Viajando e trabalhando: como pagar a viagem de seus sonhos

Em meu último artigo, “Seu trabalho não é inimigo de sua viagem“, mostrei a você que o trabalho muitas vezes é apenas uma desculpa para o constante adiamento de uma viagem maior, mais completa e rica espiritualmente. Além do próprio trabalho, o dinheiro se mostra um dos grandes culpados. Ou melhor, a falta dele.

Mas por que trato o trabalho e o dinheiro como desculpas? Eles são essenciais à vida de qualquer um? Sim, mas viajar não é sinônimo de gastar dinheiro, e um viajante não necessariamente é um completo vagabundo. Apenas saiba que você pode viajar e ganhar dinheiro viajando!

Artista de rua

Artista de rua. Créditos: Garry Knight / Fonte: Flickr

É difícil assimilar uma coisa dessas. Hoje em dia quem larga o emprego pra dar a volta ao mundo é tido como louco, mas não deveria ser assim. É possível viajar e manter uma condição financeira razoável que lhe permita se hospedar, comer e se deslocar. Precisa mais do que isso?

A primeira dica que eu dou é: seja criativo! Você não vai entrar nessa por um plano de carreira, muito menos para ter salários exorbitantes, mas sim para ter o suficiente pra sobreviver. Entenda isso e você já terá dado o primeiro passo. Agora pense em algo que as pessoas dão valor onde quer que você esteja e alie ao fato de que você será uma pessoa de fora num possível emprego informal. Para qualquer estabelecimento ou empresa, contratar estrangeiros enriquece culturalmente o ambiente e isso é um ponto em seu favor.

Preparado para conhecer algumas das muitas formas de se ganhar dinheiro no exterior?

Aulas particulares de idiomas

Se você é brasileiro, tem como língua nativa o português. Se você é americano, tem o inglês. E assim por diante. Seja onde você estiver, haverá pessoas interessadas em aprender o seu idioma e é possível tirar proveito disso. Tudo o que você precisa é de alguns poucos estudantes e sua reputação pode crescer a partir daí.

Caderno com anotações de idiomas

Caderno com anotações de idiomas. Créditos: George Redgrave / Fonte: Flickr

Ao sair do Brasil, imprima alguns panfletos e espalhe pelos albergues e estabelecimentos ao seu redor, converse com as pessoas e faça um trabalho de divulgação nos primeiros dias de sua viagem. Aos poucos a clientela vai aparecer e você já terá alguns trocados pra pagar seu primeiro mês de hospedagem. Lembre-se, o básico para executar esse trabalho você já tem: seu idioma!

Siga nossa página no Facebook

Distribuição de panfletos

Falando em panfletos, existem muitas empresas que ainda fazem esse tipo de marketing e que pagam por dia, geralmente em dinheiro vivo e sem vínculo empregatício. Além disso, para distribuir panfletos, você não precisa falar o idioma do país em que estiver. Já deu pra perceber o quanto esse emprego temporário pode ser o que você precisa?

Antes de pensar no quão chato seria ficar parado o dia inteiro entregando papéis, pense que isso pode ser divertido. Imagine quantas pessoas diferentes você verá em um dia. É uma oportunidade incrível para observar como se comportam os moradores do país. Vale até mesmo arranhar um bate-papo com quem estiver disposto a parar por alguns minutos pra saber mais sobre o que você está divulgando. Como eu disse no começo do artigo, basta ser criativo. Digamos que esse pode ser um grande exercício na arte de aprender a curtir os pequenos e simples momentos da vida.

Flyer de uma festa indie

Flyer de uma festa indie. Créditos: César Santiago Molina / Fonte: Flickr

Empregado do seu albergue

Este é o mais clássico. Uma das principais características dos albergues é a capacidade de promover engajamento social entre pessoas de diferentes culturas. Para isso, o modelo de negócios deste tipo de estabelecimento deve ser capaz de resultar em valores acessíveis de hospedagem. Uma das soluções encontradas por eles é a de contratar turistas informalmente.

Assim, uma mão lava a outra: você ganha hospedagem e alguns trocados pra gastar no país. Em troca, doa parte de seu tempo a limpar, recepcionar, dar manutenção nos computadores e na execução de muitas outras tarefas para as quais os albergues precisariam contratar mão-de-obra qualificada, muitas vezes, cara!

Recepção de um albergue

Recepção de um albergue. Créditos: wombats CITY HOSTELS / Fonte: Flickr

Para complementar essa sugestão, apresento a vocês um site fantástico que achei enquanto escrevia este artigo: o Hostel Travel Jobs. Já aviso que isso não se trata de propaganda. Estou divulgando o site por conta própria. Já de cara, na página inicial, é possível ter uma visão global de quais albergues estão abertos a contratar turistas para trabalhos temporários. A vantagem de se ter um site que cuida disso é que é possível planejar tudo antes mesmo de sair do país.

Seja criativo

Viajar pelo mundo, trabalhando e pagando as despesas com o dinheiro conquistado na própria viagem é algo que depende de sua criatividade, vontade e foco. Seu foco deve estar na viagem, e não no dinheiro. Você não vai fazer isso para enriquecer financeiramente, mas sim pra conseguir se virar e de quebra conhecer outros países. Se o seu objetivo for fazer dinheiro lá fora, então pode ir se preparando para enfrentar toda a burocracia que envolve esse processo.

Voltando ao tema do artigo, uma vez que você consegue balancear despesas e receitas dentro de sua viagem, é possível migrar de país em país aplicando tudo o que você terá aprendido e sua viagem será um sucesso.

Você já passou por experiências de trabalhos temporários como essas que apresentei? Compartilhe com o Viajei Bonito através dos comentários abaixo e ajude quem também está interessado em conhecer o mundo sem ter que gastar muito dinheiro.

Leia mais sobre Nomadismo Digital

Prepare-se para sua viagem

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 28/02/19 você pode usar o cupom PROTETORSOLAR para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Adriano Castro

Formado em Ciência da Computação pela UFJF, trabalhou durante 10 anos como analista de sistemas até chutar o balde e tocar a vida como freelancer, carregando seus projetos para onde quer que vá. Créditos da imagem de capa: Garry Knight / Fonte: Flickr