Feiras de rua que você precisa visitar em Buenos Aires

Buenos Aires é uma cidade que oferece a seus moradores e visitantes várias atividades gratuitas e ao ar livre. O que não falta na capital da Argentina são parques e em muitos desses espaços verdes acontecem feiras de artesanato, moda, artes plástica, shows folclóricos e muita gastronomia local. Esses bazares também ocupam várias ruas da capital, movimentando os finais de semana da cidade. Listamos algumas dessas feiras que você deveria conhecer ao visitar Buenos Aires.

1 Feira de San Telmo

Feira de San Telmo, em Buenos Aires, Argentina

Feira de San Telmo, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Cássia Mota

A mais famosa de Buenos Aires, a feira de San Telmo oferece aos visitantes antiguidades, pinturas, souvenirs, roupas, porcelanas e artesanatos em geral. Justamente por ser a mais badalada, os preços também são mais altos. No local também acontecem shows e manifestações culturais. No site oficial da Feira de San Telmo é possível conhecer detalhes históricos, curiosidades e agenda de eventos, além de fotos e uma lista completa de tudo o que se encontra por lá.

Onde acontece: localizada no bairro de San Telmo, oficialmente a feira acontece na rua Defensa, mas ela se estende pela praça Dorrego e pela rua Humberto I.

Como chegar: Se você já está no bairro de San Telmo, basta usar a Plaza de Mayo como referência. A partir dela são 10 quarteirões em linha reta pela rua Defensa até chegar ao bazar e se jogar nas comprinhas. Algumas linhas de ônibus também levam à feira, como 22, 24, 28A, 28B, 29, 54, 61, 62, 74, 93, 126, 130, 143, 152 e 159.

Dias e horários: todos os domingos, das 10h às 17h.

2 Feira de Mataderos

Feira de Mataderos, uma das mais conhecidas em Buenos Aires, Argentina

Feira de Mataderos, uma das mais conhecidas em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Open Minder / Fonte: Flickr

Criada em 1986, a feira de Mataderos preserva a cultura gaúcha, sendo um espaço de artesanatos e tradições populares argentinas. Lá é possível encontrar artesãos, comida típicas, couro, mate, bijuterias, além de música folclórica, shows, corridas e domas de cavalo. O gaúcho brasileiro sente-se em casa nesse espaço do bairro de Mataderos. São mais de 700 barrancas e bancas de produtos diversificados.

Onde acontece: a feira está localizada nas avenidas Lisandro de La Torre e De los Corrales.

Como chegar: o bairro de Mataderos está localizado a cerca de 40 minutos do Centro de Buenos Aires e as linhas de ônibus 36, 55, 92, 63, 80, 92, 97, 103, 117, 126, 141, 155, 180 e 185 deixam o turista na feira.

Dias e horários: todos os domingos, das 11h às 20h. No verão acontece nas noites de sábado, a partir das 18h.

3 Feira do Caminito

Obras de artistas locais à venda na Feira do Caminito, em Buenos Aires, Argentina

Obras de artistas locais à venda na Feira do Caminito, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: fabian.kron / Fonte: Flickr

Conhecida como “Feira de Artistas Plásticos do Caminito”, o bazar reúne artistas contemporâneos que expõem e vendem suas obras, a maioria inspiradas no colorido do Caminito, o lugar mais conhecido do bairro de La Boca. No local também há uma feirinha de artesanato que apresenta aos turistas peças feitas de couro, madeiras, metais, cerâmicas, etc.

Onde acontece: o Caminito fica no famoso bairro de La Boca.

Como chegar: é só pegar uma das linhas de ônibus que passam pelo bairro: 29, 33, 64, 53, 152.

Dias e horários: todos os dias. No inverno a feira acontece das 11h às 18h e no verão, das 11h às 20h.

4 Feira de Artesanatos da Plaza Francia

Feira hippie na Plaza Francia, em Buenos Aires, Argentina

Feira hippie na Plaza Francia, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Slaff / Fonte: Flickr

Também conhecida como Feira da Recoleta, o bazar começou na década de 1970 com um grupo de hippies que resolveu vender sua arte na praça Francia. Desde então, a feira cresceu e hoje reúne mais de 100 artesões. No local é possível encontrar peças produzidas em couro, cerâmica, madeira, pinturas e uma variedade de arte plásticas.

Onde acontece: nas avenidas Pueyrredon e Del Libertador, no bairro da Recoleta. Para quem está nas imediações, a feira acontece em frente ao Cemitério da Recoleta.

Como chegar: pode-se chegar à feira pelas linhas de ônibus 17, 61, 62, 67, 92, 93, 10, 37, 38, 41, 59, 60, 95, 101, 102, 108, 118, 124, 130. A pé, tomando a praça San Martín e rua Florida como ponto de partida, são 10 blocos pela avenida Del Libertador.

Dias e horários: todos os finais de semana e feriados, das 11h às 20h.

5 Feira da Praça Serrano e Feira de Artesanato Palermo Viejo

Pessoas conversando na Feira de Artesanato Palermo Viejo, em Buenos Aires, Argentina

Pessoas conversando na Feira de Artesanato Palermo Viejo, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Estrella Herrera / Fonte: Flickr

Localizadas no pedaço conhecido como Palermo Soho, a feira da Praça Serrano é parada obrigatória para quem gosta de moda. Os fashionistas de plantão podem encontrar por lá desde barraquinhas até boutiques vendendo peças diferentes, exclusivas e super estilosas, a maioria produzidas por designers locais. Localizada na Praça Serrano, coração do bairro de Palermo, é também possível encontrar na feira artesanatos. Ali pertinho, na praça Armênia, acontece a Feira de Artesanato Palermo Viejo, oferecendo aos turistas e visitantes artesanato em geral. No entorno da praça há vários bares e restaurantes, ótimos para aproveitar o fim de tarde.

Onde acontece: a Praça Serrano está no cruzamento das ruas Jorge Luis Borges e Honduras; já a praça Armênia está na rua de mesmo nome.

Como chegar: as linhas de ônibus 34, 39, 55, 57, 140, 142, 151, 166, 168 levam às feiras, assim como a linha D do Metrô, basta desembarcar na estação Plaza Italia e caminhar 8 quadras.

Dias e horários: sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h.

6 Feira do Parque Centenário

Feira do Parque Centenário em Buenos Aires, Argentina

Feira do Parque Centenário em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Lorena Betta / Fonte: Flickr

No bazar realizado dentro do Parque Centenário é possível comprar livros, revistas e discos usados. Com paciência e bons olhos dá para garimpar coisas bacanas por preços mais bacanas ainda. Além disso, a praça em si é uma atração imperdível: por ali está o Museu Argentino de Ciências Naturais, o anfiteatro ao ar livre, Eva Perón, e ainda rolam várias atividades e shows pelo local.

Onde acontece: o Parque Centenário está no bairro de Caballito. Para chegar rapidamente à feira, basta entrar pela portaria localizada na rua Leopoldo Marechal.

Como chegar: a melhor opção é pegar a linha B do metrô e desembarcar na estação Angel Gallardo.

Dias e horários: todos os dias, das 10h às 22h.

7 Feira do Parque Rivadavia

Feira do Parque Rivadavia, especializada em livros, selos, moedas, cartões telefônicos e postais antigos. Buenos Airtes, Argentina

Feira do Parque Rivadavia, especializada em livros, selos, moedas, cartões telefônicos e postais antigos. Buenos Airtes, Argentina. Créditos: Beatrice Murch / Fonte: Flickr

No Parque Rivadavia acontece a Feria del Ombú, dedicada a compra e venda de selos, moedas, cartões telefônicos e postais antigos. Também há uma feira de livros usados ao lado do parque, na rua, uma das mais famosas da capital argentina, atraindo todo o tipo de visitando ao local.

Onde acontece: o parque Rivadavia está na localizado na rua de mesmo nome, no bairro de Cabalitto.

Como chegar: a melhor opção é pegar a linha B do Metrô e desembarcar na estação Angel Gallardo.

Dias e horários: todos os domingos, das 09h30 às 14h30.

8 Feira da Praça General Manuel Belgrano

É na praça que leva o nome do criador da bandeira da Argentina que se encontra mais uma das várias feiras de artesanatos de Buenos Aires. O diferencial desta feira está nas obras expostas. Em sua maioria são de jovens artistas dedicados às artes plásticas.

Onde acontece: a praça General Manuel Belgrado está entre as ruas Vuelta de Obligado e Juramento, no bairro de Belgrano.

Como chegar: a melhor opção é a linha D do metrô, desembarcando na estação Juramento.

Dias e horários: sábados, domingos e feriados.

9 Feira no Parque Lezama

Feira do Parque Lezama, em Buenos Aires, Argentina

Feira do Parque Lezama, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Juan Ezequiel de los Santos / Fonte: Flickr

No bairro de San Telmo há ainda uma pequena feira na Avenida Martin Garcia, nas imediações do parque Lezama. Lá é possível encontrar verduras e legumes frescos, produtos naturais, comidas de rua, e também roupas e artesanatos.

Onde acontece: no Parque Lezama, que fica na Avenida Martin Garcia, em San Telmo.

Como chegar: as linhas de ônibus 4, 9, 22, 24, 28, 29, 33, 46, 53, 64, 65, 93, 129, 130, 143, 152 e 168 passam pelo local.

Dias e horários: aos finais de semana.

Feiras de rua que você precisa visitar em Buenos Aires

Prepare-se para viajar

Use o cupom SAUDE para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom MULHER50 e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo