Quanto custa viajar para Morro de São Paulo?

Primeiro ponto antes de começar a planejar uma viagem para Morro de São Paulo, é saber que o distrito está em uma ilha sem acesso via estradas, o que por si só já encarece o preço do transporte e dos insumos – que percorrem um longo caminho para chegar até lá, nas gôndolas dos mercadinhos. O destino também é um dos mais procurados pelos brasileiros, e também pelos argentinos, durante o verão. Isso já onera mais um pouco o custo de hospedagem durante a alta temporada. Dito isso, organizamos tim tim por tim tim nossos gastos durante sete diárias em janeiro para lhe dar uma noção de valores. Já vai ser um bom ponto de partida na hora de organizar sua trip. Preparado? Então, quanto custa viajar para Morro de São Paulo?

Traslado de catamarã dura cerca de 2h30

Traslado de catamarã dura cerca de 2h30. Créditos: Rafael Barletta

Passagem e traslados

Viajamos em janeiro e compramos a passagem de Belo Horizonte a Salvador meio em cima da hora, ao custo de R$ 600, já com as taxas. Do aeroporto, dividimos o táxi até o Mercado Modelo ao custo de R$ 25 por pessoa. Já no cais, o catamarã até Morro de São Paulo custou R$ 97.

Na volta, optamos pelo modal semi-terrestre, que envolve duas embarcações e duas vans. O valor, com desembarque já direto no aeroporto, foi de R$ 115 (importante comprar direto nas agências, pois os vendedores liberais cobram a mais para lucrarem a diferença)

Total gasto com transporte: R$ 837

Hospedagem

Optamos por nos hospedar na segunda praia, a mais balada das cinco praias de Morro de São Paulo, pois tivemos receio de ficar muito isolados. Por ser alta temporada e no meio do agito, até que encontramos uma pousada em conta. A diária casal na Pousada Girassol* custou R$ 200, em quarto simples mas honesto, com ar condicionado, TV e uma mini cozinha! Como tínhamos acesso exclusivo a um fogão e uma geladeira, minimizamos o gasto com comida e cerveja. A pousada não serve café da manhã, mas compramos tudo no supermercado do lado.

Total gasto com sete diárias: R$ 1400 / 2 = R$ 700

* Atualização: em 15 de outubro de 2018 identificamos que a Pousada Girassol não estava mais disponível no Booking. Você pode ver outras opções de hospedagem em Morro de São Paulo aqui.

Alimentação

Como a pousada não servia café da manhã, fizemos uma boa compra de R$80 com produtos para tomar um café reforçado por seis manhãs e alguns outros itens para comer no fim de tarde e levar para a praia. Como ficávamos o dia todo entre o mar e a areia, os petiscos seguraram a onda até a hora do almoço/jantar. Não deixamos de beber (algo caro na ilha) e não abrimos mão da sobremesa, mas procuramos lugares mais em conta. Em média, cada uma gastou cerca de R$ 50 por dia apenas no jantar.

Total gasto com alimentação: R$ 390

Passeios

Opções não faltam. Se quiser ocupar todos os seus dias na ilha com passeios turísticos, é possível. Porém, o custo nem sempre compensa e você pode acabar deixando de curtir a própria Morro de São Paulo. Fizemos apenas a volta à ilha para conhecer Moreré e Boipeba (e ficar com gostinho de quero mais). Em sua grande maioria, os demais tours são possíveis de fazer por conta própria, como contamos aqui.

Total gasto com passeios: R$ 75

Pôr do sol no cais de Morro de São Paulo

Pôr do sol no cais de Morro de São Paulo. Créditos: Adriano Prado / Fonte: Flickr

Dá para gastar menos?

Dá sim! No total, gastamos R$ 2.002 mas era possível gastar menos ainda. Demoramos a encontrar os restaurantes mais em conta e a descobrir algumas formas de gastar menos com passeios, mas as dicas para economizar em Morro de São Paulo estão todas aqui.

Sem conhecimento suficiente com relação aos melhores locais da ilha para se hospedar, acabamos optando também pelo lugar comum, a segunda praia, que é mais balada e, consequentemente, mais disputada. Mas na ilha é tudo tão perto, que se hospedar na vila garantirá tranquilidade e reais a mais na carteira.

Quanto custa viajar para Morro de São Paulo?

Prepare-se para viajar

Use o cupom SAUDE para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom MULHER50 e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Juliana Xavier

Formada em Comunicação Social, após 10 anos empreendendo seus conhecimentos em grandes empresas, decidiu que era hora de empreender em si mesma e ser livre para criar o que quiser.

Um pensamento em “Quanto custa viajar para Morro de São Paulo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo