O verão chegou no Hemisfério Norte e com ele os summer courses! Se você quer aprender ou aperfeiçoar o inglês aqui nos Estados Unidos, esqueça aqueles cursos caros de idiomas! Muitas agências de viagens cobram um absurdo em um curso de inglês no exterior. Com hospedagem o valor pode chegar a 22 mil. E quem é que tem esse dinheiro sobrando?

O Viajei Bonito vai te mostrar que é possível estudar inglês de graça nos Estados Unidos. Como turista, você pode estudar até 18 horas semanais com professores nativos e material gratuito. Antes de vir para cá procurei por vários cursos pagos e a maioria deles cobravam em torno de 1000 dólares por mês, o que daria quase 4 mil reais e não caberia no meu orçamento. Foi então que uma amiga me disse que fazia um curso gratuito em uma community college em Rochester, estado de Nova York, o Greece Community Education! Fiz uma pesquisa mais aprofundada e descobri que vários centros acadêmicos e algumas igrejas ofereciam esse tipo de serviço que é denominado ESL ou ESOL!

Mas antes que você continue, saiba que é altamente recomendável contratar o seguro-viagem para os Estados Unidos. Dependendo do tipo de visto pode ser até obrigatório! Temos alguns artigos aqui que podem esclarecer melhor suas dúvidas sobre o assunto.

O que é ESL/ESOL?

English as second language ou English for speakers of other languages é o nome do curso de idiomas oferecidos a estrangeiros com o objetivo de introduzi-los no idioma. As classes são divididas em básico, intermediário e avançado. Nas aulas treina-se conversação, são feitas dinâmicas em grupos e alguns exercícios individuais com textos em inglês. Lembrando que não é um curso de inglês convencional, ou seja, você não vai assistir a uma aula onde o professor vai destrinchar toda a gramática inglesa, mas ele vai te dar ferramentas para que você aprenda a usar o idioma no dia-a-dia.

Como funciona?

Você poderá estudar durante um turno com alunos de várias partes do mundo. As aulas são ministradas por professores americanos que falam somente inglês durante toda a aula. A escola que estou estudando, como a maioria delas, oferece day courses e evening courses, ou seja, você tem a opção de estudar de dia ou à noite, dependendo do seu nível de inglês e se houver turmas disponíveis.

Durante as aulas o professor irá trabalhar alguns textos com a turma e conversar acerca do tema com os alunos, para treinar a conversação. O professor também pode passar alguns trabalhos em grupo para que os alunos se conheçam e conversem entre si. Esse curso é oferecido o ano todo, mas você deverá checar, pois algumas escolas dividem as aulas por estação do ano, por exemplo: summer courses, spring courses. Na escola que estou estudando de duas em duas semanas abre vaga para novas pessoas entrarem.

As aulas são ministradas por professores americanos

As aulas são ministradas por professores americanos. Créditos: Regent Language Training / Fonte: Flickr

Onde encontrar cursos de inglês gratuitos anos EUA?

Em Comunnity Colleges ou High School e algumas igrejas. Para saber quais são os colleges ou igrejas que oferecem esse tipo de serviço na cidade em que você se encontra nos Estados Unidos, basta entrar no site oficial da cidade/condado de sua escolha, no meu caso Rochester, e acessar a lista das community colleges na área Education. Nessa lista você encontrará os sites das escolas e você poderá escolher qual delas lhe interessa mais!

Continua após a publicidade

Como se matricular?

Cada escola tem seu processo de matrícula, mas geralmente são parecidos. Para se matricular nesses cursos a primeira coisa que deve ser feita é comparecer ao local. Aqui nos Estados Unidos os sites não oferecem tantas informações e por telefone (quando atendem) pedem para que você vá ao local realizar a matrícula. Custei o motivo disso, mas faz parte da cultura do país. Certa vez mandei e-mail pedindo outras informações e eles pediram para que eu consultasse o site, mesmo eu dizendo que já havia feito isso, então, a melhor coisa é ir presencialmente.

