Dormir em aeroportos não é algo de outro mundo. Qualquer viajante que tenha pegado voos longos provavelmente já se deparou com a necessidade de passar uma noite em trânsito, sobrando, muitas vezes, apenas um chão gelado ou um conjunto de cadeiras desconfortáveis pra se acomodar. O resultado disso envolve cansaço, mau humor e até mesmo vontade de voltar pra casa.

Depois de passar por isso em algumas situações, como quando viajei do Marrocos pra Bratislava, acabei desenvolvendo estratégias pra minimizar os desconfortos e transformar cenários inimigos ao bem-estar em ambientes aconchegantes. O segredo é observar os pequenos detalhes e achar uma solução simplificada pra cada um deles. Qualquer coisinha boba que lhe incomode deve ser evitada nessas noites, pois os aeroportos têm uma capacidade enorme de torná-la mais incômoda do que ela realmente é.

Então apresento a você cinco das várias “estratégias” pra se ter uma noite de sono de qualidade e dormir em aeroportos como um bebê! Espero que elas sejam úteis pra que você acorde renovado com o sol nascendo naqueles janelões de vidro!

1 Isole ao máximo seus ouvidos

Isole ao máximo os seus ouvidos para conseguir dormir confortavelmente em aeroportos

Isole ao máximo os seus ouvidos para conseguir dormir confortavelmente em aeroportos. Créditos: kohlmann.sascha / Fonte: Flickr

A primeira dica que dou a você que quer ou precisa dormir em aeroportos é que selecione uma quantidade enorme de músicas em uma playlist pra que ela dure por horas. Geralmente usamos música pra pegar no sono, mas lembre-se de que o aeroporto não dorme com você, e sua setlist vai servir, na verdade, como isolamento acústico de todos os sons irritantes que ecoam durante a madrugada, causados pela equipe de limpeza. O barulho que sai daqueles carrinhos varredores de chão durante o dia pode não incomodar, mas durante a madrugada eles são tão potentes e azucrinantes quanto o rugido de um motor de trator a dois centímetros do seu ouvido.

Nessa hora vale todo tipo de música, seja de meditação, seja de um concerto do Sepultura feat. Slipknot. Qualquer tipo de som que abafe os ruídos externos será um grande aliado à sua noite de sono.

Um fone de ouvido que você consiga enfiar até quase cutucar o cérebro é ideal para o completo isolamento de tudo. Mas vale lembrar que se o aeroporto começar a pegar fogo e o alarme tocar, você, bom… já sabe.

2 Transforme o aeroporto em uma dispensa

Alimente-se bem, é difícil dormir de barriga vazia e nos aeropors as comidas são terríveis

Alimente-se bem, é difícil dormir de barriga vazia e nos aeropors as comidas são terríveis. Créditos: wEnDaLicious / Fonte: Flickr

Dormir em aeroportos e se alimentar mal são atitudes que caminham juntas, infelizmente. Uma noite mal dormida depois de comer muita porcaria é tudo que você precisa pra terminar a viagem com o estômago totalmente empacotado. Em um aeroporto, o efeito dessa combinação devastadora de saúdes é ampliado. E pra colaborar com o desespero de quem já está cansado e faminto, pagar por uma refeição de qualidade nos restaurantes lhe custará quase o preço de um estômago novo!

O que fazer então? Planejar suas refeições com algumas horas de antecedência à viagem pode ser muito valioso, e quando você estiver escorado em uma pilastra gelada ouvindo suas músicas, vai perceber que valeu a pena gastar umas horinhas indo ao mercado pra preparar lanches. Você apenas deve se lembrar de que qualquer coisa que precise de geladeira irá estragar, dependendo da temperatura. Por isso é importante pensar em quantas “refeições decentes” você quer fazer e tentar usar ingredientes que não pereçam facilmente. Presuntos e salsichas estão fora de cogitação.

3 Leve seu “guarda-roupa” pessoal

Seria muito mais confortável dormir em aeroporto se fossem oferecidos colchonetes

Seria muito mais confortável dormir em aeroporto se fossem oferecidos colchonetes. Créditos: MsSaraKelly / Fonte: Flickr

Pare o que você está fazendo agora, saia de sua cadeira e deite-se no chão por apenas alguns minutos. Agora tente achar uma posição confortável. Deite-se de lado, coloque o braço por cima ou por baixo da cabeça, não importa. Tente permanecer confortável. Conseguiu? Agora imagine um aeroporto com milhares de camas aconchegantes, alinhadas e impecavelmente limpas, lhe aguardando. Conseguiu? Acredito que a resposta seja não pras duas perguntas.

Dormir no chão de um aeroporto, além de sujar toda sua roupa, vai lhe deixar com vários ossos e músculos doendo depois de algumas horas de sono. Vale lembrar que nem sempre os saguões e salas de espera contam com cadeiras confortáveis, principalmente se você estiver fora da sala de embarque.

Não é necessário carregar um colchão queen size de molas na bagagem, até porque não caberia. Mas um daqueles bem finos, que às vezes chamamos de “espuma”, pode ser extremamente útil. Lençol pra forrar é luxo, só leve se realmente couber na mochila, mas pelo menos um lençol pra servir de cobertor eu acho que cabe, né? O “kit” fica completo se você usar sua almofada de pescoço como travesseiro. Acredite em mim, pode soar como muito trabalho pra pouco conforto, mas tudo isso que foi dito no parágrafo você pode dobrar e pendurar em sua mochila. A coluna e as roupas vão agradecê-lo no final da noite.

Pra encerrar a dica, não se esqueça de colocar uma camiseta reserva na bagagem de mão. Ao dormir no chão de um saguão onde milhares de pessoas pisaram durante o dia, um pouco de poeira vai acabar se agarrando às suas roupas, cabelo, rosto etc. Acontece que a camisa você não poderá lavar quando acordar. E por que na bagagem de mão? Se a noite de sono for realizada por conta de uma conexão, sua bagagem principal vai estar nas mãos da companhia aérea e não com você.

Cão dormindo na pista de embarque

Cão dormindo na pista de embarque. Créditos: Global Jet / Fonte: Flickr

4 Equipe seu nécessaire

Tem gente que não suporta deitar sem antes escovar os dentes. Como eu disse no início deste artigo, quando você precisa dormir em aeroportos, é necessário investir em qualquer pequeno detalhe que lhe traga um pouco de conforto. Jamais esqueça a escova de dente, fio dental e uma pasta de dentes, mesmo que sejam miniaturas. Leve o suficiente pra que você vá se deitar sem se preocupar com o incômodo na boca.

Pode parecer um detalhe bobo, afinal de contas, ninguém vai morrer se dormir uma noite sem escovar os dentes, mas a falta desse “detalhe bobo” pode resultar num incômodo constante, principalmente se você for dormir após comer um sanduíche com carne.

Pra completar seu kit de higiene, carregue em sua bagagem de mão alguns lenços umedecidos. Eles serão seu “chuveiro” particular. A partir do momento que você precisa passar uma noite em aeroporto, significa que você estará viajando por várias horas sem poder tomar um banho. As cabines de aviões são, em sua maioria, quentes e se você estiver muito agasalhado, provavelmente chegará ao aeroporto de conexão parcialmente suado, precisando se lavar. Se o aeroporto não fornecer banheiros com chuveiros, a solução vai ser o “banho de gato” (não, não é se lamber todo… você entendeu o que eu quis dizer). Reforçando, parece um detalhe bobo, mas a falta desse conforto mínimo pode se resultar num incômodo insuportável.

5 Construa seu “cinema de bolso”

Faça do saguão do aeroporto uma sala de cinema

Faça do saguão do aeroporto uma sala de cinema. Créditos: kozumel / Fonte: Flickr

Assistir a filmes é uma ótima estratégia pra se pegar no sono em casa. Acalme-se, não vou falar pra você carregar sua TV de 90 polegadas na bagagem de mão. Hoje em dia existem smartphones e tablets com grandes telas, algumas que reproduzem em HD. Eles são perfeitos pra se assistir a filmes e seriados. Entretanto, é necessário alertar que o preparo do que será assistido deve ser feito em casa: não adianta querer assistir alguma coisa na Wi-Fi do aeroporto.

Mas o mais importante é se lembrar de levar adaptadores de tomada. Separar oito horas de música e dois longos filmes se sua bateria não aguenta um terço disso é perda de tempo. Caso sua conexão seja realizada em um país cujo continente é diferente do país de destino da sua viagem, as chances de você encontrar fontes bizarras na parede são enormes. Existem adaptadores universais que se adaptam a qualquer tipo de conexão. Carregue uns dois com você. Vale a pena colocá-los também no checklist de viagens.

Continua após a publicidade

Então é isso, só me resta lhe desejar boa noite!

Dormindo no chão...

Dormindo no chão… Créditos: manoftaste.de / Fonte: Flickr

Já estou até vendo você chegando ao aeroporto, montando “acampamento” junto a uma coluna onde há pouca luz, sentando-se confortavelmente enquanto prepara seu piquenique privado. Terminado o banquete você se dirige ao banheiro mais próximo, faz tudo que tem que fazer, volta sorridente pra cama, seleciona um filmezinho, se acomoda no colchonete, abraça a mochila e se prepara pra dormir pelas próximas horas. Lar, doce lar…

Bom… espero que as dicas do artigo lhe sejam úteis para que na próxima vez que você precisar passar a noite durante uma conexão, que ela seja feita da forma mais confortável possível. Afinal de contas, viagem, não deve ser um martírio, em hipótese alguma.

Até a próxima!

Leia mais dicas para a sua viagem

Prepare-se para sua viagem

Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito.

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 21/11/19 você pode usar o cupom BLACK para garantir 15% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado! Como alternativa, nós sugerimos que você também faça uma cotação na Real Seguro Viagem.

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Kayak. Aprenda a criar um alerta de passagens aéreas em promoção.

Receba um desconto em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: anthonycpujo / Fonte: Flickr

Adriano Castro

Formado em Ciência da Computação pela UFJF, trabalhou durante 10 anos como analista de sistemas até chutar o balde e tocar a vida como freelancer, carregando seus projetos para onde quer que vá.

Ver mais artigos de Adriano Castro

Créditos da imagem de capa: wolf4max / Fonte: Flickr

4 comentários em “5 dicas para dormir confortavelmente em aeroportos”

  1. Aeroporto/estação de trem sem tomada é a maior tristeza dos viajantes 🙁
    O frio também é horrível e não tem o que fazer, só ficava pensando “frio é psicológico” para tentar dormir.

    1. Frio é psicológico e chuva é ilusão de ótica.

      O foda de dormir no chão é que o corpo não esquenta. Mesmo bem agasalhado eu acordava com as costas e braços gelados.

    1. Hahahahahahahaha! Num é que alguém criou um guia específico pra pessoas que querem dormir em aeroportos? Obrigado por compartilhar, Letícia! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *