15 lugares para visitar em Campos do Jordão

Quando estiver escolhendo lugares para visitar em Campos do Jordão, considere ir além dos pontos turísticos onde todo mundo vai. A cidade é vasta e sua natureza exuberante possibilita passeios ao ar livre, retiros espirituais e para os mais corajosos, uma série de esportes de aventura.

A combinação entre a arquitetura europeia e o clima ameno da cidade mais alta do Brasil nos mostra que não é necessário sair do país para conhecer paisagens diferentes das que estamos habituados.

A gastronomia é outro ponto forte da região, principalmente no que diz respeito a cervejas artesanais e chocolates. E aqui, além de consumi-los de diversas maneiras, você também poderá visitar as fábricas e aprender sobre o processo de produção.

Enfim, há muito o que conhecer em Campos do Jordão! Neste artigo você conhecerá 15 lugares espetaculares que não podem ficar de fora do roteiro. Baixe o nosso mapa e use offline, quando e onde quiser.

Onde ficar em Campos do Jordão

As principais atrações da cidade e os melhores restaurantes se concentram na Vila Capivari. Quanto mais próximo dessa região você ficar, menos precisará de carro e de transporte público para se deslocar.

Eu me hospedei em um trailer do La Brume Glamping e achei a experiência muito interessante, mas se você estiver procurando opções mais econômicas, é melhor consultar a lista de pousadas baratas em Campos do Jordão.

Lugares para visitar em Campos do Jordão

Nossa seleção contempla os clássicos pontos turísticos de Campos do Jordão e outros lugares pouco conhecidos, ideais para fugir das multidões.

1. Portal de Campos do Jordão

O emblemático Portal de Campos do Jordão, SP
O emblemático Portal de Campos do Jordão, SP. Créditos: Gisele Rocha

A lista de lugares para visitar em Campos do Jordão não poderia começar em outro lugar que não fosse o portal da cidade, que recepciona os visitantes com uma enorme placa de boas-vindas.

Para fotografar a construção inspirada na arquitetura dos alpes suíços é preciso chegar antes das 9h da manhã. Do contrário, será difícil encontrar um lugar para estacionar o carro, principalmente se você estiver viajando durante finais de semana e feriados.

2. Parque Amantikir

O Parque Amantikir é um dos principais pontos turísticos de Campos do Jordão e ocupa uma área de 60.000 m², com mais de 700 espécies de plantas. A visita dura, em média, 2 horas. Mas vá sem pressa, leia cada placa explicativa, contemple a natureza, sinta o vento no rosto e o cheirinho de cada um dos 28 jardins. Faça valer o seu dinheiro!

Dentre as atrações imperdíveis do Amantikir, cito a Casa na Árvore, os Labirintos, o Espelho D’Água e o Jardim Árido. Leia detalhes sobre essas e outras atrações no guia do Parque Amantikir.

Horário de funcionamento: todos os dias do ano, inclusive feriados, das 9h às 16h. Entrada até às 15h30.

Preços: R$ 60 inteira. Meia-entrada para estudantes com carteirinha escolar, professores da rede pública, policiais, aposentados e passageiros de táxis, vans ou trenzinhos turísticos locais (placa de Campos do Jordão). Entrada gratuita para crianças de até 5 anos e idosos acima dos 80 anos

3. Museu Felicia Leirner

Você não precisa ser um grande entendedor de artes para admirar as 85 esculturas expostas a céu aberto no Museu Felicia Leirner, o único no Brasil dedicado integralmente às obras de uma artista mulher.

As peças foram criadas em cimento, bronze e granito e são divididas em cinco fases, todas minimamente detalhadas através de totens. O que torna esse lugar ainda mais especial é o fato de estar inserido em um remanescente de Mata Atlântica, com natureza abundante e um mirante voltado para a Pedra do Baú, que também proporciona uma vista magnífica para o pôr do sol.

Ainda no espaço do museu, visite o Auditório Cláudio Santoro, que todos os anos sedia o Festival de Inverno, o maior festival de música clássica da América Latina. O evento acontece desde 1970 e dura aproximadamente 30 dias, tendo em média duzentas apresentações de artistas nacionais e internacionais. Os principais espetáculos acontecem nesse anfiteatro, que tem capacidade para 862 pessoas.

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 18h.
Preços: R$ 10 inteira, R$ 5 para idosos e estudantes. Gratuito para todo o público aos domingos.

4. Cervejaria Baden Baden

Fundada por quatro amigos em 1999, a Baden Baden tornou-se a principal cervejaria artesanal da região e uma das mais premiadas do Brasil. As portas da fábrica estão abertas para que os visitantes conheçam a trajetória da marca e o processo de produção, com direito a degustação.

Eu não fiz esse passeio, por isso, recomendo que você leia o relato completo sobre a Cervejaria Baden Baden escrito pela Elizabeth Weneck. O tour é restrito a visitantes que tenham tomado ao menos a primeira dose de qualquer vacina contra Covid-19. Baixe o seu comprovante pelo ConecteSUS.

Horário de funcionamento: das 10h às 17h.
Preço: R$ 50

5. Parque Capivari

Como se deslocar em Campos do Jordão
O passeio de bondinho começa na Estação Emilio Ribas, no Parque Capivari. Créditos: Gisele Rocha

Se você tem pouco tempo para explorar a cidade e não sabe o que visitar em Campos do Jordão, concentre-se na Vila Capivari, onde estão grande parte dos pontos turísticos, shoppings, lojas e restaurantes.

No Parque Capivari os visitantes podem usufruir de uma extensa área verde, de acesso gratuito. Além disso, crianças e adultos podem se divertir andando de pedalinho, roda-gigante, teleférico e o famoso bondinho histórico, que parte da Estação Emílio Ribas com destino à Estação de Abernéssia. Uma maneira bem cômoda (e turística) de conhecer o centro da cidade.

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 20h.
Preços: entrada grátis, com atrações pagas à parte. Teleférico R$ 35, roda-gigante R$ 30 (R$ 25 às quartas-feiras), pedalinhos R$ 30 e bondinho R$ 16.

6. Morro do Elefante

O teleférico sai do Parque Capivari e sobe até o Morro do Elefante, que também tem acesso através de carro e ônibus, com entrada gratuita. Lá em cima existem algumas lojas e cafeterias, mas o que faz valer a visita é a vista que se tem da cidade e da Serra da Mantiqueira.

Já que conhecimento não ocupa espaço, vale a pena visitar o Parque dos Elefantes, com esculturas e painéis informativos sobre mamutes, mastodontes e, claro, elefantes.

Horário de funcionamento: o Parque dos Elefantes funciona diariamente, das 10h às 18h. Já o Morro do Elefante tem acesso livre 24 horas por dia.

Preço: entrada gratuita.

Antes de continuar a leitura, que tal ver as nossas fotos no Instagram?

7. Boulevard Genève

Este foi o primeiro edifício em estilo enxaimel de Campos do Jordão, totalmente inspirado em construções inglesas e alemãs. A ideia de construir uma vila europeia partiu do empresário Lélio Gomes e foi replicada por outros empreendedores. Se hoje a cidade tem esse charme, é graças à ideia que ele teve no início da década de 1980.

O Boulevard Geneve é um centro gastronômico que abriga dois restaurantes badalados: o Matterhorn e o Baden Baden, mas não é só isso. Tem também lojas de chocolates finos, roupas de tricô e produtos artesanais. É um dos lugares que você precisa conhecer (e fotografar) em Campos do Jordão!

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 22h.
Preço: entrada gratuita.

8. Sans Souci

A Maison Geneve abriga o bistrô Sans Souci, em Campos do Jordão
A Maison Geneve abriga o bistrô Sans Souci, em Campos do Jordão. Créditos: Gisele Rocha

O café Sans Souci fica no castelo da Maison Genève, a antiga malharia de Lélio Gomes, que deu a ele os recursos para construir o Boulevard Geneve. Embora tenham sido idealizados pela mesma família e recebido nomes similares, os dois edifícios estão a 1,6 km de distância, percorridos em uma caminhada agradável de 20 minutos.

A fachada de tijolinhos tomada com janelas de madeira e telhado cônico chama atenção. Do lado de fora, árvores cobertas com malhas de tricô, bicicletas e flores. Do lado de dentro, muitas luzes, mais flores, mesas de madeira e quitutes diversos. Não dá para passar por Campos do Jordão sem tomar um café aqui.

Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h.
Preço: entrada gratuita.

9. Ducha de Prata

Não muito longe da Vila Capivari encontra-se o Complexo da Ducha de Prata, um balneário formado por quedas d’águas do Ribeirão das Perdizes, que até alguns anos atrás serviam para aliviar o calor nos dias mais quentes.
Atualmente os visitantes não podem se banhar nas cascatas e dutos, mas ainda assim é um dos lugares que vale a pena conhecer em Campos do Jordão, tamanha sua beleza. Passear pelas passarelas e observar a natureza circundante ajuda a desacelerar a mente. Para os mais audaciosos, praticar arborismo e tirolesa são boas opções para trazer mais emoção ao passeio.

Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 17h30. Aos sábados e domingos, das 8h30 às 17h30.
Preço: entrada gratuita.

10. Fábrica de Chocolates Araucária

Se os chocolates suíços fazem sucesso no mundo inteiro, a Suíça Brasileira não fica atrás. A tradicional Fábrica de Chocolates Araucária dispõe de um museu que explica por meio de banners e vídeos a história dessa iguaria que agrada adultos e crianças. Para tornar a experiência ainda mais interessante, é possível ver o processo de fabricação através das vidraças.

O passeio é autoguiado e não há nenhuma pressão para que os visitantes comprem algum produto. Mas depois de ver tantos tipos de chocolate, será impossível resistir. Se quiser comprar o fondue, é bom ter paciência, pois o atendimento é vagaroso. A porção, no entanto, é generosa e dá para dividir tranquilamente com mais uma pessoa.

Horário de funcionamento: diariamente, das 10h às 18h.
Preço: entrada gratuita.

11. Museu Casa da Xilogravura

A xilogravura é uma técnica milenar de impressão, que consiste em transferir uma estampa feita em uma matriz de madeira para outra superfície, geralmente papel ou tecido. Aqui no Brasil ela é bastante utilizada para ilustrar textos de literatura de cordel.

Acredita-se que este seja o único museu no mundo dedicado a essa técnica. Seu acervo é riquíssimo! São 30 salas com milhares de obras de mais de 1.200 artistas, além de chapas, madeiras e maquinários utilizados no processo de criação das xilogravuras.

Horário de funcionamento: de quinta a segunda-feira, das 9h às 12h e das 14h às 17h horas. Fechado de 1 a 25 de dezembro.
Preços: R$ 10 inteira, R$ 5 para maiores de 60 anos, estudantes e professores. Entrada gratuita para menores de 12 anos.

12. Palácio Boa Vista

O Palácio Boa Vista é uma das residências oficiais do governo de São Paulo
O Palácio Boa Vista é uma das residências oficiais do governo de São Paulo. Créditos: Gisele Rocha

Inaugurado em 1964, o Palácio da Boa Vista é uma das residências oficiais do Governador de São Paulo, tem 3.000 m² e 105 cômodos. A construção em estilo Tudor foi inspirada nos castelos ingleses e o nome faz referência à sua localização privilegiada, no alto da Serra da Mantiqueira.

Durante a visita guiada pelo Palácio Boa Vista você verá um rico acervo de artistas modernistas, como Portinari, Di Cavalcanti, Tarsila do Amaral e Anita Mafatti, além de uma bela coleção de mobiliários dos séculos XVII e XVIII. Não é permitido fotografar o interior do imóvel, por se tratar de uma casa particular, então deixe seus dispositivos eletrônicos no guarda-volumes e aproveite para se desconectar.

