De que adianta economizar ao máximo no dia a dia para guardar dinheiro para viagens, vigiar irresistíveis promoções de passagens aéreas, reservar um quarto de hostel a preço baixíssimo e procurar por atrações gratuitas se você começa a torrar a grana já no aeroporto, antes mesmo de chegar ao destino final?

Seja por falta de planejamento ou por pressa, as pessoas acabam fazendo gastos exorbitantes, totalmente desnecessários. Para acabar com isso de uma vez por toda, o Viajei Bonito fez uma lista de despesas que devem ser evitadas a todo custo em qualquer aeroporto do mundo.

1 Lanche

Deixar para matar a fome no aeroporto não é, definitivamente, uma ideia razoável. Nós já caímos nessa quando deixamos de pedir uma refeição de US$2,50 em um voo da Air Asia pensando que seria mais econômico comprar algo no supermercado. Teria sido, de fato, mas acabamos saindo em cima da hora e não deu tempo de comer nada, então acabamos pagando US$18 em um lanchinho composto por um sanduíche para cada e um cafezinho. Isso mesmo, nós pagamos o equivalente a 73 reais em dois simples sanduíches e um mísero copinho de café! Só de lembrar dá vontade de chorar.

Como evitar: É muito simples, mas não deixe nada para a última hora. Uma opção é comprar algo no mercado e deixar na mochila de mão. Outra alternativa é guardar alguma coisa que tenha sobrado do café-da-manhã do hotel, se estiver de acordo com as regras da casa. Você também pode optar pela refeição dentro do avião, caso o preço seja convidativo. Se o voo for longo, as refeições já estarão inclusas no preço das passagens, então você poderá guardar algum biscoito ou bolinho para comer no aeroporto, em caso de conexões demoradas.

Comprar comida em aeroportos está fora de cogitação para quem quer economizar.

Comprar comida em aeroportos está fora de cogitação para quem quer economizar. Créditos: Dane County Regional Airport / Fonte: Flickr

2 Água

Para que comprar uma garrafa d’água no aeroporto se você terá de jogá-la fora antes de embarcar? Lembre-se sempre de que não é permitido passar pelo controle de bagagens portando recipientes contendo mais de 100ml de líquidos, então, a garrafinha poderá até passar, desde que ela esteja vazia. Seu dinheiro vai embora pelo ralo, literalmente.

Como evitar: O melhor a se fazer é comprar uma garrafinha no mercado ou tomar água nos bebedouros do aeroporto mesmo.

Gastos com água são dispensáveis, uma vez que as garrafas cheias precisarão ser descartadas antes do embarque.

Gastos com água são dispensáveis, uma vez que as garrafas cheias precisarão ser descartadas antes do embarque. Créditos: Mr.TinDC / Fonte: Flickr

3 Souvenirs

Deixar para comprar lembrancinhas para seus entes queridos no aeroporto não é uma decisão muito sensata se o objetivo for economizar. Além da falta de opção, você vai se deparar com preços totalmente fora da realidade.

Como evitar: Compre os souvenirs em feirinhas ou entidades filantrópicas que produzem produtos artesanais, assim, além de comprar produtos legitimamente locais, você ainda ajuda outras pessoas. Se a ideia for presentear com quitutes locais, vá ao supermercado, pois é extremamente vantajoso. Depois é só embrulhar em uma embalagem bonitinha.

Os mesmos souvenirs vendidos a preços impraticáveis nos aeroportos são vendidos a preço de banana nas feirinhas.

Os mesmos souvenirs vendidos a preços impraticáveis nos aeroportos são vendidos a preço de banana nas feirinhas. Créditos: 4nitsirk / Fonte: Flickr

Continua após a publicidade

4 Free shop

Foi-se o tempo em que comprar no Free Shop compensava. Com o dólar nas alturas, é recomendável fazer a conversão dos preços a fim de conter as compras por impulso.

Como evitar: Se quiser comprar comidas ou bebidas típicas, faça-o nos supermercados locais. Para eletrônicos, faça pesquisas em sites do país que estiver visitando, é provável que comprar o produto na loja saia mais barato. Para perfumes e demais produtos de beleza, procure por vendedores bem qualificados no eBay, pois até pagando as taxas de importação os produtos tendem a sair mais baratos que no free shop.

Importante: Faça sempre uma lista dos produtos que deseja comprar, anotando também os preços praticados em lojas físicas no Brasil e em lojas virtuais, assim fica fácil de saber se comprar no Duty Free será mesmo um bom negócio.

Compras por impulso devem ser evitadas no Duty Free em tempos de moeda desvalorizada.

Compras por impulso devem ser evitadas no Duty Free em tempos de moeda desvalorizada. Créditos: San Diego International Airport / Fonte: Flickr

5 Taxi

Ainda que você faça questão de viajar com comodidade, usar taxi para fazer o caminho do aeroporto até o hotel é a opção mais dispendiosa, principalmente nas cidades onde o terminal é muito longe do centro.

Como evitar: Usando o transporte público, sempre. Se você é do tipo que viaja com muitas bagagens, está aí um bom motivo para mudar de postura. Caso essa não seja uma opção viável, verifique os preços das empresas de transfer. Algumas valem a pena, mas o transporte público sempre será o meio de deslocamento mais barato.

Para que usar taxi se você pode economizar optando pelo transporte público?

Para que usar taxi se você pode economizar optando pelo transporte público? Créditos: GoToVan / Fonte: Flickr

6 Internet

Gastar com internet em aeroportos é besteira, já que os provedores oferecem um período gratuito que na maioria dos casos é tempo suficiente para checar e-mails, redes sociais e até mesmo fazer uma ligação via Skype ou Whatsapp.

Como evitar: Se precisar de mais tempo conectado, o melhor a fazer é procurar um café, restaurante ou lanchonete que ofereça wi-fi gratuitamente para os clientes. Para não cair em contradição com o item 1 deste artigo, compre apenas algum docinho ou algo bem barato e peça a senha da internet. Em alguns casos, a rede é aberta e você nem precisará de gastar nada.

Gastos com internet são desnecessários quando lanchonetes oferecem acesso gratuito.

Gastos com internet são desnecessários quando lanchonetes oferecem acesso gratuito. Créditos: Adriano Castro

Seja honesto: quantas vezes você já fez gastos desnecessários em aeroportos? Conhece outra maneira de reduzir despesas nesses ambientes? Compartilhe com a gente!

Prepare-se para sua viagem

Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito.

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Marc oh! / Fonte: Flickr

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Ver mais artigos de Viajei Bonito

Créditos da imagem de capa: Marc oh! / Fonte: Flickr

Um comentário em “Gastos completamente desnecessários que você faz em aeroportos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *