Como consegui fazer uma Sak Yant em Bangkok

Nos últimos anos, o interesse mundial pelas Sak Yant – tatuagens feitas por monges budistas na Tailândia – aumentou consideravelmente, principalmente depois que a Angelina Jolie apareceu com algumas delas nas costas no começo dos anos 2000. Elas já eram utilizadas há centenas de anos por guerreiros que acreditavam na proteção que emanavam dos desenhos. Por isso, para os tailandeses essas tatuagens são sagradas e não devem ser tratadas como algo banal.

Já que para muitos turistas o que era sagrado se tornou estético, os tailandeses passaram a esconder o jogo. Quando eu via moradores locais com o corpo coberto por sak yants e perguntava onde ou com quem haviam feito a tatuagem mágica, eles sempre desconversavam, fingiam que não entenderam a pergunta e, diante da minha insistência, as respostas eram sempre evasivas: “faz muito tempo, não lembro”, “o lugar é longe”, “eles não fazem mais” e por aí vai.

Não são poucos os estúdios que se propõem a fazer “sak yants”. Até com bambu eles fazem, mas não são as legítimas. Você escolhe um desenho, faz, paga (caro) e vai embora. Sei que o significado de uma tatuagem tem a ver com o momento e a importância que damos a ela, mas eu não queria nada comercial.

Para ler em seguida

Seguro viagem para a Ásia não é obrigatório, mas é essencial

Descubra quanto custa viajar para Bangkok

Encontrando um templo e um monge

O Wat Bang Phra é o templo mais conhecido dentre aqueles em que os monges fazem Sak Yant. Ele fica a 45 quilômetros de distância do centro de Bangkok e é a opção mais fácil para quem está na capital tailandesa. Apesar de ter ouvido sobre o lugar antes mesmo de embarcar, li muitas coisas que me desanimaram. A primeira delas é que supostamente as agulhas eram reaproveitadas nas centenas de pessoas que passavam por lá diariamente, correndo o risco de pegar uma doença. A segunda é que não seria possível ir de ônibus e eu teria que achar um taxista disposto a me levar até o templo, esperar por tempo indeterminado, voltar à cidade e ainda negociar o preço. A terceira é que teria de levantar ainda na calada da noite, pois o templo abriria no começo da manhã e eu precisaria ser rápida pra conseguir um lugar na fila.

Cortei essa possibilidade da minha lista e segui viagem, sempre pesquisando alternativas em Krabi, Phuket e arredores, já que passaria uns dias nessa área. Só que eu não encontrei.

Continuei buscando alternativas através da internet, inclusive com o Ajarn Noo Kanpai, aquele que tatuou as 5 linhas e o tigre nas costas da Angelina. Por ser tão requisitado, passou a cobrar o mínimo de 200 mil bath (cerca de 2 mil reais) por um desenho. Ele é um ex-monge e hoje faz da tatuagem o seu negócio. Ele ganha a vida assim e isso não é passível de julgamento, mas não era o que estava procurando e o preço estava além do que eu podia pagar.

Entrei em contato com muita gente. Todos me pediam pra escolher um desenho, me davam um preço e o endereço do estúdio. Nada diferente do habitual.

O fim da viagem se aproximava e eu não havia encontrado nenhum templo que fizesse a Sak Yant em seu ritual tradicional. Já estava aceitando a ideia de voltar para casa sem o meu tão almejado amuleto.

Aconteceu que antes de embarcarmos de volta ao Brasil, tínhamos um dia inteiro em Bangkok e não havíamos planejado nada. Chegamos cedo e nosso check-in era só às 14h. Então me deu o estalo de procurar o templo. Pensei que não seria possível que em pleno 2015 as pessoas não usariam materiais apropriados, ainda mais com tantas campanhas de prevenção espalhadas pelo país. Já era tarde (por volta 11h), mas decidi ignorar o que tinha lido em outros blogs e arrisquei chegar lá perto do meio-dia e ver no que dava. O problema do taxista o Adriano brilhantemente me ajudou a contornar, chamando o Uber. Se ao chegar lá eu não conseguisse atingir o meu objetivo, ao menos conheceríamos mais um templo incrível.

Os significados das Sak Yant

A palavra Sak significa “tatuagem” e Yant é derivado de Yantra, que significa “desenho geométrico sagrado”. No geral, as Sak Yant são uma mistura de orações budistas gravadas na pele durante rituais mágicos oriundos do hinduísmo que foram incorporados pelo budismo e são como amuletos para trazer proteção, imunidade contra doenças, resistência a ataques físicos, e prosperidade. Existem inúmeros desenhos e inscrições, com infinitas variações que se adaptam às necessidades de quem a recebe. Se você quer entendê-las a fundo, o Wikipedia tem algumas informações.

