O mundo está cheio de lugares interessantes e ainda que vivêssemos 120 anos, seria praticamente impossível visitar todos os cantos que despertam a nossa curiosidade. Você pode até montar uma lista com os seus favoritos, seja pelas belezas naturais, importância histórica, arquitetura, gastronomia ou até mesmo por ser um ponto isolado, longe dos tumultos da civilização. Entretanto, há lugares nos quais você não poderá colocar os seus pés nem se tiver muita vontade e todo o dinheiro do mundo.

Veja esta lista que o Viajei Bonito preparou com 12 lugares proibidos para visitantes.

Para ler em seguida

1 Área 51

A Área 51 é uma base militar situada em Nevada, nos Estados Unidos, utilizada para testes de naves e armas (ao menos é isso que se sabe). O lugar é tão secreto que o governo estadunidense só admitiu a existência dele em 1994.

Devido a tantos segredos, muitos juram de pés juntos que o lugar é utilizado para estudos e contatos com extraterrestres. Já foram publicados inúmeros livros e documentários a respeito da Área 51, todos com teorias mirabolantes, mas até hoje nada foi confirmado — tampouco negado — pelos órgãos oficiais.

O que acontece ali de verdade poucos saberão, uma vez que os militares estão autorizados a usar da força bruta e até a matar possíveis invasores.

2 Sala 39

Também chamado Bureau 39, a Sala 39 é a sede da organização mais secreta de toda a Coréia do Norte desde os anos 1970. Muito pouco se sabe sobre ela, apenas que é responsável pela administração de mais de 120 empresas de comércio exterior controladas pessoalmente por Kim Jon-il, presidente do país. Suspeita-se de que ali funcione um centro de operações ilegais, entre lavagem de dinheiro, produção de drogas, falsificação de documentos, vendas de armas entre outras atividades escusas importantes para a economia norte-coreana.

É tamanho segredo que as pessoas não sabem sequer onde a Sala 39 está localizada. O mais provável é que ela esteja em um prédio do Partido dos Trabalhadores na capital da Coreia do Norte, Pyongyang.

Imagina-se que a Sala 39 esteja no prédio do Partido dos Trabalhadores, em Pyongyang, capital da Coreia do Norte.

Imagina-se que a Sala 39 esteja no prédio do Partido dos Trabalhadores, em Pyongyang, capital da Coreia do Norte. Créditos: Getty Images

3 Cofres secretos da Igreja Mórmon

Os cofres secretos da Igreja Mórmon foram projetados para impedir qualquer pessoa não-autorizada de chegar perto deles. Trata-se de um projeto de segurança máxima criado para guardar registros históricos e documentos ultra importantes.

A estrutura foi construída em uma montanha coberta por gelo e é inabalável a terremotos, enchentes, incêndios e até ataques nucleares. Para não reduzir o risco de contaminação, o ar é filtrado e trocado a cada seis horas.

Pouquíssimas pessoas sabem onde esses cofres ficam e porque há tanto segredo em volta dele. De qualquer forma, a Igreja Mórmon preparou o local contra uma possível invasão. Qualquer tentativa pode acabar mal, pois o lugar é equipado com sensores térmicos, infravermelhos, além de detecção de movimento e pressão.

4 Arquivos Secretos do Vaticano

Os arquivos secretos do Vaticano já não são mais tão misteriosos desde que o Papa Leão XIII resolveu abri-los a estudiosos, em 1881. Qualquer pessoa pode pedir para consultar um documento, desde que este tenha mais de 75 anos. No entanto, ninguém pode visitar a sala dos arquivos, que guardam papéis de suma importância histórica. Por causa dessa medida, muita gente acha que existem documentos que não foram registrados para não comprometerem a Igreja e por isso permanecem inacessíveis a pessoas comuns, como eu e você.

Já é possível consultar os documentos do Vaticano, mas a sala de arquivos permanece inacessível.

Já é possível consultar os documentos do Vaticano, mas a sala de arquivos permanece inacessível. Créditos: datamanager.it

5 Capela de Aksum

Ao que tudo indica, a Arca da Aliança está guardada nesse santuário localizado na cidade de Aksum, na Etiópia. Nada foi comprovado até hoje, mas as suspeitas são fortes, já que o lugar é superprotegido e a única pessoa que pode entrar ali é um velho monge, guardião da Arca. Ah! Nem sair do terreno da capela ele pode, para garantir que o segredo que envolve o templo não irá se espalhar.

A Arca da Aliança é descrita na Bíblia como o local onde eram guardadas as tábuas dos Dez Mandamentos e outros objetos sagrados. A curiosidade sobre ela aumentou depois do filme “Indiana Jones e os caçadores da arca perdida” dirigido por Steven Spielberg em 1981.

O paradeiro da Arca da Aliança permanece desconhecido, mas especula-se que esteja nessa capela na Etiópia.

O paradeiro da Arca da Aliança permanece desconhecido, mas especula-se que esteja nessa capela na Etiópia. Créditos: Alan / Fonte: Flickr

Continua após a publicidade

6 Mezhgorye

Mezhgorye é uma cidade russa fechada a sete chaves, onde possivelmente moram trabalhadores de uma base militar localizada no monte Yamantaw, dentro do território dessa cidade. Nem preciso dizer que a entrada de cidadãos comuns é veementemente proibida. Somente pessoas com autorização do governo podem entrar ali e ninguém sabe ao certo o porquê, mas em se tratando de Rússia, já podemos imaginar que coisa boba não é.

Bombardeadas de perguntas pelos Estados Unidos, as autoridades russas deram várias respostas desencontradas sobre o assunto, afirmando que o lugar é usado para mineração, armazenamento de tesouros russos, área de estoque de alimentos e até mesmo bunker para fuga dos líderes em caso de guerra. Só que ninguém levou nada disso a sério e especula-se que a área seja utilizada para testes de armas nucleares. Dá até pra ver algumas escavações através do Google Earth.

7 Santuário de Ise

Também conhecido como “Jingu”, o Santuário de Ise é o templo xintoísta dedicado à deusa do sol, Amaterasu. É visto como o mais sagrado do Japão, tão restrito que apenas a sumo-sacerdotisa que vigia o templo e membros da Família Imperial Japonesa podem entrar nele.

A cada 20 anos o santuário é destruído e reconstruído, simbolizando a morte e o renascimento. A última vez que isso aconteceu foi em 2013.

O Santuário de Ise é destruído e reconstruído a cada 20 anos.

O Santuário de Ise é destruído e reconstruído a cada 20 anos. Créditos: Fg2 / Fonte: Wikimedia Commons

8 Kaaba

A Kaaba (ou Caaba) é uma construção em forma de cubo de mais de 15 metros de altura que fica no meio da mesquita sagrada na cidade de Meca, na Arábia Saudita. Para os muçulmanos, esse é o lugar mais sagrado que existe na face da Terra, pois guarda a Hajar el Aswad, isto é, a Pedra Negra, uma das relíquias mais preciosas do islã que, segundo a tradição, era branca e escureceu devido aos pecados do povo. A estrutura fica sempre coberta por um manto escuro com bordados dourados, periodicamente substituído conforme o desgaste.

Três milhões de peregrinos se reúnem em volta da Kaaba, mas pouquíssimas pessoas sabem de fato como ela é por dentro.

Milhões de pessoas oram em volta da Kaaba, mas poucos a conhecem por dentro.

Milhões de pessoas oram em volta da Kaaba, mas poucos a conhecem por dentro. Créditos: Fg2 / Fonte: Wikimedia Commons

9 Surtsey

Surtsey é uma ilha vulcânica localizada ao largo da costa sul da Islândia, formada por erupções constantes entre 1963 e 1967. Por se tratar de uma reserva natural, visitas não são permitidas, com exceção de um seleto grupo de pesquisadores. Essa medida foi tomada para que a natureza fizesse seu trabalho de sucessão ecológica sem interferência externa. No entanto, em 1969 foi encontrada uma planta misteriosa que depois descobriram tratar-se de tomate, o que indica que algum desses cientistas resolveu suas necessidades fisiológicas ali mesmo, ao ar livre.

Esta é a ilha mais nova do oceano Atlântico e a evolução natural ocorreu de forma bem rápida, se levarmos em conta que ela não tem nem 50 anos de existência. Já que é um lugar proibido e você não pode visitá-lo, poderá conhecê-lo através de um artigo bem bacana publicado na Revista Planeta.

O acesso à Surtsey é restrito para que a sucessão ecológica ocorra sem intervenção humana.

O acesso à Surtsey é restrito para que a sucessão ecológica ocorra sem intervenção humana. Créditos: surtseyview

10 Grutas de Lascaux

O complexo de grutas de Lascaux, localizado no sul da França, foi descoberto na década de 1940. No interior das cavernas, constam mais de 600 mil pinturas rupestres, até então muito bem conservadas. Contudo, devido à alta circulação de pessoas desde que ela foi aberta ao público, em 1948, alguns desenhos foram danificados, tanto pela falta de cuidado dos visitantes, quanto por fungos vindos do CO2 exalado por eles. A fim de preservar esse tesouro, o governo francês teve que restringir o acesso a pesquisadores apenas.

Visitas às grutas de Lascaux são restritas a pesquisadores para evitar danos às pinturas milenares.

Visitas às grutas de Lascaux são restritas a pesquisadores para evitar danos às pinturas milenares. Créditos: Adibu456 / Fonte: Flickr

11 Cofre do fim do mundo

Este é o mais novo entre todos os lugares proibidos citados. O cofre do fim do mundo foi criado em 2008 e instalado em uma montanha cercada por neve na Noruega. O objetivo é armazenar o maior número de sementes possível e utilizá-lo em casos de extrema necessidade, como em casos de guerras nucleares, mudanças climáticas e queda de asteroides. Podemos dizer que esse cofre é uma espécie de “Arca de Noé botânica” ou “backup vegetal“, resistente a terremotos e ataques nucleares, equipado com um gerador que produz energia para uns 200 anos.

Atualmente o abrigo é protegido pelo exército Americano, então nem ouse chegar perto.

12 Queimada Grande

No Brasil também existe um lugar proibido sobre o qual poucos já ouviram falar. Trata-se da Ilha da Queimada Grande, ou Ilha das Cobras, a 150 quilômetros de São Paulo.

Você não pode pisar ali porque o lugar é muito perigoso. Estima-se que a ilha tenha uma população de cinco serpentes por metro quadrado, então apenas analistas ambientais e pesquisadores podem entrar mediante autorização prévia da Marinha. Ali não existem mamíferos, mas milhares de jararacas-ilhoas, que estão entre as cobras mais peçonhentas do mundo e podem até derreter a carne humana. É o que dizem.

Se não bastasse a presença dessas anfitriãs nada agradáveis, a ilha também está cheia de aranhas de várias espécies. Sem contar que em Queimada Grande não há água potável e nem praias boas para banhos. Ou seja, não é nada convidativa.

O acesso à Ilha de Queimada Grande é proibido devido à grande quantidade de cobras peçonhentas.

O acesso à Ilha de Queimada Grande é proibido devido à grande quantidade de cobras peçonhentas. Créditos: João Marcos Rosa / Fonte: National Geographic Brasil

Se você tivesse a chance, em quais desses iria?

Prepare-se para sua viagem

Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito.

Os países europeus exigem que os viajantes tenham contratado seguro viagem, geralmente com valores mínimos estabelecidos para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Leia também o que escrevemos sobre seguro viagem para a Europa. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 24/10/19 você pode usar o cupom SEGURA para garantir 15% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado! Como alternativa, nós sugerimos que você também faça uma cotação na Real Seguro Viagem.

Viajar pela Europa de trem é uma experiência que serve bem a qualquer tipo de viajante, é fácil e em muitos casos mais barato até mesmo que os voos low cost. Você pode pesquisar preços para uma infinidade de destinos na Omio. Aprenda aqui a comprar passagens de trem na Europa pela internet.

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Kayak. Aprenda a criar um alerta de passagens aéreas em promoção.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

A ClickBus é uma plataforma para compra de passagens de ônibus no Brasil indicada pela ampla quantidade de itinerários. Utilize o cupom ABUS5 para garantir 5% em sua compra.

Receba um desconto em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Gisele Rocha

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.

Ver mais artigos de Gisele Rocha

Créditos da imagem de capa: presse-mormons. Imagem utilizada nas redes sociais: João Marcos Rosa / Fonte: National Geographic Brasil.

13 comentários em “Lugares que você não pode visitar nem se quiser”

  1. Nossa, achei esse cofre na Noruega muito interessante – nunca tinha pensado que alguma nação tivesse tido a idéia de conservar sementes para alguma guerra ou coisa do tipo… Um lugar que eu gostaria de visitar seria essa sala secreta na Coréia do Norte… o que será que deve rolar por lá, né?

      1. Q área pra turista o escambau, lá o negócio é tão rigoroso q os próprios cientistas q trabalham lá tem q passar por todo um ritual de identificação por retina, DNA e o caramba a 4 todo santo dia pra provarem q não são impostores, se vc der um passo além da cerca deles, vc pode até escapar de ser morto se vc se entregar na hora, mas a sua vida tá acabada e estragada pra sempre, vc vai passar o resto da vida na cadeia numa solitária sem comunicação, isso se não “sumirem” com vc… E nem precisa passar a cerca, se vc chegar muito perto da cerca e ficar olhando, já vai em cana, vc não consegue espiar nem 5 minutos q já vem uma viatura te catar… Lá é foda véy…

          1. Pior q é kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, mas olha, eu sou capaz de apostar q aquilo ali é só uma “isca” ou um chamariz pra dirigir a curiosidade do público pra lá, enquanto isso eles fazem as coisas em outros lugares mais secretos ainda e muito bem disfarçados q o público nem desconfia e fica só babando pela Área 51!!! 😛

          2. E ae, Sergio!!! Cara, visitamos a tal entrada da Area 51 ante-ontem!! Gravamos alguns vídeos na Extraterrestrial Highway que vão ao ar no Episódio 22, próximo domingo às 18h30 (horário de Brasília) em nosso canal do YouTube ( youtube.com/viajeibonito ). Conto com você lá para “desvendar esse mistério”, hehehehe. Grande abraço!

    1. Oi, Alessandro! Que bom que gostou.
      Hoje em dia já é possível visitar Chernobyl, muitas empresas fazem o passeio e auxiliam o turista a conseguir a permissão. Existem até hotéis por lá, embora muita gente ainda fique receosa por conta da radiação.

  2. Artigo bem interessante, porém não condiz o tópico 3 sobre a Igreja Mórmon – De fato é um lugar protegido que não tem acesso ao público, mas qualquer pessoa pode saber o que há lá.

    http://www.saladeimprensamormon.org.br/artigo/cofre-de-registros-das-montanhas-de-granito

    “A maior coleção de registros genealógicos do mundo está armazenada em um cofre de registros nas montanhas perto de Salt Lake City, Utah. A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias construiu o Cofre de Registros das Montanhas de Granito em 1965 para preservar e proteger registros importantes da Igreja, inclusive sua vasta coleção de microfilmes de história da família.

    Por razões de segurança, não é permitido o acesso público ao Cofre de Registros das Montanhas de Granito, mas clique aqui para assistir a uma apresentação em vídeo sobre o cofre.

    O cofre guarda mais de 3.5 bilhões de imagens em microfilmes, microfichas e mídia digital. Atualmente, a Igreja está em processo de digitalização de microfilmes e disponibilizando esses registros digitais no site FamilySearch.org. Para saber mais sobre esse processo, veja este vídeo.

    As imagens no Cofre de Registros das Montanhas de Granito são coletadas por meio de acordo com arquivos, bibliotecas e igrejas de mais de 100 países. Cópias desses registros são dadas sem custo ao guardião dos registros e, quando necessário, cópias adicionais são fornecidas para repor registros que se perderam em desastres naturais ou devido ao fogo. Clique aqui para assistir a história de como a Igreja foi capaz de repor os valiosos registros genealógicos em Niue, uma nação da Oceania, após um ciclone devastador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *