Não vá à Itália em Agosto!

“Quem avisa amigo é”, como já dizem os antigos. Essa frase clichê cai muito bem a este artigo. Talvez a gente nem se conheça pessoalmente, caro leitor, mas fica o meu conselho pra você: não vá à Itália em Agosto! Sob hipótese nenhuma!

Você só pode tirar férias em agosto? Escolha outro destino. Mas você quer muito ir à Itália? Então adapte os seus planos. Ir à Itália em agosto não dá, está fora de cogitação.

Não tem nada a ver com problemas climáticos, é que a Sereníssima estará ainda mais serena. Quase morta, eu diria.

Eu não vivi isso durante uns dias de férias na Itália. Eu morei lá, estudando e trabalhando em Florença, a cidade mais linda e encantadora da Velha Bota. Vai por mim, não visite o país em Agosto, é furada.

Ponte Vecchio, em Florença, na Itália

Ponte Vecchio, em Florença, na Itália. Créditos: Ulrich Jakobsson / Fonte: Flickr

Ferragosto

Você já ouviu falar em Ferragosto? NÃO?! Ah, então é por isso que você estava cogitando ir para lá no oitavo mês do ano. Ainda bem que você clicou nesse artigo e vai poder salvar as suas férias de uma grande decepção.

Ferragosto é um feriado sagrado para os italianos. Não só porque é comemorada a Assunção de Maria, isso ficou em segundo plano, mas porque é período de férias. É a época em que todo mundo viaja, todo mundo mesmo. Os estabelecimentos comerciais fecham as portas e a italianada corre para o abraço.

Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?

A título de curiosidade, a palavra Ferragosto deriva de feriae Augusti, um feriado nacional decretado pelo imperador Augusto em 18 a.C. A celebração é dedicada ao Conso, uma divindade relacionada à fertilidade e à terra, homenageada durante a época da colheita e no final do trabalho agrícola. O Ferragosto surgiu então para dar folga aos trabalhadores do campo, para que eles pudessem recuperar as energias.

Nossa, mas eles não sabem ganhar dinheiro“. Não é bem assim. Eles recebem turistas o ano inteiro, por que não podem ser turistas uma vez por ano também? Que culpa eles têm de morar onde a galera quer passar férias?

Cattedrale Metropolitana di Santa Maria Assunta, ou Duomo di Siena, Itália

Cattedrale Metropolitana di Santa Maria Assunta, ou Duomo di Siena, Itália. Créditos: mariocutroneo / Fonte: Flickr

Só sobram os desavisados

Como eu disse, essas férias coletivas não acontecem só nas cidades pequenas. Seja em Roma, Milão, Veneza ou Florença, todo mundo vai embora e só sobram os desavisados. Eu fiz parte desse grupo.

Eu era estagiária em uma agência de webmarketing e a chefia liberou todo mundo durante 20 dias. Fiquei em Florença parte desse tempo e recebi uma colega. Ela estava muito a fim de conhecer o estádio da Fiorentina mas nos demos de cara com a porta. “Tudo bem, vamos à Gelateria De’ Medici, é a melhor da cidade e hoje tá muito quente”. Fechada. “Tem a Vivoli e a La Carraia, são ótimas. Fechadas também. “Ok, mais tarde a gente pode ir pra Naima pegar uma noitada”. Nem preciso falar no que deu. Mais uma vez, fechada.

Muitos museus funcionam em horários especiais e vale conferir a programação da cidade que você for visitar (se ainda insistir em ir à Itália em Agosto) para não ter nenhuma surpresa desagradável. Mas prepare-se, eles estarão lotados e as filas serão gigantescas, com direito a longas horas de espera, em pé. Não se esqueça da garrafa d’água.

Estabelecimento fechado para férias

Estabelecimento fechado para férias. Créditos: foodloversodyssey

Já comprei as passagens, e agora?

Se essa notícia chegou tarde demais pra você, não precisa se descabelar. Mesmo com tudo fechado, você ainda pode ir às praias. Sugiro Cinque Terre, Sardenha, a belíssima Costa Amalfitana (incluindo a Ilha de Capri) ou as praias do sul. Estarão todas lotadas, certamente, mas ainda assim é válido conhecê-las.

Durante o verão os termômetros chegam a ultrapassar os 40°C e a umidade torna tudo ainda mais difícil. Subir a cúpula do Duomo de Florença ou da Basílica de São Pedro pelas escadarias estreitas, tortuosas e corredores sem janelas, definitivamente não é uma boa ideia, prefira os parques e as praias.

Praia de Positano, na Costa Amalfitana, Itália.

Praia de Positano, na Costa Amalfitana, Itália. Créditos: Abdulsalam Haykal / Fonte: Flickr

Você já foi à Itália? Conte suas dicas para outros viajantes aqui nos comentários.

Créditos da imagem de capa: Giuseppe Milo / Fonte: Flickr

De malas prontas para Milão, Florença e Veneza?

Em Milão, o almoço simples sai por volta de R$51,28, já o fast-food sairá por mais ou menos R$27,35. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$4,83. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$3,70, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$7,73 e o pint de cerveja R$17,09.

Descubra quanto custa viajar para Milão, Florença e Veneza.

Em Milão, nossa sugestão de hospedagem é o Central Hostel Milano. Já em Florença, recomendamos o Florence Experience. Em Veneza, nossa recomendação é o Bed & Venice - Casa per Ferie la Pietà.

Os países europeus exigem que os viajantes tenham contratado seguro viagem, geralmente com valores mínimos estabelecidos para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Ou então aprenda aqui a contratar um seguro viagem.

Para quem está na Europa, o voo mais barato para Milão sai de Londres no dia 22/06/17 com volta em 19/07/17 e custa R$56,62 (ver também outras datas). Saindo dos Estados Unidos, o voo mais barato para Milão parte de Nova Iorque no dia 28/05/17 com volta em 14/06/17 e custa R$145,25 (ver também outras datas). Do Brasil, o voo mais barato para Milão sai de Salvador no dia 26/02/18 com volta em 28/02/18 e custa R$980,88 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Milão.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Euro e o Real é de 1 EUR para 3,4523 BRL. Você pode simular o valor que deseja converter com os preços das casas de câmbio clicando aqui.

Um grupo só de mulheres vivendo a cultura, a língua e o cotidiano inglês, já pensou? A Expedição Teraví - edição Londres – é um programa focado no aprendizado e prática da língua inglesa e recheado de atividades culturais e turísticas por Londres e pelo interior da Inglaterra, que acontecerá entre os dias 02 a 16 de setembro de 2017. Conheça.

Sobre Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.