Outras 11 furadas na Europa sobre as quais nossos leitores te alertam

Dias atrás publicamos aqui no Viajei Bonito as 7 furadas na Europa sobre as quais ninguém te alertou (ainda). A postagem alcançou um número de pessoas que nós jamais imaginaríamos e teve uma repercussão bastante positiva. Muitos leitores aproveitaram o espaço do blog e das redes sociais para dividirem suas experiências, que podem ser de grande valia para outros viajantes, por isso, decidimos escrever mais um texto com mais 11 furadas na Europa às quais todos nós estamos sujeitos no Velho Continente.

Agradecemos a todos que compartilharam vivências, repassaram informações, alertaram sobre golpes e autorizaram a divulgação dos depoimentos. Eles certamente ajudarão outras pessoas a não caírem em furadas que podem botar todo um planejamento de viagem a perder. Já que recebemos muitos comentários, vamos dividi-los em duas postagens: esta e outra que publicaremos na próxima semana. Fiquem atentos!

Vamos começar com uma furada no planejamento da viagem:

Para ler em seguida

Para entrar na Europa é obrigatório o seguro viagem?

Descubra quanto custa viajar para Lisboa, Londres, Paris, Veneza e Viena

Poland flag
1 - Não conferir os dados da passagem antes de confirmar a compra

A Helen Lima estava se preparando para um intercâmbio na Polônia e, antes de chegar ao seu destino final, optou por passar uns dias na Itália conhecendo algumas cidades da Toscana. Quando foi comprar as passagens do trecho Pisa – Breslávia, acabou se confundindo com um dos campos e errou na hora de preencher o nome completo. Por se tratar de uma low cost, ela não conseguiu alterar a passagem, tampouco pedir o reembolso. O jeito foi aceitar a situação e comprar outra passagem.

Isso aconteceu em 2012 e à época o desfalque não pesou tanto no orçamento, mas hoje, com o euro a R$4.70, perder €20 é furada certeira no bolso. Então confiram todos os detalhes antes de clicar em “comprar”.

Italy flag
2 - Entrar no trem sem verificar se está no lugar certo

Trens na Europa podem ser muito confusos. Alguns possuem vagões especiais e se você não ler com cuidado o que está escrito no bilhete ou dentro do próprio trem, correrá o risco de pagar uma multa por estar no lugar errado. A Mariane Arruda se livrou por pouco dessa furada: “Na Itália comprei um bilhete de trem da ‘classe D’ e entrei no vagão da ‘classe A’ achando que não tinha nada de divisão, pois em outros não tinha. Tudo cheiroso, pessoas bem vestidas, um conforto que só. Sorte que o fiscal não passou, percebemos quase chegando no destino quando vimos uma placa falando de multa, levantamos e fomos para o final do trem, onde todo mundo estava em pé e apertados”.

France flag
3 - Jogar o ticket do metrô fora antes de sair da estação

Estação de metrô em Paris, Franca

Estação de metrô em Paris, Franca. Créditos: m-louis / Fonte: Flickr

Quem leu o post anterior sabe o que acontece com quem não valida as passagens de ônibus. No metrô o problema se repete se você não guardar os tickets até chegar à estação em que descerá.

O Guilherme entrou nessa furada em Paris e teve de desembolsar €33,00, que segundo ele foram “cobrados com a boa educação de um neonazi com hemorroidas”. Faço ideia!

Eu também passei por algo semelhante em Atenas. Como tenho mania de jogar todos os papeizinhos dentro da bolsa, quando fui abordada por um fiscal tive de tirar um por um e demorei a achar o que ainda era válido. Ele não parecia impaciente, pelo contrário, estava até feliz por estar prestes a arrancar de mim CENTO E VINTE euros, que é o valor da multa para quem tenta burlar os esquemas do metrô. Ainda brincou, perguntando se estava guardando para dar de lembrança quando voltasse para casa. No fim deu tudo certo.

