Do nosso casamento pagão na Lituânia

Vamos nos casar em cerimônias típicas de outras culturas? Não é um pedido de casamento muito popular. Na verdade, conosco isso não nasceu de um pedido, mas sim depois de várias conversas que foram evoluindo para essa vontade. Gostamos de viajar, nos amamos, então por que não conciliar tudo em um grande pacote extremamente enriquecedor em todos os sentidos?

Já tínhamos um roteiro pelos países bálticos e Rússia montado. O primeiro destino? Vilnius, na Lituânia, a escolhida para iniciar nossa série de casamentos pelo mundo. Nos próximos parágrafos você verá mais detalhes sobre como uma cerimônia pagã praticamente mudou nossas vidas e nos trouxe a felicidade e a inspiração para seguir escrevendo, viajando e valorizando cada vez mais o amor.

No final de 2014, um de nós (Adriano) estava fazendo uma viagem pelo Marrocos, mais precisamente em Chefchaouen, quando conheceu Erika e Romanas, um casal lituano que morava em Vilnius, capital do país. Depois de longos dois dias de amizade, o convite para uma visita à sua casa durante o mochilão foi feito. Já a resposta foi quase um “se der eu apareço por lá”.

Mal sabiam que apareceria mesmo!

Quando a ideia dos casamentos ao redor do mundo surgiu, justamente em nosso Mochilão Báltico, contatamos Erika pois sabíamos que ela trabalhava com roupas. Quando soube que estávamos dispostos a nos casar em uma cerimônia tradicional ela se mostrou extremamente empolgada e foi uma das grandes responsáveis por isso tudo ter dado certo.

Depois de alguns dias recebemos dela a sugestão de procurar por uma cerimônia tradicional da Lituânia, mas que estava sendo deixada de lado ano após ano: um casamento pagão.

A Cerimônia

Chegado o dia, vestimos as roupas tradicionais que o casal lituano preparou para nós e seguimos para um parque fora da cidade de Vilnius. Fazia muito frio naquela manhã e mal conseguíamos parar de tremer para tirar as primeiras fotos, ainda na entrada.

Adriano e Gisele caminhando em direção à cerimônia pagã de casamento em Vilnius, Lituânia

Adriano e Gisele caminhando em direção à cerimônia pagã de casamento em Vilnius, Lituânia. Créditos: Romanas Kiela

Ainda não fazíamos ideia de como seria a tal cerimônia pagã, mas em nossa cabeça várias imagens já surgiam, uma melhor do que a outra. A realidade foi mais incrível ainda. Após caminhar alguns poucos metros por uma trilha, saímos no alto de uma colina muito arborizada e aos poucos começávamos a ouvir o som da gaita de fole tocada por um dos cerimonialistas.

Fomos então apresentados a Inija Trinkuniene, que nos contou um pouco sobre a religião báltica, que, ora chamada de paganismo, nada mais é do que a fé lituana que foi deixada de lado há séculos atrás, como resultado do catolicismo que havia convertido grande parte do país.

O casamento foi feito naquele bosque não é à toa: para a religião báltica, os elementos da natureza são venerados e estão diretamente ligados à sua crença.

Ficamos em pé de frente para a Eternal Flame (chama eterna) para que começasse o ritual. As primeiras orações à Gabija, deusa e espírito do Fogo, e Deivas, deus da luz e da vida, exigiu que jogássemos sal na fogueira que se mantinha acesa mesmo com a pequena garoa que caía.

Houve a troca de alianças assim como conhecemos e após algumas palavras e cânticos em lituano, demos as mãos para segurar a pedra de âmbar que ali representava nossa união. Segundo Inija, a partir daquele momento passaríamos a carregar a pedra conosco, mesmo que ela não estivesse materializada em nossas mãos. A partir desse momento circundávamos a chama eterna e fazíamos os votos um para o outro, e tudo foi muito pessoal, afinal de contas, falávamos em português naquele momento, e ninguém além de nós sabia o que estava sendo dito.

A todos que estavam acompanhando a cerimônia foi oferecido uma pequena quantidade de trigo e que era jogada em nossas cabeças, e uma pequena mecha de cabelo de cada um foi cortada para ser lançada ao fogo.

