou seu jeito de inová-lo, servindo o conteúdo dentro de um pão. O resultado é fantástico.

Nem todo restaurante oferece o Goulash dessa forma, por isso é recomendável que você pergunte ao garçom: Guláš je v chlebu? Óbvio que você não precisará falar isso. Praticamente todo mundo fala inglês por aqui.

Goulash, em Praga, República Tcheca

Goulash, em Praga, República Tcheca. Créditos: puzzlement / Fonte: Flickr

Schnitzel

Um dos pratos austríacos mais tradicionais também é muito comum em Praga e será muito fácil achar restaurantes que servem os famosos Schnitzels. A receita é simples: bifes de carne de porco empanados, purê de batata e algumas rodelas de limão. Ah! Isso é bife à milanesa! Sim!

A diferença que notei pros Schnitzels de Praga com relação aos austríacos é que por aqui os bifes são mais finos. Talvez os porcos sejam mais magros. Mas o purê de batata compensa. Este é mais gostoso que qualquer outro que já provei. Sua consistência é mais sólida, como se a batata tivesse sido cozida por menos tempo e alguém a amassou somente o suficiente pra que perdesse sua forma original.

É um prato bom pra pedir naquele dia que você acordou tarde e não sabe se toma um café-da-manhã ou se já almoça direto. Não espere sair completamente satisfeito se você chegou ao restaurante quase morto de fome por ter explorado Praga durante um dia inteiro.

Schnitzel, em Praga, República Tcheca

Schnitzel, em Praga, República Tcheca. Créditos: basykes / Fonte: Flickr

Carne de porco defumada

Se meu voo de volta pra casa não fosse cruzar o Atlântico e tivesse uma geladeira para os passageiros eu deixaria todos os meus pertences por aqui e encheria minha mala de carne de porco defumada. Os checos provavelmente têm a “melhor técnica de fazer fumaça do mundo”. Só isso pode explicar o que foi o melhor prato que comi por aqui.

O que eles chamam de potato dumplings with smoked pork meat é um prato com batata (a batata aí de novo), espinafre (às vezes) e enormes bifes de porco defumados. O sabor dessa iguaria é tão suculento que a impressão que dá é que você está comendo um bife de bacon.

O que combina com o prato em questão é uma caneca de 1 litro de cerveja, servida na grande maioria dos restaurantes por aqui. Se você tiver uma barba grande, entorne metade da cerveja nela, pegue os bifes com a mão e sinta-se um rei dos tempos medievais.

Carne de porco defumada com batata, em Praga, República Tcheca

Carne de porco defumada com batata, em Praga, República Tcheca. Créditos: stu_spivack / Fonte: Flickr

Kebabs e pizzas

Falei sobre os kebabs em um post sobre Budapest, que você pode ler aqui.

Assim como a grande maioria dos países europeus, os kebabs e fatias de pizzas estão disponíveis para as noites baratas e fins de festa. Não há muita diferença no sabor para os outros fast-foods desse tipo, mas aqui eles são mais raros. E os poucos que existem fecham cedo.

Então se você é um exímio degustador de kebabs, eu recomendo que você se informe sobre esses verdadeiros salvadores de orçamento assim que chegar à Praga. Procurar por um estando supostamente embriagado, com fome e cansado será muito complicado.

Kekab

Kekab. Créditos: kellinahandbasket / Fonte: Flickr

Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?

Bebendo em Praga

Agora que você já sabe o que comer, veja o que beber na capital tcheca.

Cervejas

A República Tcheca é um dos países mais tradicionais do mundo no que tangem as cervejas fabricadas. Não é à toa que este é o país em que mais se consome cerveja no mundo em termos de litros por pessoa: 143 litros por ser humano! Dados apresentados pela empresa alemã Bath-hass Group. Nada mais justo: eles realmente sabem fabricá-las aqui.

Pra começar, a cerveja que quase todo pub serve é a Staropramen. Não se assuste com os baixos preços. É possível pedir por uma caneca de 1 litro e pagar o equivalente a dois euros. Não significa que por ser uma das mais baratas é a de menor qualidade. Muito pelo contrário. Tem sido minha preferida por aqui. A Kozel é outra que tem meu total respeito, tanto pelo sabor quanto pela simpatia do bode que aparece na garrafa tentando segurar uma caneca cheia de cerveja.

Pode confiar nas duas marcas acima, e não pense que isso se trata de uma propaganda. É recomendação de quem já está em Praga há dez dias e teve tempo suficiente pra saber quais são as boas cervejas do país.

Cervejas checas

Cervejas checas. Créditos: Øyvind Holmstad – Own work / Fonte: Flickr

Pubs irlandeses

É muito comum encontrar por aqui pubs irlandeses. E quando digo que são irlandeses é porque eles realmente trazem parte da Irlanda pra cá. Pra começar, Guinness é a cerveja principal desses bares. As músicas e a ambientação também são fiéis. E pra deixar claro que você está pisando em solo irlandês, às duas horas da manhã as luzes acendem, a música é cortada e os garçons começam a “convidar” os bêbados a se retirarem do local.

Nos arredores da Old Town Square – principal praça de Praga – é possível encontrar alguns bem movimentados.

Pub irlandês em Praga, República Tcheca

Pub irlandês em Praga, República Tcheca. Créditos: Tim Rodenberg / Fonte: Flickr

Pubs fora do centro

Se você quer uma verdadeira experiência de bebedeira em Praga, precisará fugir um pouco da mainstream e procurar os pubs da periferia. Fica muito fácil se você conhecer algum morador ou alguém que já tenha ido. Eu fui, mas confesso não lembrar o caminho… sabe-se lá por quê.

Nos pubs fora do centro, a cerveja é ainda mais barata, as músicas que tocam são tchecas e você se sente muito mais confortável, pra falar a verdade. Eles não são abarrotados de turistas e os checos são, no geral, bem receptivos. Em minha única experiência em um pub de várzea, terminamos a noite assistindo a um show dos Mamonas Assassinas no telão. A culpa foi do dono do bar que queria conhecer algo brasileiro. Tá bom, há várias bandas brasileiras, mas, por alguma razão, essa foi a que me veio na hora.

Pub em Praga, República Tcheca

Pub em Praga, República Tcheca. Créditos: ironypoisoning / Fonte: Flickr

Outra forma de conhecer vários pubs em uma noite é participar dos pub crawls, que são “excursões” organizadas para levar os turistas a conhecer vários bares tradicionais da cidade. Não significa que você conhecerá os melhores, mas com certeza vai se divertir.

Aqui em Praga, um pub crawl funciona da seguinte forma: você paga uma quantia que equivale a dezesseis euros e percorrerá quatro pubs. No primeiro deles você terá uma hora pra beber o que quiser e o que aguentar. E estão incluídos cervejas, vodcas, absintos e vinhos. A partir do segundo pub até o último, você recebe apenas um welcome shot (dose de boas-vindas) e paga pelo restante das bebidas que consumir neles.

Tão engraçado quanto participar de um pub crawl é ver os grupos voltando dessas excursões enquanto você está sóbrio. Ontem, por exemplo, enquanto eu voltava do mercado, presenciei um grupo enorme (eu chutaria umas trinta pessoas) cantando I Will Always Love You da Whitney Houston junto com um artista de rua que parecia estar muito satisfeito com aquele coral improvisado. Esse tipo de coisa deixa Praga ainda mais viva.

Onde se hospedar em Praga

Praga possui muitos albergues bem classificados. Minha sugestão é o Travellers Hostel Praha, priorizando a localização. Ele fica a poucos minutos (a pé) da Old Town Square, ou seja, estou exatamente no local mais movimentado da cidade onde é possível visitar a maioria das atrações da cidade andando.

Travellers Hostel Praha

Dlouha 33

Descrição obtida de Booking

O Travellers Hostel Praha está localizado no centro da cidade de Praga, apenas a 50 metros da famosa Discoteca Roxy Music. O Centro Comercial Palladium fica apenas a 200 metros. O acesso Wi-Fi gratuito está disponível no hostel.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Venha sobreviver em Praga

Agora que você já sabe o que comer, beber e onde se hospedar em Praga, tem tudo o que precisa pra sobreviver em uma das capitais mais procuradas da Europa. Caso queira continuar sua leitura sobre ela, você pode ler meu post anterior, que fala sobre o passeio fantástico pela Lesser Quarter.

O que não falta é coisa pra fazer aqui!

Nos vemos no próximo artigo, e muito obrigado pela leitura.

Créditos da imagem de capa: Ullisan / Fonte: Flickr

De malas prontas para Praga?

Em Praga, o almoço simples sai por volta de R$16,30, já o fast-food sairá por mais ou menos R$16,17. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$5,69. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$2,67, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$3,55 e o pint de cerveja R$4,39.

Descubra quanto custa viajar para Praga.

Em Praga, nossa sugestão de hospedagem é o Travellers Hostel Praha.

Os países europeus exigem que os viajantes tenham contratado seguro viagem, geralmente com valores mínimos estabelecidos para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Ou então aprenda aqui a contratar um seguro viagem.

Para quem está na Europa, o voo mais barato para Praga sai de Amsterdã no dia 24/05/17 com volta em 31/05/17 e custa R$89,42 (ver também outras datas). Do Brasil, o voo mais barato para Praga sai de Rio de Janeiro no dia 06/03/18 com volta em 15/03/18 e custa R$1.353,10 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Praga.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre a Coroa checa e o Real é de 1 CZK para 0,1292 BRL. Você pode simular o valor que deseja converter com os preços das casas de câmbio clicando aqui.

Um grupo só de mulheres vivendo a cultura, a língua e o cotidiano inglês, já pensou? A Expedição Teraví - edição Londres – é um programa focado no aprendizado e prática da língua inglesa e recheado de atividades culturais e turísticas por Londres e pelo interior da Inglaterra, que acontecerá entre os dias 02 a 16 de setembro de 2017. Conheça.

Sobre Adriano Castro

Formado em Ciência da Computação pela UFJF, trabalhou durante 10 anos como analista de sistemas até chutar o balde e tocar a vida como freelancer, carregando seus projetos para onde quer que vá.