Turkey flag
4 - Ir à Turquia sem companhia masculina

Na Turquia e no Marrocos, ande sempre em grupo e, preferencialmente, em companhia masculina

Na Turquia e no Marrocos, ande sempre em grupo e, preferencialmente, em companhia masculina. Créditos: Gerardo Lazzari / Fonte: Flickr

A nossa leitora Heloísa Lavorato viajou com uma prima à Turquia e as duas não se sentiram muito seguras por lá: “Mesmo usando calças compridas e camisetas nos sentimos em perigo o tempo todo. Já ouvi que quando tem um homem no grupo eles oferecem dinheiro a eles em troca das mulheres, mas eu preferia passar por uma dessa do que ficar com medo dele nos tomarem para eles. Até o guia da folha sobre Istambul fala pra ter cuidado com estupros. Mulheres não tenham vergonha de sair correndo, vale mais pensarem que você é louca do que ser estuprada”.

Sobre oferecer dinheiro e outros bens em troca das mulheres, é algo que realmente pode acontecer, não só na Turquia, infelizmente.

Bem antes de o Viajei Bonito existir, o Adriano passou uma temporada no Marrocos e estava fazendo um passeio com um grupo de meninas, até que elas resolveram entrar em uma loja de produtos artesanais. Como ele não estava interessado, resolveu ficar na porta do estabelecimento. Eis que um homem se aproximou e ofereceu o próprio celular para o Adriano. Ele não entendeu direito a situação, até que o sujeito foi mais objetivo e perguntou quanto ele queria pelas meninas. Naturalmente, o Adriano respondeu que as garotas não estavam à venda e o cara foi embora.

Se você não tem outra opção além de viajar sozinha, ao menos procure conhecer outros viajantes e proponha montar um grupo misto para os passeios. Evite andar por lugares pouco movimentados e pense duas vezes antes de sair sozinha à noite.

Nascemos livres e é muito triste ter de aconselhar às mulheres para que tomem cuidado por onde andam e com as roupas que usam. Entretanto, é melhor viajar em segurança do que ter de contar com a polícia. Ambos são países com culturas riquíssimas e paisagens deslumbrantes. Adaptar-se para evitar certos transtornos vale a pena!

Siga nossa página no Facebook

Portugal flag
5 - Traficantes em Lisboa

Tenha cuidado com traficantes em Lisboa

Tenha cuidado com traficantes em Lisboa. Créditos: Victor / Fonte: Flickr

Nem só as mulheres correm perigo. O Fabrício Moura, do blog Vou na Janela esteve em Portugal e contou que “os traficantes de Lisboa que te abordam o tempo inteiro oferecendo drogas, sobretudo se você é homem e está viajando sozinho. Eles abordam as pessoas em quase todas as partes da cidade, a incidência maior é na Rua Augusta, Praça do Comércio e Cais do Sodré. Os caras vêm andando na sua direção, com algo enrolado na mão. Quando você diz que não quer, alguns te deixam em paz, mas outros te perseguem tentando fazer você aceitar a droga. É realmente MUITO incômodo e desagradável”.

Ele alerta ainda sobre os batedores de carteira que circulam na mesma região. E por falar neles:

England flag
6 - Batedores de carteira

Eles estão por todas as partes, nas maiores ou menores cidades, nos parques enquanto você descansa ou no metrô durante os horários mais movimentados. É preciso estar vigilante!

Uma conhecida foi furtada duas vezes dentro do metrô de Londres. Na primeira levaram a carteira, na segunda o celular. Tudo na primeira semana de intercâmbio dela. Foi um maravilhoso “boas-vindas”.

Já me disseram que em alguns lugares os bandidos deixam uma carteira caída no chão e observam quem apalpa os bolsos para conferir se a sua está lá. É o sinal que eles precisam para saber exatamente de onde devem puxar o objeto sem que a vítima perceba.

Há outro truque clássico: você está andando distraído e alguém que esbarra, derrubando alguma bebida. A pessoa pega um lencinho e começa a limpá-lo, aproveitando a sua distração para levar embora a carteira ou celular.

Paris foi a mais citada e as artimanhas são muito bem calculadas. O Werlyson Argolo conta que no metrô da capital francesa um grupo de meninas batedoras de carteira estão sempre atentas e dá a dica para guardar o objeto no bolso de dentro do casaco. A Janeisa Tomas do Brasil do Bem acrescenta que as batedoras de carteira também estão presentes perto da Faubourg de Saint Honoré (ainda em Paris) e que “elas andam em bando e tem uma habilidade em abrir sua bolsa e retirar sua carteira que você nem se dá conta. Todo o cuidado é pouco“.

Diante de tudo isso, reitero o conselho que dei na primeira postagem sobre o assunto: guarde o seu dinheiro em diferentes lugares: na carteira, no bolso interno da mochila ou bolsa, em uma doleira por baixo da roupa, em um plástico dentro da meia e deixe uma reserva dentro da mala. Tenha sempre um controle de quanto já foi gasto.

7 – Golpe do anel

Ignore se alguém lhe oferecer um anel valiosíssimo por uma bagatela

Ignore se alguém lhe oferecer um anel valiosíssimo por uma bagatela. Créditos: Chris Gladis / Fonte: Flickr

Paris também foi lembrada pelo Lucas Toledo e pela Lana Gomes devido ao clássico golpe do anel. Para quem ainda não ouviu falar, ele funciona da seguinte maneira:

Você está andando pela rua e uma pessoa pega um belíssimo anel no chão e pergunta se é seu. Diante da resposta negativa, ela tentará vendê-lo dizendo que é muito valioso e fará um “preço especial”, muito barato para uma peça valiosa, mas muito caro para a peça mixuruca que na verdade é. As vezes chega a ser até engraçado, porque a mesma história se repete várias vezes durante o mesmo passeio. A não ser que a peça lhe agrade muito e você consiga um preço de bijuteria, pagar por estes anéis é furada!

France flag
8 - Vendedores ambulantes

Cuidado com os vendedores ambulantes de Montmarte

Cuidado com os vendedores ambulantes de Montmarte. Créditos: Fabrizio Sciami / Fonte: Flickr

A querida Cássia Mota citou os ambulantes de Montmartre como mais uma das furadas de Paris e deixa um conselho: “eles podem querer te vender coisas (minitorres Eiffel, lembranças, etc.) ou só te extorquir mesmo. Se eles vierem com muita simpatia, negue seu instinto brasileiro de fazer amigos e saia sem falar nada!”

Italy flag
9 - Gladiadores do Coliseu

"Gladiadores" tirando fotos com turistas no Coliseu, Roma, Itália

“Gladiadores” à espera de turistas no Coliseu, em Roma, na Itália. Créditos: Joe Ross / Fonte: Flickr

Quando avistar alguém caracterizado, pense duas vezes antes de tirar uma foto. A primeira opção é ser muito discreto e fotografá-los sem que eles vejam. A segunda é perguntar o preço antes de tirar as fotos com os sujeitos.

O Paulo Pholux teve de desembolsar nada menos que €20 (aproximadamente R$85) depois de ter tirado uma foto com os gladiadores que ficam nas proximidades do Coliseu. Para piorar, ele não conseguiu entrar no monumento porque estava fechando. Os 10 minutos que ele perdeu com os golpistas foram suficientes para ele ficar para trás. Furada dupla!

Austria flag
10 - Passeios de barco

Passeio de barco em Viena, na Áustria

Passeio de barco em Viena, na Áustria, pode ser uma das furadas na Europa. Créditos: Cha già José / Fonte: Flickr

Passeios de barco podem ser uma furada se forem feitos no lugar errado e na hora errada. Alguns não valem o preço cobrado. A Marli Alcântara disse que para o passeio de barco pelo Rio Danúbio, em Viena, não teve nada de especial.

O passeio de gôndola que eu fiz em Veneza, apesar de passar por lugares lindos, no final já estava me dando sono. Existe um que é feito de barco motorizado é mais barato e mais interessante.

11 – Proprietários que não devolvem a caução do apartamento

Desta última os turistas estão livres, mas este tipo de reclamação pipoca nos grupos de intercambistas e dos estudantes do Ciência Sem Fronteiras. O proprietário pede uma caução ou uma taxa de garantia, mas nem sonha em devolver quando você está prestes a voltar para casa, muitas vezes falido porque aproveitou para dar uma esticada e viajar.

Bom, dessa furada eu realmente não sei como se esquivar, mas é possível alertar outras pessoas nos grupos do Facebook e nos sites de anúncio de apartamento. Ligar dezenas de vezes para infernizar o caloteiro não vai adiantar, pois ele poderá ignorar as suas chamadas, principalmente se elas forem feitas de um número internacional. O jeito é procurar se informar com outros inquilinos antes de alugar um apartamento ou quarto.

Antes de finalizar este artigo, é válido dizer que os truques utilizados para golpes se repetem em diversas cidades. Não é necessário ficar paranoico. Agora que você sabe como eles acontecem e como se esquivar, basta estar alerta.

Já caiu em alguma furada durante sua estadia na Europa? Ajude outras pessoas a não passarem pela mesma situação, divida suas experiências aqui nos comentários.

Prepare-se para sua viagem

Em Viena, nossa sugestão de hospedagem é o Hotel ViennArt am Museumsquartier. Já em Londres, recomendamos o Palmers Lodge Swiss Cottage. Em Paris, nossa recomendação é o Appi Hotel. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostel World.

Conheça o tour de 7 dias começando em Marrakech e indo até o Deserto do Saara no sul do Marrocos! Nesta viagem você conhecerá também Ouarzazate, o Kasbah de Telouet, o Ksar UNESCO de Ait Benhaddou e o incrível Gorges du Todra. Clique aqui para maiores informações.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Mini em Viena é de aproximadamente R$270,00 por diária pela Europcar (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet. Compare preços para Londres, Paris, Lisboa e Veneza.

Que tal aprender a falar italiano? Recomendamos os cursos da Udemy que vão desde o básico e possuem também aulas sobre italiano para viagens!

Viajar pela Europa de trem é uma experiência que serve bem a qualquer tipo de viajante, é fácil e em muitos casos mais barato até mesmo que os voos low cost. Você pode pesquisar preços para uma infinidade de destinos na GoEuro.

Os países europeus exigem que os viajantes tenham contratado seguro viagem, geralmente com valores mínimos estabelecidos para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Leia também o que escrevemos sobre seguro viagem para a Europa. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Em Viena, o almoço simples sai por volta de R$37,59, já o fast-food sairá por mais ou menos R$26,31. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$11,78. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$5,80, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$9,82 e o pint de cerveja R$13,53.

Descubra quanto custa viajar para Viena, Londres e Paris.

Do Brasil, o voo mais barato para Viena sai de Rio de Janeiro no dia 13/03/18 com volta em 18/03/18 e custa R$2.983,50 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Viena.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Euro e o Real é de 1 EUR para 3,7400 BRL, já a proporção entre a Libra esterlina e o Real é de 1 GBP para 4,1882 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo. Créditos da imagem de capa: m-louis / Fonte: Flickr
  • Susana

    Essa do caução a maioria dos meus amigos levou. Eu fiquei em casa de família, não aluguei com a imobiliária. Tive uma experiência bem mais rica porque convivi com locais e não com outros intercambistas e recebi todo o dinheiro certinho no final. (não que famílias não sejam caloteiras, mas tem menos chance).

    Brasileiro é alvo fácil de bandidos na Europa. Primeiro porque a maioria vai com a falsa sensação de que lá é muito mais seguro que no Brasil e se descuida. Segundo porque estamos mais acostumados com abordagem violenta e por lá é mais comum o furto.

    Uma coisa que acontece bastante por lá é gente mexendo no celular perto da porta dos transportes públicos, quando a porta está prestes a fechar o bandido pega o celular e sai te deixando preso do lado de dentro.

  • Gisele Rocha

    Essa do caução eu caí até negociando com a proprietária, sem intermédio de imobiliária. A princípio, era um ótimo custo/benefício, mas o tanto de taxas que a mulher inventava no fim do mês fazia tudo ficar bem mais caro.

    Sobre os furtos, é isso msm que vc falou. Estamos tão acostumados com abordagens violentas que não nos prevenimos contra furtos. Já tinha visto um vídeo sobre esse golpe do metrô. Não vamos deixar de viajar com medo do que pode acontecer, né? Mas é preciso estar sempre alerta.

    Obrigada pelo seu comentário. 🙂

  • Tailini Girardi dos Santos

    Olá!

    Tem uma que não foi citada ainda. Jogos de trapaça ou de engano, em vários pontos turísticos da Europa.
    Eu sofri a trapaça em Paris na França próximo a Torre Eiffel, mas já vi esse jogo os outros lugares como no Muro de Berlin (East Side Gallery) na Alemanha.
    É um jogo onde uma pessoa tem 3 copos (ou caixinhas, etc) e uma bolinha, ela esconde a bolinha em um dos copos, mistura e tal aí você tem que adivinhar onde a bolinha esta, e isso envolve dinheiro.
    A tática é a seguinte, primeiro eles trabalham em grupos entre 7 a 10 pessoas, 1 deles é o que faz o jogo, vou chama-lo de “chefe”, os outros são apostadores falsos, (esses jogo só envolve notas altas, mínimo 50 euros, se vc oferecer menos eles não aceitam).
    Você está passando pela rua e vê uma muvuca de gente, se aproxima e vê os caras jogando, em pensamento vc joga junto e por sinal sempre acerta, kkkkk. As vezes um apostador falso erra e perde seu dinheiro, todo o dinheiro fica com o “chefe”. Dali a pouco um apostador falso ganha e fica com uma parte do dinheiro, só pra ludibriar as pessoas e assim eles vão fazendo. (Se vc souber da história vc percebe quem faz parte do grupo, porque eles insistem pra vc participar, mostram o dinheiro que já ganharam, quando perdem não ficam tão loucos e continuam jogando, e outras conversas mais). Uma hora o “chefe” fala pra vc dizer onde a bolinha está, sem compromisso, sem pagar nada; vc fala e acerta, aí vc faz pela segunda vez sem compromisso, na terceira (eles dão uma insistida) vc resolve apostar e se LASCA; vc tinha a ABSOLUTA CERTEZA que a bolinha estava naquele copo, mas em um passe de mágica a bolinha some (some junto com seu dinheiro que já está bem guardado no montante do “chefe”) e assim eu perdi 200 euros, tentando recuperar os primeiros 50 que eu já havia perdido.
    Caramba muita gente cai nisso. Depois de eu ter perdido tudo isso, resolvi observar os caras e ver como o jogo funcionava, foi aí q percebi que eles trabalham em grupos, próximo a Torre Eiffel existem mais ou menos 10 grupos desse jogo, os caras enganam muuuita gente. Ainda não entendi como a bolinha some, mas um dia vou descobrir. O negócio é tenso, rsrsrs…

  • Gisele Rocha

    Caramba, Tailini! 200 euros é uma fortuna!!!! Estou sentindo uma mistura dó e revolta.
    Pior que esse golpe é conhecido e nenhuma viv’alma te alertou lá na hora. Estou chocada!
    Obrigada por compartilhar a sua experiência com a gente e com outros viajantes.

  • Fabiana

    Nossa mas foi bem inocente hein…esse golpe é praticado aqui em São Paulo desde os anos 60 na praça da Sé e já passou inúmeras vezes na tv como alerta.Pra não falar de ” Todo mundo odeia o Cris” em que ele passou por isso e se lascou. Enfim, dinheiro fácil e brasileiro curioso nem sempre é boa combinação.