Do nosso casamento vietnamita organizado às pressas em Ho Chi Minh

O primeiro de nossos casamentos foi realizado em Vilnius, na Lituânia com algumas boas semanas de planejamento, mas o que aconteceu conosco em Ho Chi Minh não precisou de 24 horas! Você acredita?

Durante nossa viagem pelo Vietnã estávamos com a ideia de realizar um casamento tradicional do país, mas nenhuma ideia concreta. Para falar a verdade tudo começou a ser levantado durante um café da manhã, quando decidimos: vamos celebrar nossa renovação de votos aqui!

A partir desse momento começamos a distribuir e-mails e mensagens de WhatsApp aos fotógrafos de casamento que encontrávamos em alguns sites. Mas só recebíamos respostas desagradáveis: ora o preço cobrado era muito alto, ora não havia disponibilidade para o dia seguinte. Até o almoço a única pessoa que se encaixava no orçamento e que tinha disponibilidade começou um papo de nos levar para um templo muito afastado da cidade e começamos a desconfiar que tinha algo de errado ali.

Felizmente até o meio dia já tínhamos conhecido Thường Việt Huỳnh, carinhosamente apelidado de Ted, que se empolgou tanto com a história do blog e de nossos casamentos que pelo próprio WhatsApp nos deu várias dicas a respeito das vestes tradicionais.

Começamos então a levantar os preços e locais que alugavam as roupas típicas de uma cerimônia vietnamita: Áo dài, feminino e o Áo Dài nam, masculino. Mais complicado do que explicar o que queríamos era entender o que os atendentes respondiam pelo telefone e até o final do mesmo dia já tínhamos duas lojas para visitar no dia seguinte, da cerimônia.

Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?

Alugadas as roupas e com horário combinado com o fotógrafo fomos em direção ao templo onde fizemos uma sessão de fotos na entrada. Curiosa foi a hora em que um ônibus completamente tomado por turistas idosos chegou. É sério, não fazemos a mínima ideia de quantas câmeras eram apontadas para nós naquele momento.

Entramos no templo e procuramos um monge que nos pudesse dar a benção budista, mas o fotógrafo nos explicou que naquele momento não seria permitido. A falta de compreensão entre nossos “ingleses” nos deixa a dúvida até hoje do motivo. Entretanto ele me disse que tradicionalmente os noivos fazem uma oração de pé, com as costas para a porta, e assim o fizemos, como forma de renovar os votos.

Oração em templo onde renovamos os votos em Ho Chi Minh, Vietnã

Oração em templo onde renovamos os votos em Ho Chi Minh, Vietnã. Créditos: Thường

Terminado o ritual no templo, percorremos as ruas de Ho Chi Minh onde fomos extremamente bem recebidos e era incrível observar as manifestações de alegria das pessoas que nos reconheciam como turistas mas que estavam ali valorizando a cultura local.

Thường era muito criativo e nos levou para várias partes da cidade onde ele sabia que as fotos seriam bem enquadradas. A réplica da Catedral de Notre Dame foi uma delas.

Curiosa foi nossa segunda visita ao Chợ Bến Thành, mercado popular. Dizemos que foi curiosa porque um dia antes passamos por lá e saímos emburrados por conta do tumulto e da impaciência dos vendedores – em alguns momentos até mesmo com a grosseria. Já com os trajes e todo aquele clima de casamento, os mesmos vendedores esboçavam largos sorrisos, aplaudiam e queriam tirar suas fotos. O amor é capaz de todo tipo de milagre!

Agora repare na próxima foto. Terminamos a sessão de fotos em um ponto de ônibus com várias vendedoras ambulantes. Encontramos uma delas no dia seguinte e ela se lembrava de nós. Disse que foi lindo ver um casal de fora fazendo a renovação de votos em trajes típicos vietnamitas. Para nós, essa troca é fantástica. É algo sem preço.

Ponto de ônibus em Ho Chi Minh, Vietnã, quando renovamos os votos de casamento

Ponto de ônibus em Ho Chi Minh, Vietnã, quando renovamos os votos de casamento. Créditos: Thường

Quanto custou?

No Vietnã o custo de vida é muito barato de uma forma geral. Ao todos, pagamos o equivalente a R$60 pelo aluguel dos Áo dài e dos khăn đóng (o acessório da cabeça). Como dissemos acima, a experiência não tem preço.

A sensação posterior a todas as emoções que esse dia nos proporcionou só reforçou algo que já havíamos aprendido no primeiro casamento: a verdadeira alegria da vida está na simplicidade das coisas. É impossível orquestrar uma cerimônia complexa e detalhada com menos de 24 horas e o que fizemos, por mais simples que fosse, nos trouxe momentos inesquecíveis.

Foi nosso segundo casamento, a primeira renovação de votos e ali tivemos mais certeza ainda de que queremos continuar com esse projeto. Onde será o próximo?

Créditos da imagem de capa: Thường

De malas prontas para Ho Chi Minh?

Giang Son Hotel

283/14 Pham Ngu Lao

O Giang Son Hotel está apenas a 5 minutos a pé do Mercado Ben Thanh e a 15 minutos a pé de atracções como o Palácio da Reunificação, a Ópera de Saigão e a Basílica de Notre Dame. Dispõe de acesso Wi-Fi gratuito e de estacionamento público para motos.

Verificar disponibilidade

Descrição obtida de Booking

O Giang Son Hotel está apenas a 5 minutos a pé do Mercado Ben Thanh e a 15 minutos a pé de atracções como o Palácio da Reunificação, a Ópera de Saigão e a Basílica de Notre Dame. Dispõe de acesso Wi-Fi gratuito e de estacionamento público para motos.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Ho Chi Minh, nossa sugestão de hospedagem é o Giang Son Hotel.

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Ou então aprenda aqui a contratar um seguro viagem.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o dongue vietnamita e o real é de 1 VND para 0,0001 BRL. Você pode simular o valor que deseja converter com os preços das casas de câmbio clicando aqui.

Sobre Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!
  • Evelyn Oliveira

    Vcs se casaram em mais algum país, além de Vietnã e Lituânia? Quem sabe possa surgir um livro a partir disto? Casamentos pelo mundo 😉

  • Gisele Rocha

    A gente sa casou na Tailândia também, mas o post ainda não foi publicado. Boa essa ideia do livro, hein? Quem sabe? 🙂