Por fim, fomos convidados a tomar o tradicional hidromel em copo duplo. Precisamos nos contorcer para não deixar entornar, uma metáfora das circunstâncias difíceis que todos os casais enfrentam no cotidiano, nas quais ambos precisam se adaptar para conseguirem, juntos, a vitória. Quando já estávamos saboreando ela nos tirou para servir aos demais convidados. Antes de beber, cada pessoa nos fazia votos de felicidades, vida próspera, saúde e fertilidade.

Mais algumas orações, canções e bênçãos, a cerimônia terminou com uma chuva evoluída da garoa que nos acompanhou desde o início desse dia fantástico que permanecerá em nossa história. Inija disse que jamais choveu durante alguma de suas cerimônias e isso era algo a ser comemorado, pois é sinal de abundância. Seu espanto foi único ao saber que éramos brasileiros. Segundo ela, não é comum receber casais fora dos bálticos, muito menos da América do Sul.

Quanto custou

Em todas as cerimônias que fizemos até hoje, tivemos a sorte de contar com a ajuda de moradores locais e assim reduzimos custos, além de termos uma experiência muito genuína e nada comercial.

Na Lituânia, nossos amigos providenciaram as nossas roupas e só tivemos que arcar com as despesas dos cerimonialistas, que nos custou exatos 100 euros. Isto é, essa cerimônia tão especial saiu por cerca de R$400.

O pós-cerimônia

Terminada a cerimônia, tiramos algumas fotos ainda no parque e depois subimos até às Três Cruzes (Three Crosses) de Vilnius para comemorar: uma garrafinha de champanhe e quatro tacinhas, nada mais. Na verdade, nada muito grande era realmente necessário. Toda a simplicidade da cerimônia nos faz pensar que não é necessário gastar fortunas para um evento que, em sua essência, celebra algo muito simples: o amor.

Naquele momento passamos a carregar uma aliança no dedo e a memória de um dia fantástico, muito diferente de tudo que pudéssemos imaginar. Se tínhamos dúvidas a respeito da possibilidade de se fazer uma cerimônia na cultura de outros países completamente diferentes do nosso, elas foram completamente sanadas, e dizemos mais, só nos trouxe mais empolgação para renovar os votos matrimoniais em outros cantos do planeta.

Sempre que isso acontecer, contaremos tudo no blog, talvez não nos primeiros dias seguintes, afinal de contas, demora-se um tempo para absorver tudo e conseguir expressar todos esses sentimentos em palavras.

Um grande abraço e até o próximo casamento!

Do nosso casamento pagão na Lituânia

Prepare-se para viajar

Use o cupom FERIAS para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

15 pensou em “Do nosso casamento pagão na Lituânia

  1. Que coisa mais linda esta cerimônia! Amei muito! Muito linda a história de vocês <3
    E te falar: você estava muito mais bonita no simplório vestido tradicional pagão lituano do que muita noiva emperequetada por aí 😉
    Viva o amor e a simplicidade! <3
    Beijos procês

  2. Nossa fiquei emocionada com a cerimônia e todo o momento especial que rolou. Um lugar lindo, trajes encantadores e a felicidade que não tem preço e nem palavras que possam expressar. Parabens, amei a proposta e me inspirou a fazer isso em marrocos que iremos em abril do ano que vem. Será que consigo?

  3. História fantástica!! Muitos parabéns!! 🙂 Já fui umas 10 vezes à Lituânia, mas nunca me casei (nem lá, nem em qualquer outro lugar lool). Mas gostei tanto do vosso casamento… que ainda me perco :)))

  4. Muito bonita essa cerimonia! Adorei as fotos!
    Eu não sou muita fã de casamentos, acho um absurdo os valores praticados no BR e um casal que se ama de verdade não precisa de tudo isso!

  5. Lindo! Nem tem como expressar de outra forma. Fiquei apaixonada pelo ritual, tão simbólico e tão profundo. As fotos nos passam mesmo o qual emocionante foi esse momento pra vcs. Desejo muitos outros casamentos lindos pra vcs pelo mundo e estarei aqui pra acompanhar 😀

  6. Que cerimônia mais linda! Com certeza foi tudo bem especial e com carinho.
    Não parecia que estavam com frio, mas deu para ter uma ideia da temperatura vendo as outras pessoas da foto.
    Lindo lindo!

  7. Achei extremamente incrível a ideia de vocês e a cerimônia!!! Você estava linda demais e as fotos também são muito legais… mas a última tá perfeita!! Hehehhehe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo