Feiras de rua que você precisa visitar em Buenos Aires

Buenos Aires é uma cidade que oferece a seus moradores e visitantes várias atividades gratuitas e ao ar livre. O que não falta na capital da Argentina são parques e em muitos desses espaços verdes acontecem feiras de artesanato, moda, artes plástica, shows folclóricos e muita gastronomia local. Esses bazares também ocupam várias ruas da capital, movimentando os finais de semana da cidade. Listamos algumas dessas feiras que você deveria conhecer ao visitar Buenos Aires.

Leia também sobre os melhores albergues e hotéis de Buenos Aires.

Para ler em seguida

Preciso de seguro viagem para a América do Sul?

Descubra quanto custa viajar para Buenos Aires

1 Feira de San Telmo

Feira de San Telmo, em Buenos Aires, Argentina

Feira de San Telmo, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Cássia Mota

A mais famosa de Buenos Aires, a feira de San Telmo oferece aos visitantes antiguidades, pinturas, souvenirs, roupas, porcelanas e artesanatos em geral. Justamente por ser a mais badalada, os preços também são mais altos. No local também acontecem shows e manifestações culturais. No site oficial da Feira de San Telmo é possível conhecer detalhes históricos, curiosidades e agenda de eventos, além de fotos e uma lista completa de tudo o que se encontra por lá.

Onde acontece: localizada no bairro de San Telmo, oficialmente a feira acontece na rua Defensa, mas ela se estende pela praça Dorrego e pela rua Humberto I.

Como chegar: Se você já está no bairro de San Telmo, basta usar a Plaza de Mayo como referência. A partir dela são 10 quarteirões em linha reta pela rua Defensa até chegar ao bazar e se jogar nas comprinhas. Algumas linhas de ônibus também levam à feira, como 22, 24, 28A, 28B, 29, 54, 61, 62, 74, 93, 126, 130, 143, 152 e 159.

Dias e horários: todos os domingos, das 10h às 17h.

2 Feira de Mataderos

Feira de Mataderos, uma das mais conhecidas em Buenos Aires, Argentina

Feira de Mataderos, uma das mais conhecidas em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Open Minder / Fonte: Flickr

Criada em 1986, a feira de Mataderos preserva a cultura gaúcha, sendo um espaço de artesanatos e tradições populares argentinas. Lá é possível encontrar artesãos, comida típicas, couro, mate, bijuterias, além de música folclórica, shows, corridas e domas de cavalo. O gaúcho brasileiro sente-se em casa nesse espaço do bairro de Mataderos. São mais de 700 barrancas e bancas de produtos diversificados. No site da Feira de Mataderos há várias informações, inclusive uma agenda cultural, listando shows e evento que acontecem no lugar.

Onde acontece: a feira está localizada nas avenidas Lisandro de La Torre e De los Corrales.

Como chegar: o bairro de Mataderos está localizado a cerca de 40 minutos do Centro de Buenos Aires e as linhas de ônibus 36, 55, 92, 63, 80, 92, 97, 103, 117, 126, 141, 155, 180 e 185 deixam o turista na feira.

Dias e horários: todos os domingos, das 11h às 20h. No verão acontece nas noites de sábado, a partir das 18h.

3 Feira do Caminito

Obras de artistas locais à venda na Feira do Caminito, em Buenos Aires, Argentina

Obras de artistas locais à venda na Feira do Caminito, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: fabian.kron / Fonte: Flickr

Conhecida como “Feira de Artistas Plásticos do Caminito”, o bazar reúne artistas contemporâneos que expõem e vendem suas obras, a maioria inspiradas no colorido do Caminito, o lugar mais conhecido do bairro de La Boca. No local também há uma feirinha de artesanato que apresenta aos turistas peças feitas de couro, madeiras, metais, cerâmicas, etc.

Onde acontece: o Caminito fica no famoso bairro de La Boca.

Como chegar: é só pegar uma das linhas de ônibus que passam pelo bairro: 29, 33, 64, 53, 152.

Dias e horários: todos os dias. No inverno a feira acontece das 11h às 18h e no verão, das 11h às 20h.

4 Feira de Artesanatos da Plaza Francia

Feira hippie na Plaza Francia, em Buenos Aires, Argentina

Feira hippie na Plaza Francia, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Slaff / Fonte: Flickr

Também conhecida como Feira da Recoleta, o bazar começou na década de 1970 com um grupo de hippies que resolveu vender sua arte na praça Francia. Desde então, a feira cresceu e hoje reúne mais de 100 artesões. No local é possível encontrar peças produzidas em couro, cerâmica, madeira, pinturas e uma variedade de arte plásticas. No site da feira há várias informações e histórias curiosas sobre o evento.

Onde acontece: nas avenidas Pueyrredon e Del Libertador, no bairro da Recoleta. Para quem está nas imediações, a feira acontece em frente ao Cemitério da Recoleta.

Como chegar: pode-se chegar à feira pelas linhas de ônibus 17, 61, 62, 67, 92, 93, 10, 37, 38, 41, 59, 60, 95, 101, 102, 108, 118, 124, 130. A pé, tomando a praça San Martín e rua Florida como ponto de partida, são 10 blocos pela avenida Del Libertador.

Dias e horários: todos os finais de semana e feriados, das 11h às 20h.

Siga nossa página no Facebook

5 Feira da Praça Serrano e Feira de Artesanato Palermo Viejo

Pessoas conversando na Feira de Artesanato Palermo Viejo, em Buenos Aires, Argentina

Pessoas conversando na Feira de Artesanato Palermo Viejo, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Estrella Herrera / Fonte: Flickr

Localizadas no pedaço conhecido como Palermo Soho, a feira da Praça Serrano é parada obrigatória para quem gosta de moda. Os fashionistas de plantão podem encontrar por lá desde barraquinhas até boutiques vendendo peças diferentes, exclusivas e super estilosas, a maioria produzidas por designers locais. Localizada na Praça Serrano, coração do bairro de Palermo, é também possível encontrar na feira artesanatos. Ali pertinho, na praça Armênia, acontece a Feira de Artesanato Palermo Viejo, oferecendo aos turistas e visitantes artesanato em geral. No entorno da praça há vários bares e restaurantes, ótimos para aproveitar o fim de tarde.

Onde acontece: a Praça Serrano está no cruzamento das ruas Jorge Luis Borges e Honduras; já a praça Armênia está na rua de mesmo nome.

Como chegar: as linhas de ônibus 34, 39, 55, 57, 140, 142, 151, 166, 168 levam às feiras, assim como a linha D do Metrô, basta desembarcar na estação Plaza Italia e caminhar 8 quadras.

Dias e horários: sábados, domingos e feriados, das 10h às 20h.

6 Feira do Parque Centenário

Feira do Parque Centenário em Buenos Aires, Argentina

Feira do Parque Centenário em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Lorena Betta / Fonte: Flickr

No bazar realizado dentro do Parque Centenário é possível comprar livros, revistas e discos usados. Com paciência e bons olhos dá para garimpar coisas bacanas por preços mais bacanas ainda. Além disso, a praça em si é uma atração imperdível: por ali está o Museu Argentino de Ciências Naturais, o anfiteatro ao ar livre, Eva Perón, e ainda rolam várias atividades e shows pelo local.

Onde acontece: o Parque Centenário está no bairro de Caballito. Para chegar rapidamente à feira, basta entrar pela portaria localizada na rua Leopoldo Marechal.

Como chegar: a melhor opção é pegar a linha B do metrô e desembarcar na estação Angel Gallardo.

Dias e horários: todos os dias, das 10h às 22h.

7 Feira do Parque Rivadavia

Feira do Parque Rivadavia, especializada em livros, selos, moedas, cartões telefônicos e postais antigos. Buenos Airtes, Argentina

Feira do Parque Rivadavia, especializada em livros, selos, moedas, cartões telefônicos e postais antigos. Buenos Airtes, Argentina. Créditos: Beatrice Murch / Fonte: Flickr

No Parque Rivadavia acontece a Feria del Ombú, dedicada a compra e venda de selos, moedas, cartões telefônicos e postais antigos. Também há uma feira de livros usados ao lado do parque, na rua, uma das mais famosas da capital argentina, atraindo todo o tipo de visitando ao local.

Onde acontece: o parque Rivadavia está na localizado na rua de mesmo nome, no bairro de Cabalitto.

Como chegar: a melhor opção é pegar a linha B do Metrô e desembarcar na estação Angel Gallardo.

Dias e horários: todos os domingos, das 09h30 às 14h30.

8 Feira da Praça General Manuel Belgrano

É na praça que leva o nome do criador da bandeira da Argentina que se encontra mais uma das várias feiras de artesanatos de Buenos Aires. O diferencial desta feira está nas obras expostas. Em sua maioria são de jovens artistas dedicados às artes plásticas.

Onde acontece: a praça General Manuel Belgrado está entre as ruas Vuelta de Obligado e Juramento, no bairro de Belgrano.

Como chegar: a melhor opção é a linha D do metrô, desembarcando na estação Juramento.

Dias e horários: sábados, domingos e feriados.

9 Feira no Parque Lezama

Feira do Parque Lezama, em Buenos Aires, Argentina

Feira do Parque Lezama, em Buenos Aires, Argentina. Créditos: Juan Ezequiel de los Santos / Fonte: Flickr

No bairro de San Telmo há ainda uma pequena feira na Avenida Martin Garcia, nas imediações do parque Lezama. Lá é possível encontrar verduras e legumes frescos, produtos naturais, comidas de rua, e também roupas e artesanatos.

Onde acontece: no Parque Lezama, que fica na Avenida Martin Garcia, em San Telmo.

Como chegar: as linhas de ônibus 4, 9, 22, 24, 28, 29, 33, 46, 53, 64, 65, 93, 129, 130, 143, 152 e 168 passam pelo local.

Dias e horários: aos finais de semana.

Prepare-se para sua viagem

Milhouse Hostel Hipo

Hipolito Yrigoyen 959

Descrição obtida de Booking

O Milhouse é um hostel elegante localizado no centro de Buenos Aires, a 5 minutos a pé do Obelisco. Disponibiliza happy-hours com DJ ao vivo, aulas de tango e descontos para jogos de futebol e discotecas.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Buenos Aires, nossa sugestão de hospedagem é o Milhouse Hostel Hipo. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostel World.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Compacto em Buenos Aires é de aproximadamente R$160,00 por diária pela Localiza (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

De malas prontas para Ushuaia e em busca de desconto em passeios, tours e transfers? Conte à All Patagonia que você a conheceu pelo Viajei Bonito e garanta um preço melhor na contratação. Leia mais aqui!

Veja o motivo pelo qual recomendamos o seguro viagem para quem viaja pela América do Sul. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Em Buenos Aires, o almoço simples sai por volta de R$32,72, já o fast-food sairá por mais ou menos R$24,54. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$8,91. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$3,80, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$4,93 e o pint de cerveja R$7,27.

Descubra quanto custa viajar para Buenos Aires.

Do Brasil, o voo mais barato para Buenos Aires sai de São Paulo no dia 25/11/17 com volta em 26/11/17 e custa R$633,79 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Buenos Aires.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Peso argentino e o Real é de 1 ARS para 0,1831 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo. Créditos da imagem de capa: fabian.kron / Fonte: Flickr