Siga nossa página no Facebook

O ritual

Chegando ao Wat Bang Phra, foi necessário comprar uma cesta com alguns itens para oferecer ao monge: flores, velas, incensos e um maço de cigrro mentolado. Tudo isso custou 50 bath (menos de 5 reais). Vi algumas pessoas colocando dinheiro em um envelope, sempre notas de pouco valor, então doei mais 20 bath. Isto é, ao todo eu paguei cerca de R$7 pela minha Sak Yant. O que não significa nada perto do poder de proteção que eu acredito que ela tem.

Ao contrário do que pensei, o lugar não estava cheio. Como todos dizem que é necessário ir cedo e eu fui na hora do almoço, provavelmente boa parte das pessoas já tinham ido embora.

A fila corria aleatoriamente. Quando vi algumas pessoas que chegaram depois sendo tatuadas antes de mim, esperei que um rapaz terminasse a dele, me levantei e me dirigi ao monge. Lembrando que ninguém lá falava inglês, então foi tudo por meio de gestos.

O monge que me tatuou recolheu as oferendas, me deu uma almofada para colocar no colo e escolheu o desenho que faria em mim, no caso, o Yant Gao Yord (nove picos), que geralmente é o primeiro a ser feito em quem não tem nenhuma Sak Yant e é a mais poderosa entre elas. Essa tatuagem geralmente é feita no centro das costas ou no peito. Como eu não sabia disso e vi que outras pessoas estavam sendo tatuadas em outras partes do corpo, pedi para fazer a minha na costela, ao que ele se recusou sinalizando com a cabeça.

O monge conduz as orações antes e depois do recebimento da Sak Yant.

O monge conduz as orações antes e depois do recebimento da Sak Yant. Créditos: Adriano Castro

Ele chamou o Adriano e um homem que estava esperando para ajudarem no processo, esticando e segurando a minha pele para que ele pudesse fazer a Sak Yant. Por isso nós não temos fotos ou filmagens do ritual.

A tatuagem é feita com uma longa vara de metal (não de bambu) e a tinta é composta por óleos, ervas e carvão vegetal. Ao invés de uma linha reta, como nas tatuagens feitas com máquina, ele vai dando algumas batidas, fazendo linhas pontilhadas.

Durante o processo, o monge ia entoando mantras e quando o desenho estava pronto, ele soprou e me pediu para acompanhá-lo em uma oração com as mãos postas em posição de agradecimento. Doeu muito menos que as minhas tatuagens tradicionais e demorou cerca de 15 minutos para ficar pronta.

Sak Yant em mulheres

Até pouco tempo atrás, diziam que mulheres não poderiam receber as tatuagens sagradas porque os monges não podiam dirigir a palavra a elas, muito menos encostar em sua pele.

O que eu soube de um tailandês é que os monges também são celibatários e que evitam contato com as mulheres para não passarem por tentações. Sendo assim, convém que as mulheres estejam cobertas e vestidas com roupas que não marquem o corpo. Eles só precisam ter acesso à parte que vão tatuar. Reforço que não sou grande conhecedora do assunto e essa foi a informação que eu tive de quem mora lá.

Regras para não quebrar a mágica da Sak Yant

Existem regras que devemos seguir a partir do momento em que recebemos a Sak Yant. Algumas delas conseguimos cumprir sem esforços, enquanto outras exigem atenção, equilíbrio e perseverança.

  1. Não mate uma pessoa intencionalmente.
  2. Não roube para ganho pessoal.
  3. Não minta para prejudicar os outros. Todos nós dizemos mentiras amenas e há uma diferença entre as situações.
  4. Não tenha relações sexuais com parceiros de outras pessoas.
  5. Não cuspa no banheiro. O vaso sanitário deve ser um lugar limpo e não mantê-lo dessa forma mostra desrespeito consigo mesmo e com os outros.
  6. Não xingue ou nem desrespeite seus pais, em hipótese alguma.
  7. Não fale mal das pessoas pelas costas para prejudicar a imagem delas.
  8. Não consuma álcool a ponto de tornar-se um incômodo para os outros. Mantenha o controle.
  9. Não deixe suas roupas íntimas aparentes. A razão para isso é evitar tentações e distrações que o sexo oposto pode trazer. Os próprios monges não estão autorizados a tocar a pele de uma mulher e, por isso mesmo, quando um monge tatua uma, ele irá usar luvas cirúrgicas.
  10. Não participar de rituais de magia negra. Evite qualquer contato com tais prática sempre que possível.
bangkok-tailandia-wat-bang-phra-bambu

Respeitar as regras é um exercício diário para manter a Sak Yant com seus poderes. Créditos: Adriano Castro

Higiene e saúde

Essa é uma questão que me preocupava bastante. Entretanto, quando fui buscar as oferendas para o monge me deparei com vários cartazes informativos ilustrando que o material era esterilizado e não havia risco de transmissão. Vi que as agulhas de metal eram separadas após o uso e levadas para dentro do templo. Quando voltavam, eram colocadas em um líquido azul. É assim que é feito e não tem como tirar a pontinha para uma agulha mais fina.

Se existe risco? Talvez, mas se os instrumentos cirúrgicos e odontológicos são esterilizados e reutilizados, acredito que as varas de metal funcionam da mesma maneira.

Não foi amor à primeira vista

Quando o Adriano me mostrou a primeira foto da minha Sak Yant, fiquei apreensiva. Principalmente pelo fato de ela estar muito perto de outra tatuagem e inicialmente eu achei que o conjunto não ficou harmônico.

O motorista do Uber estava nos esperando e eu entrei no carro com um misto de felicidade pela missão cumprida e receio pela questão visual. Mas passou rápido. Me lembrei do significado que ela tem, que a estética não é o foco, do tanto que pesquisei para poder fazê-la e assumi que ela estava ali para me lembrar de seguir as regras e para proteger, assim como o meu anjo da guarda tatuado a poucos centímetros. Sem contar que além de todos os significados, ela me remete a uma viagem incrível que era um sonho antigo e eu realizei na companhia do meu marido.

Poderia ter havido desfecho melhor?

Ler mais sobre o nosso Mochilão Asiático

Se você gostou deste artigo e gostaria de ler outros sobre o nosso mochilão pela Ásia, veja abaixo por onde passamos e boa leitura.

United-States flag
Estados Unidos

Thailand flag
Tailândia

Outras notícias sobre a Tailândia

Vietnam flag
Vietnã

Malaysia flag
Malásia

Em breve

Singapore flag
Singapura

Prepare-se para sua viagem

Buddy Boutique Inn

62 Chakrapong Road, Taladyod, Pranakorn

Descrição obtida de Booking

Com quartos modernos a preços acessíveis, o Buddy Boutique Inn está rodeado pelas opções de animação nocturna de Khaosan e fica ao lado de um famoso restaurante tailandês. O acesso Wi-Fi está disponível de forma gratuita.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Bangkok, nossa sugestão de hospedagem é o Buddy Boutique Inn. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostel World.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Compacto em Bangkok é de aproximadamente R$120,00 por diária pela Hertz (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

Comidas exóticas, fenômenos climáticos e furtos: veja alguns dos motivos pelos quais recomendamos o seguro viagem para os países da Ásia. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Em Bangkok, o almoço simples sai por volta de R$5,67, já o fast-food sairá por mais ou menos R$15,12. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$6,74. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$0,84, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$1,66 e o pint de cerveja R$6,61.

Descubra quanto custa viajar para Bangkok.

Saindo da Ásia, o voo mais barato para Bangkok parte de Dubai no dia 28/01/18 com volta em 09/02/18 e custa R$1.500,70 (ver também outras datas). Do Brasil, o voo mais barato para Bangkok sai de São Paulo no dia 20/11/17 com volta em 04/12/17 e custa R$3.338,82 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Bangkok.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Baht tailandês e o Real é de 1 THB para 0,0959 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo. Créditos da imagem de capa: Amanda Roberts / Fonte: Flickr
  • Ketherine

    Oii… vc sabe me dizer até que horas eles costumam atender as pessoas? Se eu chegar lá umas 16hrs será que consigo ser atendida? Obrigada!

  • Gisele Rocha

    Katherine, acho que enquanto tiver gente, eles vão tatuando. Sempre lia que era necessário madrugar para conseguir e no último dia disponível em Bangkok me arrisquei a ir ao templo ao MEIO DIA pra tentar a sorte. Jamais pensei que encontraria alguém lá nesse horário, já que todo mundo chegava antes das 7 da manhã.
    Se você tiver a chance de ir mais cedo, vá e não se arrisque. Se for às 16h e não conseguir fazer a tatuagem, ao menos conhecerá um templo lindo.

  • Rafaela França

    Ficou muito linda. Vou pra Tailandia em novembro e também quero muito fazer uma Sak Yant. Posso tirar algumas duvidas com voce?
    1) Você conseguiu verificar se a agulha era nova? Estou um pouco receosa de fazer em templos por isso.
    2) Você sabe onde fica o estudio do Ajarn Noo Kanpai? Tem algum contato?
    Obrigada!! Adorei seus relatos. Parabéns!!

  • Gisele Rocha

    Ei, Rafaela! Eu gosto muito dela, não pela só pelo visual, mas pelos poderes que vêm se comprovando a cada dia.
    Sobre as suas perguntas:
    1) A agulha não é nova, é esterilizada, assim como os instrumentos das manicures, dos dentistas, dos médicos e tal. Os métodos de esterilização foram aqueles que vi e descrevi aí em cima.
    2) O Ajarn Noo cobra a partir de 2 mil reais numa tatuagem mais básica (como os espirais desse amuleto que o monge me deu) e 7 mil numa sak yant como a da Angelina. Aliás, não sei se se enquadra como “sak yant” uma vez que ele comercializou o processo e nem monge ele é mais. O trabalho é feito em um estúdio. Então, não é um amuleto, apenas uma reprodução. Você consegue falar com a equipe dele através do e-mail info@tattoo-thailand.com.

  • Paulo

    Gisele, parabéns pelo blog, post e sak yant!
    Vou fazer a minha agora no fim do ano e tenho só dúvidas quanto ao que se pode escolher. Pode ser em qualquer lugar das costas? Você pode escolher o desenho entre as sak yants mais conhecidas?

  • Gisele Rocha

    Oi, Paulo! Fico feliz que esteja gostando.
    No templo, é o monge que escolhe o seu amuleto e onde ele será desenhado. Talvez por você ser homem, ele lhe dê abertura para falar sobre quais poderes você quer obter com a sak yant (coragem, saúde, vida longa, sabedoria, etc), mas não foi o que observei. Por eu ser mulher, essa abertura foi nula, já que os monges não podem se dirigir a pessoas do sexo oposto.
    Antes de mim, muitos outros homens foram tatuados, alguns deles já tinham o corpo coberto pelos amuletos, então o monge fazia de acordo com o que ele achava que a pessoa estivesse precisando. Dizem que esta que eu fiz e a das cinco linhas (igual a da Angelina) são as mais comuns para quem ainda não tem nenhuma.
    Alguns estúdios em Bangkok fazem réplicas desses amuletos e aí sim você pode escolher qual quer tatuar e em qual parte das costas (ou dos braços, nunca abaixo da cintura). Mas aí é uma questão mais comercial e estética. Não sai muito barato.
    Se ainda tiver alguma dúvida, estou à disposição. 🙂

  • Ana Vilhena

    Olá, adorei o post e também quero muito fazer uma.
    Como foi a ida e volta de uber? vc pediu no seu celular mesmo? saiu muito caro? ele encontrou o endereço e esperou por vc numa boa?

    Beeijos,
    Ana

  • Gisele Rocha

    Oi, Ana! Pedimos pelo celular mesmo e já no carro negociamos com o motorista para que ele nos esperasse e nos levasse de volta a Bangkok. Embora lá tenha ônibus e taxi, decidimos que seria melhor tentar voltar no Uber por motivos de:

    1. Era feriado e os horários de ônibus eram irregulares.
    2. Negociar com taxista dá muita preguiça, eles cobram o triplo do preço justo pra você negociar até chegar a um valor razoável, que nem sempre sabemos de quanto é. E se não tiver outro motorista, você terá de voltar com qualquer um, a qualquer preço.

    Nos custou algo em torno de R$50 ida e volta, o que é muito barato, já que o templo fica a 45 quilômetros de Bangkok. Dificilmente você vai conseguir Uber lá no templo, então negocie com o motorista quando estiverem saindo do centro, viu?

    Boa viagem!
    Beijo.

  • Camila Coubelle

    Bonita história! Nada como experimentar na pele a cultura de um lugar! Adorei o post e tatuagem! beijos

  • Gisele Rocha

    Exato, Camila. Se dependesse de mim, seria uma tatuagem em cada lugar e hoje eu seria um gibizinho ambulante.

  • Isabella

    Caramba, sou muito ligada ao budismo, então planejo fazer uma na minha trip pelo sudeste asiático que estou planejando (e que só vai rolar daqui a uns 4 anos, pelo jeito). Em relação aos “mandamentos” da Sak Yant, o que me preocupa é o último: evitar contado com magia negra, e na concepção deles o que seria magia negra? Participo de práticas pagãs e dentre isso já cheguei até a ter contato com a Goétia e outras formas de magia bem pesadas, mas não as vejo como magia negra ou algo ruim (dependendo do objetivo, claro), então fiquei com uma grande dúvida nesse ponto, já que essa definição é primariamente sociocultural e religiosa e eu gostaria de ter a tatuagem e seguir seus ditos com firmeza, mas sem abandonar meus estudos.
    De qualquer maneira, sua tatuagem ficou linda e que ela te proteja e te dê muitas forças!
    Boa sorte e muita saúde 🙂