A poucos dias de nosso Mochilão Asiático resolvemos incluir o Vietnã no roteiro. Sabíamos que brasileiros não tinham direito ao visto diretamente nos aeroportos do país como aconteceria nos demais países que visitaríamos, então começamos a correr atrás.

Felizmente, descobrimos que tudo era mais fácil do que pensávamos. Havia, obviamente, a opção de ir até a embaixada do Vietnã em Brasília, esperar alguns dias e voltar para casa com os passaportes carimbados, mas cá entre nós, muito fora de mão, não é?

Até que descobrimos as empresas que mediatizam o processo.

Para ler em seguida

Como tirar o visto para o Vietnã

Algumas empresas privadas no Vietnã possuem convênios com o governo que permitem aos visitantes agilizar todo o processo remotamente, sem a necessidade de visitar a embaixada em pessoa. Essas empresas privadas cobram uma taxa (em dólares, o que faz doer o coração) para cuidar do processo todo, mas mesmo assim vale muito a pena.

Usamos a VISA-Vietnam, e tudo demorou menos de uma semana: preenchemos um formulário online, pagamos a taxa de serviço com um cartão de crédito internacional e dois dias depois já recebemos um e-mail da empresa com as instruções de como proceder junto a polícia do país.

Formulário para visto no Vietnã, preenchido online

Formulário para visto no Vietnã, preenchido online. Créditos: Viajei Bonito / Fonte: VISA-Vietnam.org

E-mail de confirmação para visto no Vietnã

E-mail de confirmação para visto no Vietnã. Créditos: Viajei Bonito / Fonte: VISA-Vietnam.org e Gmail

Como entrar no Vietnã

Aqui vai um detalhe muito curioso e que, de certa forma, nos deixou um pouco ressabiados. Não sabemos ao certo como explicar isso, mas pelo que entendemos, o governo do Vietnã monta uma lista de pessoas que entrarão no país de acordo com a demanda gerada nestas empresas. Isto é, antes mesmo de você chegar, a polícia já tem seu nome e alguns de seus dados.

Até aí tudo bem.

Acontece que o nome de todos os turistas e as datas de suas entradas são compilados em uma carta nos moldes exigidos pelo governo, e quando você abre o e-mail enviado pela empresa mediadora, adivinha o que está anexado? A carta! Sim, com os nomes de todos os viajantes que entrarão com você, e nessa carta incluem-se seus números de passaporte, tudo ali exposto.

Carta com os nomes e passaportes de todas as pessoas que entrarão no Vietnã

Carta com os nomes e passaportes de todas as pessoas que entrarão no Vietnã. Créditos: Viajei Bonito / Fonte: VISA-Vietnam.org e Gmail

As instruções são claras: esta carta deverá ser impressa e apresentada na polícia assim que você entrar no país! E deverá mesmo! Por favor, não deixe para imprimir isso no aeroporto, nós imploramos, não cometa esse erro. Pelo menos o aeroporto de Ho Chi Minh não dispõe de nenhum serviço de impressão entre o avião e a imigração. Além disso, a polícia é muito, mas muito impaciente e mal educada. A primeira coisa que eles pedem: a tal carta. Por isso não guarde-a na mala que você despachará, afinal de contas ela só seria resgatada após a imigração.

Juntamente com a carta, você deverá também apresentar duas fotos 4x6cm e não pense que estamos fazendo confusão com a 3x4cm. Eles exigem esse formato estranho e você que se vire para conseguir. Aqui em Juiz de Fora foi um custo. Ligamos para várias lojas conhecidas e nenhuma delas fazia esse tipo de serviço. Por sorte, uma lojinha de uma galeria do centro da cidade fazia, caso contrário precisaríamos tentar nós mesmos fazer.

Finalmente, a empresa nos enviou também um formulário que deveríamos preencher à mão para agilizar o processo no aeroporto. Por favor, preencha esse formulário da forma mais completa possível! Você vai entender o porquê mais à frente.

Formulário que deve ser preenchido à mão para entrada no Vietnã

Formulário que deve ser preenchido à mão para entrada no Vietnã. Créditos: Viajei Bonito / Fonte: VISA-Vietnam.org e Gmail

A imigração do Vietnã

A parte mais complicada acontece no aeroporto.

Você dá de cara com um balcão minúsculo e uma fila enorme de pessoas, todas desinformadas. Quando nossa vez chegou, o policial pegou os passaportes, a carta com os nomes, os formulários preenchidos e as fotos 4x6cm, misturando tudo com todos os outros passaportes que estavam em sua mesa. Para completar, nos devolveu o formulário reclamando que não preenchemos o endereço do albergue em que nos hospedaríamos. Quando tentamos argumentar ele saiu e foi atender o próximo da fila. Não sabíamos se era para pegar a fila novamente, se era para esperar ali, nem nada.

Continua após a publicidade

Saímos da fila, sentamos, preenchemos e voltamos passando na frente de todo mundo. Ele pegou o formulário, mandou a gente sentar e esperar. Mais nada! Esperar o que? Senta e espera, ele disse, de forma ríspida. Junto conosco havia um monte de gente também sem saber o que fazer.

Por fim, uma vietnamita começou a chamar as pessoas num microfone que mal se dava para ouvir. Detalhe: os nomes eram pronunciados da forma como ela entendia, então todo mundo começou a se aglomerar na frente, com medo de perder a vez. Já pensou se ela nos chama e a gente não entende? Demoraria uns seis meses para resolver a situação. Até que um “Mrs. Roca” e um “Mr. Caxtruou” foram chamados e a gente correu até lá. Pegamos nosso passaporte, pagamos a última taxa, em dólares também, e ganhamos nosso visto para depois pegar a fila da imigração.

Ufa! Deu trabalho, mas no final das contas conseguimos tirar o nosso visto para o Vietnã e entramos no país sem nenhuma surpresa agradável. E não é que o visto no passaporte ficou simpático?

Visto do Vietnã no passaporte

Visto do Vietnã no passaporte. Créditos: Adriano Castro

Se você tem alguma dúvida sobre todos os trâmites desde a solicitação online até o momento de entrada, não hesite em usar os comentários abaixo para tirá-las. Sabemos o quanto é difícil lidar com processos fora do Brasil e será um prazer poder ajudar nessa etapa de sua viagem.

Um grande abraço e até o próximo artigo.

Ler mais sobre o nosso Mochilão Asiático

Se você gostou deste artigo e gostaria de ler outros sobre o nosso mochilão pela Ásia, veja abaixo por onde passamos e boa leitura.

Estados Unidos

Tailândia

Outras notícias sobre a Tailândia

Vietnã

Malásia

Singapura

Prepare-se para sua viagem

Em Ho Chi Minh, nossa sugestão de hospedagem é o Giang Son Hotel (84, diárias a partir de R$54,00). Aprenda a reservar um hotel pela internet aqui. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostelworld.

Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito.

Comidas exóticas, fenômenos climáticos e furtos: veja alguns dos motivos pelos quais recomendamos o seguro viagem para os países da Ásia. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro. Como alternativa, nós sugerimos que você também faça uma cotação na Real Seguro Viagem.

testamos o chip internacional da Easysim4u e aprovamos tanto o serviço quanto a qualidade da internet no exterior. Clique aqui para ver todas as opções de coberturas disponíveis nos EUA e em mais de 210 países! Ainda, utilize o cupom VIAJEIBONITO10 para garantir 10% de desconto em seu pedido! Recomendamos que você dê uma olhada no plano Dados Mundi que sai a partir de R$217,32. O Viajei Bonito indica também como alternativa o chip da Yes Brasil.

Descubra quando viajar para Ho Chi Minh, ou então pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Kayak.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

Receba um desconto em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

Em Ho Chi Minh, o almoço simples sai por volta de R$8,15, já o fast-food sairá por mais ou menos R$14,67. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$6,90. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$1,09, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$1,78 e o pint de cerveja R$3,26. Descubra quanto custa viajar para Ho Chi Minh.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Gisele Rocha

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Ver mais artigos de Viajei Bonito

Créditos da imagem de capa: LoadedAaron / Fonte: Flickr. Imagem utilizada nas redes sociais: Adriano Castro.

