Santa Teresa: todo o charme do bairro boêmio do Rio de Janeiro

Arte nas escadas, viola e música ao vivo na entrada dos bares, pessoas tomando cerveja na varanda de suas casas: a boemia, a cultura e os frescores de Santa Teresa são tão sedutores que pra quem curte o clima é quase amor à primeira vista. A preservação das construções e os incríveis casarões dos anos 1940 causam encantamento e remetem à uma época que o bairro era um dos mais nobres do cerco carioca, reduto de grandes festas da nata artística e intelectual do país.

Hoje, o bairro possui suas galerias de arte, espaços para organização de movimentos populares, teatros com programações gratuitas, artesanato nas ruas e várias associações não governamentais que prestam apoio aos moradores do entorno. Em uma tarde é possível conhecer e curtir as principais atrações da arte, da gastronomia e da cultura desse bairro de prosa e poesia. Aqui vão algumas dicas imperdíveis para você que quer se entregar aos encantos de Santa Teresa.

Escadaria selarón

Ponto de partida obrigatório e acesso ao bairro Santa Teresa, a escadaria Selarón é um dos principais pontos turísticos da cidade e conhecida internacionalmente. A obra artística leva a autoria do chileno Jorge Selarón, que resolveu reconstruir a escada em frente a sua casa, devido ao seu estado crítico de conservação.

A combinação dos azulejos que compõe o espaço resulta em uma identidade da escadaria como uma obra única. Muitos artistas de outros países tiveram empatia com a proposta do Selarón e mandaram azulejos do país de origem. Assim, é possível perceber na escada cerâmicas de todos os lugares do mundo. Selarón, infelizmente, foi encontrado morto em 2013 nas escadarias da Lapa e estava sendo ameaçada por um antigo colega do seu ateliê.

Como chegar

Para conhecer essa relíquia patrimonial carioca é só descer na estação da Cinelândia e seguir até a início da escadaria na rua Manuel Carneiro. São também só 5 minutos à pé a partir dos arcos da Lapa.

Parque das Ruínas

O Parque das Ruínas é outra atração imperdível no bairro. Trata-se da preservação e restauração criativa da antiga mansão de Laurinda Santos Lobo, uma das principais mecenas da Belle Époque do cenário carioca. Laurinda era conhecida por reunir artistas nacionais e internacionais em grandes festas e confraternizações no seu casarão. Hoje o parque das ruínas apresenta uma arquitetura interessante, teatro ao ar livre, galerias de arte com exibições temporárias, apresentações musicais e o mais incrível: uma vista de tirar o fôlego da cidade do Rio de Janeiro. Suba até o último andar do casarão para desfrutar de um mirante com vista espetacular.

Horário de funcionamento

O espaço cultural funciona todos os dis de 8h às 20h, exceto na segunda-feira, quando permanece fechado.
A entrada é gratuita.

O parque das ruínas é o antigo casarão da mecena festeira Laurinda Santos Lobo

O parque das ruínas é o antigo casarão da mecena festeira Laurinda Santos Lobo. Créditos: Bruno Vouzella

Museu Chácara do Céu

Uma vez estando no Parque das Ruínas, a visita ao Museu Chácara do Céu também se torna obrigatória, considerando que um fica do lado do outro. O Museu é um espaço de arte, biblioteca e mobiliário da antiga residência do também mecena Castro Maya. A beleza da mansão, das coleções e do jardim torna o programa uma atração bem agradável. Não deixe de visitar a biblioteca e ver as relíquias das primeiras edições das maiores obras da literatura nacional.

Horário de funcionamento

Este museu abre um pouco mais tarde, às 12h e fecha às 17he não funciona às terças-feiras.
A entrada custa R$2,00.

O Museu Chácara do Céu possui lindos jardins com lagos, gramado e árvores

O Museu Chácara do Céu possui lindos jardins com lagos, gramado e árvores. Créditos: Halley Pacheco de Oliveira / Fonte: Wikimedia

Onde comer em Santa Teresa

E vamo agora ao que mais interessa: rango e cachacinha básica. Onde comer em Santa Teresa?

A sugestão do almoço com opções para todos os gostos e bolsos é na boemia do Largo dos Guimarães e do Largo do Curvelo. Também não deixe de visitar as galerias de arte com artistas pintando seus quadros ao vivo. Em seguida, curta o melhor da gastronomia local. Opções não faltam!

O tradicionalíssimo Bar do Mineiro é indicado até na Lonely Planet: aquele típico boteco carioca, com boa cachaça, preço amigo, porções incríveis, pratos bem servidos e um ambiente propício para conhecer pessoas novas e jogar conversa fora. Se estiver afim de comer frutos do mar a sugestão é o Sobrenatural.

Bateu vontade de comer comida nordestina? Siga ao Bar do Arnaudo. Já a Adega do Pimenta oferece comida alemã e o Espírito Santa apresenta pratos elaborados de tudo quanto é lugar do Brasil. O Cafecito, por sua vez, apresenta uma decoração super linda (mas o atendimento não estava tão legal assim). Já ao Aprazível, só vá se tiver muito dinheiro!!

Ficou inseguro quanto aos preços? Fique tranquilo. Em quase todos os botecos e restaurantes do bairro você tem o cardápio disponível na entrada e indicação de promoções. Pra fechar o dia com chave de ouro, que tal um cineminha no “Cine Santa”, o mais tradicional do bairro.

À noite a boemia toma conta do Lardo dos Guimarães, no bairro Santa Teresa, Rio de Janeiro

À noite a boemia toma conta do Lardo dos Guimarães, no bairro Santa Teresa, Rio de Janeiro. Créditos: julietterousseau / Fonte: Flickr

Onde se hospedar em Santa Teresa

Santa Teresa é um bairro agradabilíssimo, tanto que várias estrelas já se hospedaram por lá: Amy Winehouse, Neymar, Bruce Springsteen, Madonna, Alicia Keys, Fatboy Slim e tantos outros.

Se você também quiser se hospedar no bairro mais boêmio da Cidade Maravilhosa, sugerimos o Santa Tere Hostel, que oferece café da manhã grátis e conta com piscina e sauna. Tudo isso por um precinho bem camarada de 50 pilas!

Não gosta de hostel e quer mais privacidade? Tudo bem, escolha um apartamento no Airbnb e ganhe desconto em sua primeira hospedagem cadastrando-se pelo link do Viajei Bonito.

O bairro Santa Teresa transpira arte e é o lugar certo para quem procura por passeios alternativos no Rio de Janeiro

O bairro Santa Teresa transpira arte e é o lugar certo para quem procura por passeios alternativos no Rio de Janeiro. Créditos: Larice Saucedo / Fonte: Flickr

Já conhece o bairro? Deixe sua opinião em nossos comentários e contribua com as informações sobre o Santa Teresa!! Não deixe de ler nossas outras dicas do Rio de Janeiro, Cidade Maravilhosa.

Santa Teresa: todo o charme do bairro boêmio do Rio de Janeiro

Prepare-se para viajar

Use o cupom FERIAS para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Lívia Machado

Jornalista por formação, Livinha Machado adotou desde 2011 a filosofia mochileira. Já morou na China e Alemanha e conhece mais de 20 países. Atualmente mora no Rio de Janeiro (uma de suas cidades favoritas), trabalha em uma produtora cultural, estuda para doutorado e planeja sua próxima viagem para o sudeste asiático.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo