A visita enriquecedora ao Museu de Memórias da Guerra, Vietnã

Em nosso primeiro dia na cidade de Ho Chi Minh, no Vietnã visitamos o War Remnants Museum, ou, o Museu de Memórias da Guerra. A guerra em questão foi a tão conhecida Guerra do Vietnã, ocorrida entre 1955 e 1975.

Mais de quarenta anos se passaram e o curioso é que ainda há muito preconceito com relação ao país. É como se as pessoas ainda achassem que eles estão em guerra. Muitos amigos e familiares nos perguntaram coisas do tipo: “não é perigoso ir pra lá?” ou “tome muito cuidado pois há muitas guerras naquele lugar”. Puro preconceito. O país é muito receptivo e disposto a superar o passado. Foi essa impressão que tivemos do Museu de Memórias da Guerra.

Quadro expondo o comum interesse de paz entre Estados Unidos e Vietnã. War Remnants Museum em Ho Chi Minh, Vietnã

Quadro expondo o comum interesse de paz entre Estados Unidos e Vietnã. War Remnants Museum em Ho Chi Minh, Vietnã. Créditos: Gisele Rocha

Saímos de lá com uma cabeça muito diferente da que entramos. Pelo que pudemos observar, os vietnamitas não utilizam o espaço para nenhum tipo de consagração pela vitória na guerra, mas sim pra mostrar o quanto o país sofreu e ainda sofre em algumas regiões, e, principalmente, prezar pela paz acima de tudo. Eles deixam claro que seus esforços junto aos Estados Unidos são para superar o que aconteceu e manter boas relações. Sem dúvida, uma lição para o mundo inteiro.

Quadros desenhados por crianças exibidos no War Remnants Museum em Ho Chi Minh, Vietnã

Quadros desenhados por crianças exibidos no War Remnants Museum em Ho Chi Minh, Vietnã. Créditos: Gisele Rocha

Além das várias manifestações do interesse pela paz, o museu também exibe várias fotografias fortes, as quais preferimos não registrar em respeito às vítimas. É sempre importante olhar para o passado de forma a não cometer os mesmos erros, e nisso o Museu de Memórias da Guerra consegue passar aos visitantes de forma efetiva. Vimos várias pessoas olhando para um mesmo quadro por muito tempo, como se estivessem refletindo sobre aquele momento. Sem dúvida, uma visita enriquecedora em muitos aspectos. Nós mesmos nos encontrávamos parados, estáticos, em frente a alguns dos quadros, principalmente os que exibiam fotografias tiradas por jornalistas em meio a guerra.

Peças reais de armamentos, aeronaves e outros objetos também ficam expostos: uma forma de recriar o clima carregado e tenso da guerra. Olhar para aqueles pedaços de ferro retorcidos e máscaras de gás nos deixava a par dos horrores e do poder de destruição que o conflito tinha em si.

Informações a respeito do Museu de Memórias da Guerra

Se você estiver interessado em imergir pra valer na atmosfera do museu, ler todos os quadros com calma e observar as várias exposições, três horas provavemente serão suficientes. Nós ficamos por uma hora e percorremos todas as salas, tiramos várias fotos e ainda tivemos tempo para observar pacientemente as várias exposições.

O museu abre diariamente, incluindo feriados, de acordo com o site oficial, mas fique atento aos horários de funcionamento, que vão de 07:30 às 12:00 e de 13:30 às 17:00. Isto é, há uma pausa de 1 hora e meia para o almoço, na qual todos devem deixar o museu. Se as pessoas podem ou não voltar à tarde sem precisar pagar uma nova entrada, não sabemos, pois já havíamos concluído nossa visita quando o sinal tocou pra que todos deixassem o prédio.

O preço na época que visitamos (novembro de 2015) era de 15.000 VND, o que equivalia a, aproximadamente, R$ 2,70.

A visita vale a pena. É muito enriquecedora. Se você já esteve no museu ou se tem alguma dúvida, não deixe de postar seus comentários abaixo.

Onde se hospedar em Ho Chi Minh

Durante a nossa estadia em Ho Chi Minh, nos hospedamos no Giang Son Hotel, que está localizado no coração da cidade, próximo aos principais pontos turísticos. Ônibus urbanos também circulam perto do estabelecimento, sendo muito fácil chegar ou voltar ao aeroporto.

Nos arredores do Giang Son Hotel é onde a noite ferve em Ho Chi Minh. Os bares dispõem cadeiras nas calçadas e o ambiente é muito informal. Existem pequenos mercados e farmácias por perto, além de bons restaurantes, onde se come bem gastando pouco.

Ler mais sobre o nosso Mochilão Asiático

Se você gostou deste artigo e gostaria de ler outros sobre o nosso mochilão pela Ásia, veja abaixo por onde passamos e boa leitura.

Estados Unidos

Tailândia

Outras notícias sobre a Tailândia

Vietnã

Malásia

Singapura

A visita enriquecedora ao Museu de Memórias da Guerra, Vietnã

Prepare-se para viajar

Use o cupom CLIENTE para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus, a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo