Krabi ou Phuket e por quê?

Ninguém vai a Krabi ou Phuket porque sempre teve o sonho de conhecer uma das duas cidades. O que atrai turistas do mundo inteira a essa região da Tailândia são as ilhas com praias paradisíacas, principalmente Maya Bay, nas ilhas Phi Phi, famosa por causa do filme “A Praia”, estrelado por Leonardo DiCaprio.

Nós dois reservamos os nossos últimos dias do nosso mochilão pelo sudeste asiático para relaxarmos naquelas praias de infinito azul, mas caímos na mesma dúvida que outros tantos turistas: qual cidade usaremos como base, Krabi ou Phuket e por quê?

Nosso tempo era curto, tínhamos apenas 4 dias, sendo que um deles seria totalmente dedicado ao nosso casamento em um templo budista tailandês. Pesquisamos muito, cotamos os preços de hospedagem, dos voos low costs da Air Asia (a principal do país, sobre a qual já tratamos em outro artigo) e por fim trocamos uma ideia com outros viajantes que já haviam passado por ambas as cidades.

Enfim chegamos a uma decisão e optamos por Krabi. Mas antes que você comece a leitura, lembre-se de ler sobre as tradições e comportamentos dos tailandeses que você deve entender antes de viajar e de ficar ligado nos resorts com melhor custo-benefício na Tailândia.

Mas por que não Phuket?

Phuket ou Krabi? Qual cidade usar como base para visitar as ilhas Phi Phi na Tailândia
Phuket ou Krabi? Qual cidade usar como base para visitar as ilhas Phi Phi na Tailândia? Créditos: Gisele Rocha

Primeiramente, porque os voos saindo de Singapura para Phuket eram mais caros, os passeios também eram mais caros, assim como as hospedagens que cotamos pelo Booking. Também não achamos nenhuma casa bem localizada por um preço conveniente, nem no Airbnb (cadastre-se pelo nosso link e ganhe R$85 de desconto na primeira viagem para qualquer lugar do mundo).

Phuket é uma cidade que vive do turismo, por isso existem inúmeras opções de passeios, spas, espetáculos noturnos e tudo mais que possa tornar a experiência dos passantes a mais prazerosa possível, mas isso tem um preço.

O que pesou na nossa decisão entre Krabi ou Phuket não foram só os preços em si, mas tudo o que nos contaram a respeito do turismo sexual no balneário. Com a popularização de Phuket frente aos viajantes estrangeiros, a prostituição cresceu expressivamente e não há nenhum controle sobre isso. Nos foi contado também que a cidade não era tão segura quanto a nossa outra opção, o que nos deixou bem cabreiros.

Nosso negócio era ir para um lugar mais sossegado e que fosse a porta de entrada para as ilhas e assim fomos para Krabi. Até gostaríamos de ter tido tempo para ir a Phuket e assim tirar as nossas próprias conclusões sobre a cidade, só que não rolou.

Mas nós erramos

Tivemos uma chegada um tanto conturbada em Krabi (leia sobre isso aqui e descubra outras formas de se deslocar entre o aeroporto e Krabi Town). Nosso hotel era ótimo, muito bem localizado, próximo a bares, restaurantes, mercados, feirinhas de artesanato e do templo onde nos casamos, mas muito longe da praia, que era o nosso motivo de estarmos ali.

Para ir a Ao Nang, de onde saem os barcos para Phi Phi Island, demoramos quase 1 hora. De carro seria mais rápido, mas como contratamos os passeios com uma agência, o ônibus dava uma volta imensa para pegar todo mundo. Fora um grupo de chineses que atrasou demais.

Krabi é uma cidade simpática, cercada por mata virgem. Tiraria ao menos dois dias para passear por ela, visitando alguns pontos turísticos. Não nos arrependemos de ter excluído Phuket da lista, Krabi foi uma decisão acertada, mas com a nossa correria, seria melhor ter ficado mais perto da praia. É o que faríamos se fôssemos de novo.

Documentos exigidos pela vigilância sanitária na Tailândia

Krabi Town, Ao Nang ou Railay?

Tendo tempo, é válido visitar Krabi e passar ao menos uma noite por lá, comendo nos mercadinhos de rua, provando do tradicional sorvete frito e conhecendo templos maravilhosos.

Agora restam duas opções: Ao Nang e Railay. A decisão é difícil, então vamos deixar por sua conta.

Ao Nang

Praia de Ao Nang, em Krabi, Tailândia
Praia de Ao Nang, em Krabi, Tailândia. Créditos: Gisele Rocha

Ao Nang lembra muito as cidades litorâneas brasileiras. Sabe Cabo Frio e Búzios? É tipo isso, só que do outro lado do mundo. Lá você encontra pessoas dos quatro cantos do planeta, mas as praias não ficam lotadas, até porque o objetivo ali é ir para as ilhas.

As ruas são repletas por lojinhas de souvenirs, de biquínis e roupas de praia, agências de turismo, barraquinhas de artesanatos e coisa e tal. É bem gostoso caminhar por ali.

Para chegar lá, basta pegar um ônibus, taxi ou tuk-tuk, sempre combinando um valor prévio se optar pelas duas últimas opções. Uber ainda não funciona naquelas áreas.

Nossa dica para quem quiser ficar em Ao Nang é se hospedar no Ao Nang Hostel For Backpacker*, que está de frente para a praia e cuja diária custa menos de R$30!

Atualização: em 15 de outubro de 2018 identificamos que o Ao Nang Hostel For Backpacker não estava mais disponível no Booking. Você pode ver outras sugestões de hospedagem na Praia de Aonang aqui.

Railay

Railay é o lugar ideal para se hospedar perto da natureza em Krabi
Railay é o lugar ideal para se hospedar perto da natureza em Krabi. Créditos: Gisele Rocha

Railay é coisa de cinema! Um paraíso banhado pelo Mar de Andaman que está começando a ser descoberto pelos viajantes que procuram rotas alternativas às convencionais.

O cenário é composto pela água verde esmeralda, quentinha, emoldurado por paredões de pedras calcárias e mata virgem ao fundo. É o lugar certo para escaladas.

A única forma de se deslocar ali é a pé, mas caminhar em meio a tantas belezas naturais não será nenhum sacrifício, pode acreditar.

A única forma de chegar a Railay é de barco. Você pode pegar um no pier Khong Kha, em Krabi (levando cerca de 30 minutos para concluir o percurso) ou em Ao Nang (menos de 15 minutos). Também há barcos entre Railay e Koh Phi Phi, mas os passeios pelas outras ilhas são mais escassos, sendo necessário voltar a Ao Nang.

Um lugar interessante para visitar ali perto é a Tham Phra Nang, ou Caverna da Princesa, onde os devotos deixam estátuas de pênis de todos os tamanhos, formatos e cores possíveis a fim de obterem fertilidade, não só para terem filhos, mas como sinônimo de fartura e prosperidade. As flores e os incensos são para trazer proteção.

Um lugar cheio de pênis pode parecer engraçado para quem é de fora, mas vale lembrar que a caverna é sagrada para alguns, então poupe essas pessoas de cenas estapafúrdias. Vale tirar foto, mas modere nas poses engraçadinhas.

O último barco sai de Krabi às 17h e de Ao Nang às 18h, custando cerca de 150 baht (cerca de R$14). Depois desse horário, apenas barcos privativos estão em circulação, custando em torno de 1600 baht apenas a ida.

Caso escolha ficar em Railay, recomendamos o Diamond Cave Resort & Spa, um bangalô incrível com diárias a partir de R$68.

Independentemente do seu itinerário, seja responsável. Entender os hábitos e tradições dos tailandeses pode facilitar a sua convivência com o povo e mantê-lo longe de problemas. Fora isso, não invente de tirar fotos com tigres, tampouco fazer um daqueles passeios tão cruéis nas costas de um elefante.

Esperamos ter ajudado você a decidir entre Krabi ou Phuket, mas se ainda houver dúvidas, teremos imenso prazer em respondê-las.

Boa viagem!

Ler mais sobre o nosso Mochilão Asiático

Se você gostou deste artigo e gostaria de ler outros sobre o nosso mochilão pela Ásia, veja abaixo por onde passamos e boa leitura.

Estados Unidos

Tailândia

Outras notícias sobre a Tailândia

Vietnã

Malásia

Singapura

Krabi ou Phuket e por quê?

Prepare-se para viajar

Use o cupom MAE para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo