A gigante geleira chamada Perito Moreno já estava em nossos planos de viagem assim que decidimos viajar para Ushuaia e suas cidades próximas. É uma daquelas atrações que supera até mesmo a maior das expectativas, por mais que sempre tomemos muito cuidado com elas. Ver de perto uma geleira é a certeza de ter observado um elemento natural raro no planeta, e valeu a pena ter dedicado um dia inteiro de nossa viagem por El Calafate para visita-la.

O tour que fizemos foi em parceria com a All Patagonia. Maiores informações a respeito da contratação podem ser encontradas no final deste artigo, que é uma revisão muito sincera de nossa experiência com eles.

Se estiver interessado também no que fazer na região próxima ao parque, você pode ler mais sobre El Calafate aqui.

O tour

O dia amanhecia quando nos buscaram no Boutique Hotel La Cantera (87). Como El Calafate é uma cidade bem pequena, os demais turistas que participaram do tour foram rapidamente coletados sem muitas voltas e poucos minutos depois já estávamos a caminho da geleira.

O percurso é longo, e nos momentos em que a guia ficava em silêncio era inevitável fechar os olhos para cochilar, mesmo com todas as paisagens belíssimas que passavam na janela, em especial o Lago Argentino com seus paredões de montanhas nevadas ao fundo. Felizmente a van parava em alguns pontos estratégicos para que pudéssemos acordar e tirar boas fotografias.

Nossa guia era muito atenciosa e em vários momentos nos perguntava se estava falando rápido demais para que pudéssemos entender suas explicações. E ela falou de tudo um pouco: geografia, história e muitas informações interessantes sobre o parque Los Glaciares. Uma delas se refere ao nome da geleira Perito Moreno, que não deve ser confundido com o Parque Nacional Perito Moreno, uma vez que são lugares completamente diferentes.

Diferença entre a geleira Perito Moreno (Los Glaciares) e o Parque Nacional Perito Moreno

Diferença entre a geleira Perito Moreno (Los Glaciares) e o Parque Nacional Perito Moreno. Créditos: Google Maps

Depois de muita estrada, adentramos no parque, onde pagamos 500 pesos argentinos (R$49,20) por pessoa – tarifa que não está incluída no pacote do tour. O deserto plano que há pouco tempo estávamos observando pela janela foi rapidamente substituído por uma sinuosa estrada congelada em meio a sobes e desces entre as árvores.

Alguns minutos depois avistávamos a grande geleira de longe, nos primeiros mirantes que a van parou para tirarmos fotos.

Vale a pena fazer a navegação?

Terminada a parada do último mirante antes que chegássemos à Perito Moreno, a guia perguntou aos participantes quem faria a navegação pelo lago para ver de perto a geleira. Decidimos que apenas a Gisele participaria dessa parte do passeio. O preço por pessoa também era de 500 pesos argentinos (R$49,20) e não estava incluído no pacote.

Continua após a publicidade

A van chega até o restaurante, onde os participantes têm alguns minutos para ir ao banheiro e tomar um café. Logo em seguida ela seguiria para a área de embarque.

Eu resolvi ficar e caminhar por conta própria nos arredores do restaurante, de onde era possível ver a geleira e até mesmo pegar alguns dos pedaços dela que se desprenderam e foram boiando até a margem do rio.

Beira do lago no Parque Nacional Los Glaciares, na Argentina

Beira do lago no Parque Nacional Los Glaciares, na Argentina. Créditos: Adriano Castro

A navegação tem duração de uma hora e, pelo que entendi com o feedback da Gisele, não se deve ir com muita expectativa: o custo-benefício não vale tanto a pena, uma vez que o passeio seguinte nos levaria até uma distância considerável da geleira.

A geleira Perito Moreno

A última parte do tour – e também a mais emocionante – nos levou até uma plataforma com uma vista sensacional para o grande paredão de gelo. A alguns metros do restaurante está o início do complexo de trilhas suspensas que conta com 5 percursos: branca (acessível), amarela (central), vermelha (inferior), verde (bosque) e azul (da costa).

Trilhas disponíveis em Perito Moreno, na Argentina

Trilhas disponíveis em Perito Moreno, na Argentina. Créditos: Gisele Rocha

Essa parte do tour é livre. Você pode optar por acompanhar a guia ou fazer o percurso que mais lhe chamar a atenção. Deve-se prestar atenção apenas ao tempo, que era limitado. Tínhamos algo em torno de 90 minutos para encaixar nosso percurso e encontrar o pessoal no restaurante para ir embora.

Era possível fazer o trajeto completo, que pegava as trilhas verde, vermelha, amarela e azul, entretanto não teríamos tempo para parar e fazer fotos e vídeos com calma, como gostamos de fazer. Logo, optamos pela amarela, que nos trouxe uma visão inesquecível da zona de ruptura da Perito Moreno.

Durante toda a caminhada ouvíamos barulhos estrondosos, como se fossem trovões. Na verdade, eram os pedaços de gelo se desprendendo da geleira, que muitas vezes caiam no lago, provocando ondas: é simplesmente um espetáculo. Tivemos a sorte de ver uma dessas quedas praticamente em nossa frente.

O problema é saber para onde olhar, já que são quilômetros de fachada. A dica é você evitar ao máximo se distrair com o celular ou qualquer outra coisa senão a geleira. Esperar pelo som de nada adiantará, visto que quando você escutar o estrondo, o pedaço de gelo já caiu ou está terminando de cair, dada a distância da plataforma à geleira. Por isso se quiser fotografar um evento imprevisível como esse, recomendo travar a câmera em um tripé de forma que você possa estar prestando atenção na geleira e não no equipamento.

O que fizemos foi parar e fixar nossa atenção em um ponto, que era justamente chamado de zona de ruptura, e ficamos ali por uns 10 minutos. Pudemos observar um bloco que se desprendeu da parte central da fachada e despencou na água. Não deu tempo de fotografá-lo, infelizmente.

Assista ao vídeo

Como contratar o tour

Você pode contratar o tour com a All Patagonia através dos contatos abaixo.

Contatos da All Patagonia
www.allpatagonia.com
Email: ventas2@allpatagonia.com
Telefone: +54 2901 433622
Celular e WhatsApp: +54 9 2966 62-3877
Atendimento em Espanhol, Português e Inglês
Descubra como conseguir desconto nos passeios e tours em Ushuaia

Leia mais sobre nossa viagem ao extremo sul das Américas

Buenos Aires

Ushuaia

Punta Arenas

Puerto Natales

El Calafate

Vídeos

Prepare-se para sua viagem

Boutique Hotel La Cantera

calle 306 numero 173

Descrição baseada em avaliações do Booking

Analisando as revisões no Booking, a localização do hotel é razoável. Quem já esteve por lá avaliou como excelente a limpeza. Os serviços prestados e as comodidades foram extremamente bem classificados, chamando atenção também pelo conforto. Os funcionários são extremamente solícitos e profissionais. Podemos dizer que o custo benefício é ótimo.

Diárias a partir de R$334,00 (preço atualizado em 14 de fevereiro de 2019)

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em El Calafate, nossa sugestão de hospedagem é a Boutique Hotel La Cantera (87, diárias a partir de R$334,00). Aprenda a reservar um hotel pela internet aqui. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostelworld.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Economico em El Calafate é de aproximadamente R$185,00 por diária (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

Receba um desconto de R$10 em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

testamos o chip internacional da Easysim4u e aprovamos tanto o serviço quanto a qualidade da internet no exterior. Clique aqui para ver todas as opções de coberturas disponíveis nos EUA e em mais de 210 países! Ainda, utilize o cupom VIAJEIBONITO10 para garantir 10% de desconto em seu pedido! Recomendamos que você dê uma olhada no plano Dados Mundi que sai a partir de R$194,02. O Viajei Bonito indica também como alternativa o chip da Yes Brasil.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

Veja o motivo pelo qual recomendamos o seguro viagem para quem viaja pela América do Sul. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 17/04/19 você pode usar o cupom VIAJANTE para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

A GetYourGuide oferece passeios, tours, visitas a atrações turísticas e guias para vários destinos no mundo! Descubra o que ela tem a oferecer para El Calafate. Você pode conferir também o nosso passo-a-passo sobre como reservar tours e guias pela internet.

Descubra quanto custam os voos para El Calafate, ou então pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Com base em cotações atualizadas diariamente do Alpha Vantage, a proporção entre o Peso argentino e o Real é de 1 ARS para 0,0984 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda. Confira nosso passo-a-passo para enviar e receber dinheiro do exterior durante uma viagem.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem ao lado para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Gisele Rocha

Adriano Castro

Formado em Ciência da Computação pela UFJF, trabalhou durante 10 anos como analista de sistemas até chutar o balde e tocar a vida como freelancer, carregando seus projetos para onde quer que vá.

Ver mais artigos de Adriano Castro

Créditos da imagem de capa: Gisele Rocha