Horário de funcionamento: de quarta a domingo, das 10h às 12h e das 14h às 17h. Não é necessário agendar.
Preço: entrada gratuita.

13. Mosteiro de São João

Fugindo aos programas turísticos tradicionais, o Mosteiro de São João é um dos lugares para conhecer em Campos do Jordão e se desligar do mundo. Essa é a residência das monjas beneditinas, que se mantêm através da venda de pães, bolos, biscoitos, doces e artesanato. Eu comprei para dar de presente, mas acabei comendo, pois eram irresistíveis!

O ponto alto da visita é o recital de canto gregoriano, que acontece diariamente às 17h30, sem atrasos. Coloque o seu celular em modo silencioso para não ser inconveniente. Lembre-se que antes de ser um lugar turístico, o mosteiro é um templo religioso e você deve agir de maneira respeitosa.

Horário de funcionamento: o mosteiro permanece aberto todos os dias, das 7h às 18h30. Missas com canto gregoriano acontecem de segunda a sábado às 8h e domingo às 7h15. Recitais de canto gregoriano começam todos os dias às 17h45.
Preço: entrada gratuita.

14. Pico do Itapeva

Apesar de estar a 10 km do centro da cidade, o Pico do Itapeva é um dos mirantes mais bonitos de Campos do Jordão e merece a sua visita. Para quem não está viajando de carro, o acesso é complicado, pois motoristas de aplicativos não atendem naquela área e os taxistas cobram caro pela corrida.

O Pico do Itapeva está a 2.030 metros de altitude e nos dias em que não há neblina é possível ter  uma vista estupenda das montanhas da Serra da Mantiqueira e mais de dez cidades da região. Para finalizar, é possível fotografar os jardins de lavandas francesas e tomar um café no castelinho do mirante.

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h às 17h.
Preços: R$20 inteira, R$ 10 para estudantes e idosos acima dos 60 anos. $20,00 de estacionamento.

15. Horto Florestal

Você sabia que o Horto Florestal de Campos do Jordão é o parque estadual mais antigo de São Paulo e que ele ocupa aproximadamente 40% da área do município? Isso quer dizer que sua visita não pode ser apressada, pois haverá muito o que fazer.

O parque abrange uma área de 8,3 hectares, oferece quatro opções de trilhas, além de passeios de trem e pedalinhos. A natureza também possibilita esportes radicais, como arborismo, tirolesa e mountain bike. Antes de ir embora, faça uma refeição no restaurante Dona Chica. É de lamber os dedos!

Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h às 17h.
Preços: R$ 16 a inteira, R$ 8 para estudantes e idosos acima dos 60 anos. Estacionamento R$ 10. Quem vai de transporte público não paga nada, nem o ingresso.

Ainda há muito o que conhecer em Campos do Jordão, mas com essa lista você consegue montar um roteiro para um fim de semana prolongado sem deixar de fora nenhum ponto turístico importante.

Continue lendo os outros posts sobre a cidade e descubra lugares incomuns para visitar e outras dicas que vão facilitar o planejamento da viagem. Ficou com alguma dúvida? Precisa de outras informações? Nos escreva na caixa de comentários!

15 lugares para visitar em Campos do Jordão

Prepare-se para viajar

Use o cupom CRIANCA para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto, pagando via PIX ou boleto bancário. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Compre passagens aéreas com até 35% de desconto usando o comparador de preços ou utilize a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus, a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.

4 pensou em “15 lugares para visitar em Campos do Jordão

  1. Moro perto de Campos do Jordão e amo fazer bate-voltas até lá, cada vez visitando diferentes lugares. Um dos meus preferidos é o Museu Felicia Leirner, amo de paixão esse lugar! Senti falta do Parque Capivari na sua lista, é de lá que sai o famoso teleférico.

  2. É um absurdo que eu moro pertinho e nunca fui pra Campos do Jordão! Estou finalmente planejando visitar e gostei muito das suas dicas de passeios e lugares para ir. Obrigada por compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo