Em alguns casos, é difícil acreditar que não estamos de frente para objetos inanimados