Você pode ligar antes para se informar sobre a data e a hora em que você poderá fazer uma prova de nivelamento. Essa prova geralmente é uma prova oral ou escrita. Na escola em que estudo precisei fazer a prova oral e como eu não era principiante no inglês eu precisei fazer a prova escrita. Depois você deverá dar um endereço dos Estados Unidos e informar sua situação aqui, se você é turista, residente e de qual país você veio. Você não precisa pagar pelo material didático, tudo o que for usado será fornecido pelo professor da escola.

Não há limites de idades, nem restrições de gênero, religião ou nacionalidade.

Não há limites de idades, nem restrições de gênero, religião ou nacionalidade. Créditos: Regent Language Training / Fonte: Flickr

Pré-requisitos

Veja tudo o que você precisa para estudar inglês de graça nos Estados Unidos:

 1. Pagamento da inscrição

Apesar de o curso ser gratuito você deverá fazer uma prova de nivelamento antes. Depois que fizer a prova você deverá pagar uma taxa pela prova realizada à secretaria do curso. O valor varia de escola para escola, entre 10 a 30 dólares. Eu paguei 25 dólares. Essa será a única taxa que você terá que pagar. 

2. Ter um passaporte com visto válido e um endereço válido no país

Mesmo que nem todos os cursos de inglês peçam o número do seu passaporte, é de suma importância portá-lo, pois qualquer coisa que acontecer você terá que apresentá-lo. No ato da inscrição eles pedem um endereço para colocar na sua ficha, isso é imprescindível. Mas pode ser de uma casa alugada ou até de sua hospedagem pelo Airbnb.

3. Ter disponibilidade para estudar no horário escolhido

Parece óbvio o quesito “ter disponibilidade para estudar no horário escolhido”, mas muitas pessoas se matriculam e faltam muitas aulas. Se você falta aula e não avisa ao professor, o seu nome é retirado da ficha de alunos e caso você queira voltar deverá fazer outra inscrição e pagar a taxa da prova de nivelamento novamente.

4. Obedecer aos regulamentos do local

 Cada local possui suas próprias regras, mas geralmente são bem parecidas. Algumas pessoas nos Estados Unidos são muito religiosas e moralistas, então alguns comportamentos que para os brasileiros pode parecer normal, para eles é falta de respeito. Assim que você se matricula no curso você recebe um manual do que é permitido ou não fazer em sala de aula. Não são permitidos:

  • Atender telefone na sala de aula
  • Roupas curtas
  • Óculos escuros
  • Conteúdo obsceno
  • Palavrões
  • Discriminação racial ou étnica
  • Cigarro ou uso de outras drogas
  • Brigas ou qualquer tipo de violência
  • Entrar na sala de aula descalço

5. Providenciar caderno e caneta

As escolas pedem que você traga seu próprio caderno e caneta, caso queira fazer alguma anotação.

Leve sempre um caderno uma caneta para fazer anotações na aula

Leve sempre um caderno uma caneta para fazer anotações na aula. Créditos: tekkytechno/Fonte: Flirck

Dicas de como se portar na sala de aula

O americano usa muito as palavras sorry (desculpa), please (por favor), excuse me (com licença). Então, se você quer passar por alguém que está no meio do caminho, sempre peça licença (excuse me). Ao fazer uma pergunta, levante a mão e espere a sua vez. Agradeça tudo sempre! Thank you (obrigado(a) ) nunca é demais aqui nos Estados Unidos. Eu estranhei um pouco, porque eles agradecem tudo, até coisas simples que no dia-a-dia esquecemos ou não fazemos questão de agradecer. Se estiver atrasado para aula diga: Sorry, i am late (Desculpe-me, estou atrasado). Nunca entre na sala sem falar nada ou pedir desculpas, pois é falta de educação.

Não é permitido o uso de celulares durante as aulas

Não é permitido o uso de celulares durante as aulas. Créditos: Giovannacco / Créditos: Pixabay

Obtenção do visto de turista

Ninguém coloca os pés em território estadunidense sem um visto, seja ele qual for. Antes de mais nada, é necessário solicitar o documento. Neste vídeo a Gisele e o Adriano explicam como conseguiram os deles.

Vantagens de estudar com visto de turista

É aquela velha história: o aluno quem faz a escola. É mais ou menos isso. Você não precisa estar matriculado no curso mais caro para aprender inglês! Com foco, atenção às aulas e imersão no idioma você vai aprender. A vantagem de estudar em um curso desses é o contato com outras pessoas que só vão falar inglês na aula, ou seja, você vai treinar conversação algumas horas por dias. Ou o dia inteiro, já que está no país onde a língua é ensinada.

Outra vantagem é, sem dúvida, a parte financeira, pois o visto de estudante é mais caro, além de você ter de pagar uma taxa para a escola de idiomas para emiti-lo para você, é o que eles chamam de fee. Essa taxa é de 100 dólares geralmente, fora o valor da mensalidade do curso e fora o valor que você terá que pagar da taxa do visto. Se você estiver nos Estados Unidos e quiser mudar de visto, não é possível. O que é permitido é o que chamamos de mudança de status, em que a escola vai emitir F1 ( um tipo de visto de estudante) e a embaixada vai analisar sua situação no país para ver se aprovam ou não sua mudança de status. Para isso você precisará comprovar certa quantia em sua conta (o valor varia de escola para escola) ou senão ter um sponsor (alguém responsável por bancar seus gastos aqui). Caso seja aprovado, você não poderá sair do país até que seu curso termine. Leia mais sobre tipos de visto no site da embaixada americana.

Desvantagens

Com o visto de turista você não pode estudar mais que 18 horas por semana, além disso, você só poderá permanecer no país por 6 meses no máximo (o processo de extensão de visto de turista requer que você prove fortes motivos para continuar aqui e que comprove dinheiro para isso).

É necessário arcar com os custos do visto de turista para estudar de graça nos Estados Unidos

É necessário arcar com os custos do visto de turista para estudar de graça nos Estados Unidos. Créditos: Jason Matthews / Fonte: Flickr

Viu como é possível economizar uma grana estudando inglês de graça nos Estados Unidos pelos seus próprios meios? Compartilhe a notícia com os seus amigos!

Prepare-se para sua viagem

Vai alugar um carro? Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

Receba um desconto de R$10 em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom adrianoc135ue durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

testamos o chip internacional da Easysim4u e aprovamos tanto o serviço quanto a qualidade da internet no exterior. Clique aqui para ver todas as opções de coberturas disponíveis nos EUA e em mais de 210 países! Ainda, utilize o cupom VIAJEIBONITO10 para garantir 10% de desconto em seu pedido! Tem promoção rolando! Até o dia 21/03/2019 você garante 20% de desconto ao utilizar o cupom DOWNEUP. Recomendamos que você dê uma olhada nos planos Voz e Dados EUA e Dados North que saem a partir de R$175,36 e R$138,05 respectivamente. O Viajei Bonito indica também como alternativa o chip da Yes Brasil.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

Veja o motivo pelo qual recomendamos o seguro viagem para os Estados Unidos. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 17/04/19 você pode usar o cupom VIAJANTE para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Com base em cotações atualizadas diariamente do Alpha Vantage, a proporção entre o Dólar dos Estados Unidos e o Real é de 1 USD para 3,7311 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda. Confira nosso passo-a-passo para enviar e receber dinheiro do exterior durante uma viagem.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem ao lado para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Pete Linforth / Fonte: Pixabay

Luana Alencar

Luana Alencar, jornalista pela UFJF, apaixonada por livros, violão e viagens. Morou dois meses no Peru, ensinando adolescentes sobre consciência ecológica.

Ver mais artigos de Luana Alencar

Créditos da imagem de capa: robert.claypool / Fonte: Flickr