O Pantanal é uma região que chama muita atenção por suas belezas naturais e, principalmente, pelas espécies selvagens preservadas em seu habitat natural. Dentre essas espécies se destacam os grandes jacarés que podem ser observados em lagoas, brejos e até mesmo em pequenos poços criados dentro das fazendas.

A criatura é de uma beleza indescritível e são encontrados aos montes. Você ficaria espantado ao ver a quantidade deles que se aglomera nas bordas dessas águas paradas. Nós tivemos o privilégio de vê-los bem de perto em maio de 2015, quando fizemos uma viagem por Bonito e pelo Pantanal. Pudemos aprender um pouco sobre esses animais e essa experiência foi tão rica que precisava ser contada aqui.

O primeiro contato com os jacarés

Nosso primeiro contato com os jacarés do Pantanal foi na Fazenda São Francisco, em Miranda. Na ocasião fizemos um tour pelo Corixo São Domingos e relatamos tudo no artigo “Uma experiência inesquecível no Pantanal Sul”. Vale a pena ler para se ter uma ideia das riquezas presentes nessa região.

Por mais que tudo tenha sido fantástico nesse dia, estávamos em uma chalana apenas observando os animais que nadavam ao nosso redor. Esse contato foi aprofundado dois dias depois, em Aquidauana, cidade próxima à Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Um verdadeiro safári pelo Pantanal

Chegamos à Pousada Aguapé pela manhã para um pacote que contemplava atividades pelo dia todo. Terminado o almoço, subimos em uma caminhonete adaptada com bancos na caçamba e saímos estradas adentro.

Diferente do passeio que fizemos na Fazenda São Francisco com um grupo enorme de turistas, nesse safári havia apenas nós dois e um casal de ingleses. O guia, o motorista e um funcionário da fazenda somavam mais três pessoas em nosso grupo. E com a quantidade reduzida de humanos na atração, era possível parar a caminhonete e permitir que descêssemos ao avistar os animais.

Não descreveremos aqui tudo que vimos nesse dia, pois isso é assunto para um artigo muito maior.

Alguns minutos depois de deixar a pousada, paramos na beira de um rio com águas muito paradas. O motorista desligou o veículo e o funcionário da fazenda desceu, dando pequenos socos na lataria do carro, como se chamasse alguém. Eis que surge o primeiro jacaré nos arbustos próximos de onde paramos. O bichinho ficou ali imóvel, a pouco mais de um metro de nós.

A melhor parte estava guardada para o pôr do sol.

Continua após a publicidade

Depois de rodar vários quilômetros e presenciar de perto os animais selvagens, a caminhonete saiu do curso e andou alguns metros pelo mato raso até um grande rio que refletia os últimos raios solares do dia. Nesse momento já víamos as linhas sendo formadas nas águas paradas, feitas pelos jacarés que vinham nadando em direção a nós. Pode parecer assustador, mas não é, eles não estavam vindo para nos devorar.

Segundo o guia, o pessoal da fazenda os alimenta e aos poucos eles se acostumam a aglomerar quando a caminhonete chega. O guia nos explicou que podíamos descer se quiséssemos, e que os jacarés são inofensivos a não ser que se sintam ameaçados.

Um dos ingleses que estava conosco parece não entendido muito bem isso e acabou chegando perto demais de um dos jacarés que estava parado. O guia chamou sua atenção e disse que se o bicho estivesse se sentindo ameaçado ele atacaria, por isso pediu que voltasse.

Inglês se aproximando de jacaré no safari pelos arredores da Pousada Aguapé, em Aquidauana, Mato Grosso do Sul, Pantanal

Inglês se aproximando de jacaré no safari pelos arredores da Pousada Aguapé, em Aquidauana, Mato Grosso do Sul, Pantanal. Créditos: Adriano Castro

Voltamos para casa satisfeitos pela riqueza desse passeio que encerrou nossa viagem pelo Pantanal com chave de ouro. Recomendamos muito que você opte por passeios alternativos como esse que fizemos no lugar de procurar os mais badalados.

Você pode entrar em contato direto com a Pousada Aguapé para agendar os passeios.

E se você também já teve experiências parecidas, que tal compartilhar conosco nos comentários abaixo?

Boa viagem e até o próximo artigo!

Leia mais sobre nossa viagem por Bonito e pelo Pantanal

Prepare-se para sua viagem

Vai alugar um carro? Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

Receba um desconto de R$10 em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

testamos o chip internacional da Easysim4u e aprovamos tanto o serviço quanto a qualidade da internet no exterior. Clique aqui para ver todas as opções de coberturas disponíveis nos EUA e em mais de 210 países! Ainda, utilize o cupom VIAJEIBONITO10 para garantir 10% de desconto em seu pedido! O Viajei Bonito indica também como alternativa o chip da Yes Brasil.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

Mesmo sem a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem ao viajar pelo Brasil, é altamente recomendável para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 26/05/19 você pode usar o cupom PROMO para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Ver mais artigos de Viajei Bonito

Créditos da imagem de capa: Adriano Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *