Como é a vigilância sanitária nos aeroportos da Tailândia

Se você está de malas prontas pra Tailândia, é necessário prestar bastante atenção nas vacinas exigidas pela vigilância sanitária, principalmente no controle rígido realizado de acordo com o país do viajante e, até mesmo, com o país do qual ele está chegando.

A propósito, o Viajei Bonito disponibiliza um guia completo de vacinas e links úteis a respeito de como se manter atualizado a respeito delas.

Atualmente – no ano de 2016 quando esse artigo foi desenvolvido – a única vacina exigida para brasileiros na Tailândia é a da Febre Amarela. Recomendamos se vacinar com semanas de antecedência ao embarque, uma vez que você precisará esperar alguns dias até que consiga o certificado internacional (CIVP) que lhe permitirá entrar no país.

Como proceder nos aeroportos tailandeses

Suvarnabhumi Airport em Bangkok, Tailândia

Suvarnabhumi Airport em Bangkok, Tailândia. Créditos: Oliver Mallich Seguir / Fonte: Flickr

Os aeroportos tailandeses que recebem voos internacionais são fiscalizados pela vigilância sanitária em uma etapa que antecede a imigração. E eles são rigorosos, por isso nem pense em deixar esse certificado de lado. Se você está achando que pode dar uma de João sem braço e entrar no país sem estar vacinado saiba que esse será um engano terrível. Todos os viajantes passarão por esse controle e isso faz parte do processo de obtenção do visto. Ou seja, nem adianta tentar, nem adianta arriscar!

A dica que damos é: saiu do avião, pegou o túnel e já está no aeroporto? Vá direto ao Health Control. Infelizmente alguns aeroportos não possuem plaquinhas que direcionem você para lá, por isso se você por acaso cair na fila da imigração e não tiver passado por ele, saia da fila e procure um pouco mais. Isso aconteceu conosco em Krabi, quando chegávamos de Singapura: depois de passar meia-hora na fila da imigração, o policial recusou nossa entrada por não termos passado pela vigilância sanitária (e olha que já tínhamos passado em Bangkok).

Documentos exigidos pela vigilância sanitária na Tailândia

A vigilância sanitária geralmente é um balcão pequeno, para uma ou duas pessoas, com um cartaz feito no WordArt escrito HEALTH CONTROL. Você chega e apresenta: passaporte, passagens aéreas e o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP), obtido na Anvisa.

Você deverá pegar um formulário enquanto os atendentes ficam com seus documentos. Por isso tenha em mãos o número do voo (isso será necessário para o formulário) bem como seus dados, número do passaporte e endereço de hospedagem.

Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?

Preenchido o formulário, certifique-se de pegar de volta o CIVP, passaporte e quaisquer outros documentos deixados com os atendentes. Agora sim você poderá se dirigir à fila da imigração.

Por fim, guarde seu CIVP em qualquer lugar que não seja dentro de seu passaporte. Os agentes da imigração não querem saber dele, mas sim do formulário carimbado pela vigilância sanitária. Se você entregar a eles junto com o passaporte, eles farão cara feia, respirarão fundo e o empurrarão de volta para você.

Entrou e já está turistando pela Tailândia? Não é necessário carregar o CIVP com você. Sua entrada no país significa que tanto a vigilância sanitária quanto a polícia já autorizaram sua presença. Andar pra lá e pra cá com o documento só aumentará suas chances de perde-lo em algum lugar.

Dicas dadas, agora é relaxar e viajar!

Nos vemos nos próximos artigos!

Ler mais sobre o nosso Mochilão Asiático

Se você gostou deste artigo e gostaria de ler outros sobre o nosso mochilão pela Ásia, veja abaixo por onde passamos e boa leitura.

United-States flag
Estados Unidos

Thailand flag
Tailândia

Outras notícias sobre a Tailândia

Vietnam flag
Vietnã

Malaysia flag
Malásia

Em breve

Singapore flag
Singapura

Créditos da imagem de capa: David McKelvey / Fonte: Flickr

De malas prontas para Bangkok?

Em Bangkok, o almoço simples sai por volta de R$5,46, já o fast-food sairá por mais ou menos R$14,56. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$6,49. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$0,81, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$1,60 e o pint de cerveja R$5,46.

Descubra quanto custa viajar para Bangkok.

Buddy Boutique Inn

62 Chakrapong Road, Taladyod, Pranakorn

Descrição obtida de Booking

Com quartos modernos a preços acessíveis, o Buddy Boutique Inn está rodeado pelas opções de animação nocturna de Khaosan e fica ao lado de um famoso restaurante tailandês. O acesso Wi-Fi está disponível de forma gratuita.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Bangkok, nossa sugestão de hospedagem é o Buddy Boutique Inn.

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Ou então aprenda aqui a contratar um seguro viagem.

Partindo da Europa, o voo mais barato para Bangkok sai de Roma no dia 14/02/18 com volta em 28/02/18 e custa R$127,25 (ver também outras datas). Saindo da Ásia, o voo mais barato para Bangkok parte de Dubai no dia 31/08/17 com volta em 28/09/17 e custa R$255,30 (ver também outras datas). Do Brasil, o voo mais barato para Bangkok sai de Navegantes no dia 22/05/17 com volta em 01/06/17 e custa R$3.659,77 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Bangkok.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Baht tailandês e o Real é de 1 THB para 0,0921 BRL. Você pode simular o valor que deseja converter com os preços das casas de câmbio clicando aqui.

Sobre Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!
  • Luís Bertocco

    Percebi que perdi minha carteira internacional de vacinação no Camboja, mas eu já estive na Tailândia. Preciso voltar pra lá amanhã. O visto de quando entrei na Tailândia não garante meu retorno sem a carteira de vacinação?????

  • Gisele Rocha

    Luís, mesmo quando retornamos de Singapura para a Tailândia, após 15 dias da primeira entrada no país, tivemos que passar pela Vigilância Sanitária e preencher os documentos novamente. Pensávamos que não seria necessário porque já havíamos feito esse processo antes, mas eles nos mandaram para o final da fila para repetirmos tudo.
    O que você pode fazer é correr para a embaixada do Brasil no Camboja e retirar o documento. Também perdi esse documento e precisei de uma segunda via urgente, que fiz em Miami antes de embarcar para as Bahamas. Ficou pronto na hora.
    Boa sorte!