Percorrendo os cantos mal assombrados de Albuquerque

Sabe aquele medo que dá na gente depois de assistir a um filme de terror? Nesse dia você não bebe água na cozinha antes de dormir e só vai ao banheiro se a vontade for muito grande, não é verdade? E se ao invés de assistir a um filme você caminhasse por locais mal-assombrados de uma cidade à noite?

Durante a passagem do Viajei Bonito pela cidade de Albuquerque, no Novo México, ganhamos um convite para participar do tour guiado pela Albucreepy Downtown Ghost Walk. Durante os 100 minutos que se passaram, fomos levados a vários cenários, alguns assustadores até demais, pelos guias Blake Starr e Jordan Jonas.

Tudo começa no cofre de um banco ainda no mesmo prédio onde se encontra o escritório. Com as luzes apagadas, somos levados a escadas das quais não saberíamos voltar se quiséssemos. Dá pra imaginar o desespero? De posse apenas de uma lanterna no estilo mais aterrorizante possível, Blake e Jordan nos dão uma rápida aula sobre como identificar imagens reais e falsas, montagens ou possíveis capturas de almas em fotografias. Tudo isso numa sala escura!

Com relação à ambientação, nada do que reclamar! A partir dali já estávamos no clima e prontos para andar pela cidade. A propósito, há poucos dias escrevemos também sobre Glenrio, uma cidade fantasma no Novo México! Parece que essa região tem alguma coisa que não sabemos.

Em cada um dos locais que parávamos, uma história era contada. Assassinatos, teorias, brigas de gangue e várias outras tragédias que culminavam em aparições posteriores de espíritos ou relatos de pessoas que ouviam vozes naqueles lugares eram mostrados e explicados com imagens projetadas nas paredes de cada cenário.

Dentre as esquinas, prédios, viadutos e outros pontos de Albuquerque, talvez o que mais tenha nos chamado mais a atenção e mantido nossa atenção foi na Bernalillo Metropolitan Court. Blake Starr nos contou sobre a transcomunicação instrumental realizada celas que ficam dentro do edifício. Ele reproduziu uma das fitas após tratamento feito em computador e pudemos ouvir ruídos que pareciam pedir socorro e até mesmo de uma pessoa que parecia dizer “não se preocupe comigo”. A propósito, transcomunicação instrumental é a comunicação realizada entre mortos e vivos através de equipamentos eletrônicos. Nesse caso, foi utilizado um gravador digital, segundo Blake.

Albucreepy Downtown Ghost Walk em Albuquerque, Novo México, Estados Unidos

Albucreepy Downtown Ghost Walk em Albuquerque, Novo México, Estados Unidos. Créditos: Gisele Rocha

Foi um passeio que curtimos muito, apesar de não sermos muito aficionados pelo assunto. Além de todas as histórias e teorias referentes aos campos elétricos causados por eventos paranormais, muita informação interessante sobre Albuquerque foi dita. Isto é, o passeio foi além do proposto e saímos bem satisfeitos de lá. Recomendamos mesmo se você é medroso como nós!

Para maiores informações, acesse o site oficial do tour. Lá você poderá ler mais sobre os locais por onde o tour passa, assim como se inteirar dos preços e formas de pagamento.

Se você já participou desse passeio ou tem alguma dúvida sobre o que será visto, não deixe de nos perguntar utilizando os comentários abaixo.

Até o próximo artigo!

Se você gostou do artigo, que tal curtir nossa página no Facebook?

Para ler em seguida

Por que devo contratar seguro viagem para os Estados Unidos?

Descubra quanto custa viajar para Albuquerque

Prepare-se para sua viagem

Days Inn and Suites Airport Albuquerque

2331 Centre Avenue South East

Descrição obtida de Booking

Não há descrição disponível.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Albuquerque, nossa sugestão de hospedagem é o Days Inn and Suites Airport Albuquerque. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostel World.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Economico em Albuquerque é de aproximadamente R$160,00 por diária pela Alamo (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

O TOEFL é o mais reconhecido teste de língua inglesa no mundo e mais de 9000 instituições de ensino superior espalhadas pelo planeta o reconhecem. Uma boa nota no exame é um grande diferencial na busca por intercâmbios, vagas em universidades e até mesmo para empregos em países cuja língua oficial é o inglês. O Viajei Bonito recomenda dois cursos referentes ao TOEFL: o PreparaTOEFL, que funciona como um guia passo a passo e o Entendendo o TOEFL, guia introdutório. Conheça também os cursos de inglês da Udemy.

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Em Albuquerque, o almoço simples sai por volta de R$38,15, já o fast-food sairá por mais ou menos R$21,86. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$12,14. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$4,23, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$4,97 e o pint de cerveja R$10,33.

Descubra quanto custa viajar para Albuquerque.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Dólar dos Estados Unidos e o Real é de 1 USD para 3,1712 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando! Créditos da imagem de capa: Gisele Rocha