31 comentários em “Como tirar o visto para o Vietnã pela internet”

  1. Nossa, que sufoco, hein? rs Estou indo para o Vietnã daqui 3 semanas e ainda não tirei meu visto. Graças ao seu post, consegui entender melhor o processo!

    Só não entendi direito uma coisa: você paga a uma agencia para tirar o visto e depois você ainda tem que preencher mais 1 formulário e pagar mais taxa ainda? É isso mesmo?

    Obrigada pelo seu post!

    1. Olá Lucia!! Primeiramente muito obrigado pelo comentário e por nos falar que o post foi útil. Isso nos dá mais entusiasmo a continuar escrevendo.

      Bom, vamos lá: sim, você precisará pagar a taxa inicial a essa empresa que faz a mediação entre o governo do Vietnã e o do Brasil. Até onde sei não é possível solicitar esses documentos diretamente com o governo deles, a não ser que você vá pessoalmente até a embaixada em Brasília. Como moramos em Juiz de Fora/MG e ficaria mais caro ir até lá, optamos pelo processo online.

      Depois que você paga a essa agência, tudo que ela fará será inscrevê-la no processo de obtenção do Visto. A partir daí é com você. A agência não atuará mais. O restante será no aeroporto em que você marcou no momento da inscrição no site da agência, inclusive o preenchimento a mão. Lembre-se que isso só funcionará se você for chegar no aeroporto, caso esteja indo de ônibus ou trem a partir de um país vizinho será necessário ir até o consulado com antecedência aqui no Brasil.

      1. Oi, Adriano! Apenas a titulo de curiosidade: fiz tudo o que você recomendou e deu super certo! Nossa sorte foi justamente ter lido seu blog antes, pois assim que chegamos no vietnã já corremos para o posto que dá o visto, então fomos os primeiros a serem atendidos! Não ficamos mais de 10 min aguardando. E outra coisa que achei estranho também é que quando fomos fazer check in do Laos para o Vietnã, a atendente solicitou a tal carta de permissão de entrada no Vietnã.

        A viagem foi maravilhosa e ano que vem estarei de volta na ásia! Abraços!

  2. Oi, gostaria de agradecer pelo post, pois irei fazer um mochilao no sudeste asiático em dezembro,
    Porém meu passaporte vence em janeiro e como resolvi ir no mês passado e só fui descobrir agora que precisava de um passaporte com validade de até seis meses antes da viagem. já comecei a ficar preocupada, pois mesmo agendadndo a entrevista para renovar meu passaporte no início deste mês a primeira data liberada onde resido é só no dia 18 de novembro e eu estou viajando no dia 15 do mês seguinte e mesmo pagando todas as taxas para receber tanto o passaporte como o visto mais rapidamente sempre bate aquele friozinho na barriga de não dar tempo. Eu já havia lido sobre esse visto prévio online, mas li algumas coisas na embaixada vietnamita não o recomendando aí já comecei suar frio e pensar que não era verídico, mas agora vocês me deram um pouquinho de esperança muitíssimo obrigado.

    1. Olá Karol! Fico muito feliz que o post tenha sido útil a você. Como vc pode ter percebido, fizemos tudo de última hora também, mas lembre-se de que isso aconteceu ano passado. Dê uma olhada no site da embaixada vietnamita se a informação é recente, pois não sabemos se aconteceu alguma de lá pra cá que possa ter inviabilizado esse tipo de visto. Bom, por precaução. =)

      Espero que tenha uma boa viagem e obrigado pelo comentário!

  3. Olá,
    Gostaria aqui de dar meu testemunho sobre este artigo.
    EU FIZ TUDO QUE VOCÊS DISSERAM, E FOI ATÉ MAIS FÁCIL!!!.
    Usei a mesma empresa mencionada no artigo, fotos, formulários, etc. Tudo certinho.
    Apesar de muitas pessoas na hora de pedir o visto, foi muito rápido. Ficamos sentado meia hora, muito melhor que ficar em pé numa fila, por horas as vezes, como Nova York, Barcelona, etc.
    Obrigado pela ajuda.
    Aos que ainda irão tirar visto para o Vietnã, façam exatamente o que esta escrito aqui que não haverá problema.

    1. Olá, Alonso!! Que legal saber que o artigo foi útil!
      Curiosidade: o pessoal lá no Vietnã pronunciou seu nome certinho na hora de chamar? O nosso ficou todo embolado, não sei nem como conseguimos entender 😛 O que deveria ser “Mr. Castro” foi algo como Mister Coaxtru…

  4. Boa dica hein! Eu acabei tirando meu visto pro Vietnã no consulado em Bangkok. De uma forma ou de outra, é um processo meio chatinho né? Mas no final dá tudo certo!

  5. Visto pela internet facilita demais nossa vida! Ainda é bastante complicado tirar visto para alguns lugares pq nem todas as capitais possuem consulado, alguns países só tem sede em Brasília mesmo e tirando pela internet facilita muito

  6. Este seu post é serviço público. Tem países que os viajantes acabam por evitar por causa dessas burocracias. Felizmente tudo deu certo e o país fez esquecer esses incómodos.
    Abraço e continuação de boas aventuras

  7. Nossa muito boa mesmo sua dica, deixe de ir uma vezes para o Vietnam por causa do visto, agora estava fazendo um novo roteiro e dessa vez vou, e sua dica vai me ajudar muito. Vc pode falar quanto foi o valor?

    1. Olá, Christian. Pra ser sincero não me lembro quanto custou. Mas não foi caro. Lembro que na entrada do país você paga $ 20 dólares americanos por pessoa para emissão do visto. Já a parte da internet, se não me engano (e não falo com total certeza) custou algo em torno de R$ 40,00 por pessoa.

  8. Eita, que agonia dessa entrada no Vietnã! haha que bom que deu tudo certinho. Excelente dica esta! Eu não sabia como era o processo de visto de lá, e jamais imaginaria que haveria uma empresa que faz isso (que bom que existe, né? hehe). Aquele post pra favoritar e consultar quando for planejar a viagem ao país 🙂
    Obrigada por compartilhar! bjos!

  9. Eu ODEIO esse negócio de ter que ir atrás de visto para viajar… Ultimamente tenho desistido de ir viajar para alguns destinos que exigem visto prévio ao desembarque e priorizando outros onde somos bem vindos só para evitar o stress. O Vietnã é um desses países..Apesar de estar aqui do ladinho de Hong Kong desde que mudei para cá, não tive vontade de voltar e o motivo é claro. Precisa de visto! No final tudo acaba dando certo, mas ando evitando fortes emoções.. A propósito que sessão conseguir comentar por aqui

  10. Até agora ainda não a a razão de um visto… Mas temos de tirar e pronto! Quando estive no Vietname tive de tirar e não foi muito fácil perceber como funcionava. Boa informação!

  11. Olá! Estou indo pro vietna e já estou com o formulário em mãos! Uma dúvida, no item 17 do formulário que diz: hosting organization o que seria isso?! Vocês precisaram preencher?

    Obrigada pelas dicas!

    Aline

    1. Olá, Aline. Se não me falhe a memória é o nome do hostel/hotel que você estará ficando. Não me lembro bem, mas se você preferir deixar em branco, lá na hora você pode preencher também, mas fique atenta: na ocasião eu deixei um campo em branco… um campo simples… peguei a fila e na minha vez o policial viu o tal campo em branco e mandou eu preencher, mas não me deixou preencher na frente dele. Tive que sair da fila, preencher e voltar pro final!!!!

      Agora que você falou eu fiquei em dúvida se também não tinha deixado esse em branco, mas acho que não. Acho que deixei o endereço do hostel. De qq forma, se você fez o processo pela empresa citada no artigo, acho que vale a pena confirmar com eles. Já que você pagou uma taxa pelo serviço, imagino que eles deveriam pelo menos fazer valer esse investimento te ajudando com essas dúvidas básicas, concorda? ?

      Pode contar com a gente! Obrigado pelo contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *