Quanto custa viajar pelo Uruguai

Janeiro não é o melhor mês para viajar, mas foi quando conseguimos dar um pulinho no Uruguai – país que já estava na nossa lista há um bom tempo. Como acontece no verão em qualquer lugar abaixo da linha do Equador, os preços ficam salgadinhos. Mas mesmo contando os trocados deu para fazer muita coisa legal nas quatro cidades pela qual passamos: Montevidéu, Colonia del Sacramento, Punta del Este e Punta del Diablo.

Anotamos tudo e os preços foram listados em pesos e reais, mas é preciso ficar atento ao câmbio. Trocamos todo o dinheiro de uma só vez no primeiro dia em Montevidéu, já que nas outras cidades as cotações são piores. O macete é pesquisar bastante. O centro da capital uruguaia tem quase mais casas de câmbio do que gente, e as cotações variam bastante. Trocamos cada real por 8 pesos. Mas vimos locais oferecendo 7,20. No total, a diferença é grande. (Em julho de 2016 o real pode ser encontrado a mais de 9 pesos)

Quer saber quanto custou nossa trip? Acompanhe abaixo, tim tim por tim tim, os gastos durante 13 dias de viagem.

Passagens

Era janeiro e decidimos viajar muito em cima da hora. O resultado foram passagens aéreas com preços muito além do que estávamos dispostos a pagar. Para não perder o passeio, compramos passagens com milhas para Porto Alegre (RS) e da lá pegamos um ônibus da TTL para Montevidéu por R$ 200. Na volta, como estávamos na outra extremidade do país, pegamos um ônibus da viação Planalto do Chuí para a capital gaúcha, para embarcarmos no voo de volta, ao custo de R$ 166.

Atrações

Está aí uma das vantagens econômicas de viajar pelo Uruguai. O país tem o maior número de atrações gratuitas por metro quadrado. Você só gasta com um ou outro museu se quiser. O misto entre a cultura da população nativa – os índios charruas, e de seus colonizadores espanhóis e portugueses, forma um conjunto de atrativos que está nas ruas, livre para quem quiser ver e usufruir.

Em Montevidéu visitamos uma infinidade de lugares e todos gratuitos! É uma cidade que encanta pelo que as ruas oferecem. Não há grandes atrações pagas. Do nosso roteiro inicial deixamos de ir apenas no Museu dos Andes, cuja entrada custa 200 pesos (25 reais). Mas foi apenas por uma questão de falta de tempo. Acabamos nos entretendo com outros passeios e chegamos ao local quase na hora de fechar. Não valeria o ingresso.

Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?

Em Colonia del Sacramento, as ruas, ruínas e muralhas contam a história do povoado – tornando desnecessária a visita aos poucos museus pagos da vila. Nosso gasto foi apenas para subir no farol (25 pesos) e ver do alto a bela vista do Rio da Prata. Igrejas, centros culturais, praças destruídas pelas batalhas locais, a muralha que cerca a cidade, o cais e o porto são pontos relevantes cujas visitas são gratuitas.

Nas Puntas, del Este e del Diablo (leia mais nos dois links), a coisa não muda muito. São cidades praianas, o que por si só já são entretenimentos gratuitos para muitos dias. Beleza natural e monumentos ao ar livre completam a lista de deixar qualquer carteira feliz da vida. Gastamos apenas 30 pesos para adentar a fortaleza que existe dentro do Parque Santa Tereza e decidimos não entrar na Casa Pueblo (200 pesos) por falta de interesse mesmo.

Total gasto com passeios por pessoa: 55 pesos (R$ 6,87)

Transporte

O bom e velho “dedão” entrou em ação. Exceto pelos locais que ficam exageradamente longe, e são poucos no Uruguai, sempre prefiro andar a pé para conhecer verdadeiramente a cidade e descobrir alguns cantinhos que sequer estão no mapa. Por isso, nossos maiores gastos com transporte foram com as passagens de ônibus entre as cidades.

Passagem Valor
Montevidéu / Colonia 165 pesos
Colonia / Montevidéu 165 pesos
Montevidéu / Punta del Este 265 pesos
Punta del Este / Punta del Diablo 360 pesos

Além disso pegamos ônibus três vezes em Montevidéu, inclusive para ir à rodoviária. Foram gastos 69 pesos por cabeça. Em Punta del Este, por conta da distância do hostel, pegamos táxi tanto na ida quanto na volta ao custo total de 127 pesos para o casal. Colonia del Sacramento não exigiu nenhum gasto extra pois fomos caminhando da rodoviária até o hostel e em Punta del Diablo nossa anfitriã fofa do Airbnb foi nos buscar. Também foi preciso pegar um ônibus para visitar a Casa Pueblo, que fica um pouco distante de Punta del Este. Pegamos o ônibus municipal e cada um gastou 104 pesos.

Total gasto com transporte por pessoa: 1.191,50 pesos (148,93)

COT, Copsa e Rutas del Sol são as principais companhias rodoviárias do Uruguai

COT, Copsa e Rutas del Sol são as principais companhias rodoviárias do Uruguai. Créditos: Sergio Rampla / Fonte: Flickr

Hospedagem

Essa é uma parte complicada no verão. Ficar em boa localização com custos abaixo da média é praticamente impossível numa viagem planejada com menos de um mês da data de partida. Mas dentro do possível conseguimos nos instalar em boas regiões e em quartos que atenderam nossas necessidades.

Em Montevidéu escolhemos um hotel pois o preço era semelhante ao dos hostels e a localização foi excelente – na lateral da Plaza Independencia. Já em Colonia, ficar dentro da área histórica é o mesmo que pagar com os rins. Mas conseguimos um hostel a dois quarteirões do point e, como a cidade é pequena, nem pareceu que estávamos fora do centro. Os hostels mais baratos (pero no mucho) ficavam bem distantes. Logo, foi a melhor opção. Ficamos em quartos compartilhados para reduzir os custos.

Em Punta del Este não tem muito jeito. Se hospedar fora da área turística é, de longe, a melhor opção. O balneário é caro, muito caro. Pessoas circulam com carros conversíveis e roupas de grife que custam mais que a viagem inteira. Ficamos a 10 quarteirões do centro, mas ainda assim muito próximos da orla da Praia Brava. Era verão e caminhar pelo calçadão até a área movimentada não foi nenhum sacrifício. Conseguimos um quarto de casal num hostel com banheiro compartilhado. Mas prepare-se! Hospedagem lá só em dólar.

Para encerrar a viagem, em Punta del Diablo optamos por locar uma cabana no Airbnb. Valeu super a pena pois a localização era perfeita, a anfitriã uma graça e o custo bem abaixo do esperado para o verão.

Hospedagem Valor
Hotel Florida (3 diárias) 3000 pesos
Hostel El Viajero (2 diárias) 2010 pesos
F&F Hostel (3 diárias) 159 dólares
Cabana rústica Airbnb (3 diárias) 428 reais

Total gasto com hospedagem por pessoa: R$ 876

Alimentação

Não é a mais fácil das tarefas encontrar um lugar decente e com custo acessível para comer no Uruguai. Exceto por Punta del Diablo, onde várias opções para todos os bolsos disputam o mesmo espaço na pequena vila de pescadores, nas demais é difícil encontrar uma comida apetitosa sem gastar além da conta. Nossa opção na maioria dos dias foi fazer lanches na hora do almoço e cozinhar à noite. As compras no supermercado, além de ficarem bem mais baratas, permitiram fazer uma refeição mais completa e gostosa. Se optássemos apenas pelos restaurantes de baixo custo, viveríamos de assado (uma costela seca) com batatas. Além de enjoar, o preço é diretamente proporcional ao sabor.

Total gasto com alimentação por pessoa: 3.615 pesos (R$ 451,87)

Afinal de contas, quanto custa viajar pelo Uruguai?

Acredite ou não, passamos muito bem com nossas economias no Uruguai. Os custos totais só não incluem o sorvetinho na rua, a cervejinha despretensiosa no meio do dia (as que compramos no supermercado já estão no pacote!) e uns poucos souvenirs. Cada um desembolsou R$ 1.849,00 em alta temporada. Se você pode viajar fora de época, ainda consegue ficar mais tempo ou levar menos dinheiro ainda.

Tá esperando o que para conhecer o Uruguai?

Prepare-se para sua viagem

La Tatucera Montevideo Hostel

Wilson ferreira aldunate 1182

Descrição obtida de Booking

Não há descrição disponível.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Montevidéu, nossa sugestão de hospedagem é o La Tatucera Montevideo Hostel. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostel World.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Economico em Montevidéu é de aproximadamente R$115,00 por diária pela Alamo (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF.

Veja o motivo pelo qual recomendamos o seguro viagem para quem viaja pela América do Sul. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Em Montevidéu, o almoço simples sai por volta de R$42,87, já o fast-food sairá por mais ou menos R$27,87. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$9,89. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$3,52, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$4,48 e o pint de cerveja R$9,65.

Descubra quanto custa viajar para Montevidéu.

Do Brasil, o voo mais barato para Montevidéu sai de São Paulo no dia 24/10/17 com volta em 25/10/17 e custa R$779,46 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Montevidéu.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Peso uruguaio e o Real é de 1 UYU para 0,1083 BRL. Você pode simular o valor que deseja converter com os preços das casas de câmbio clicando aqui.

Juliana Xavier

Formada em Comunicação Social, após 10 anos empreendendo seus conhecimentos em grandes empresas, decidiu que era hora de empreender em si mesma e ser livre para criar o que quiser. Créditos da imagem de capa: Sarah Ahearn / Fonte: Flickr
  • Foge, Lolla!

    Ameiiiii <3 Esse lugar deve ser maravilhoso!
    bjs http://fogelolla.wixsite.com/fuja-da-lolla

  • Camila

    Oi!!!
    Adorei as dicas!
    Gostaria de saber se o valor 3.615 pesos (R$ 451,87) para alimentação foi em todo uruguiai ou somente em Puna del Diablo. Se for só para PDD, quantos dias??
    Estou indo pra lá no carnaval!!
    :)))