Trindade, RJ: o que fazer, melhores praias, cachoeiras e trilhas

Antes de dizer a você o que fazer em Trindade, RJ, gostaria de contar resumidamente a história da vila para que você possa se familiarizar com ela.

Trindade já abrigou índios guaranis, depois por colonos portugueses e piratas, até que séculos depois, já nos anos 1970, virou refúgio dos hippies e point dos surfistas que ficavam hipnotizados pela natureza selvagem desse pedaço da Costa Verde

Estive pela primeira vez em Trindade há 10 anos e voltando lá recentemente tive a impressão de que nada mudou. Ainda bem! Foi um alívio ver que apesar do aumento do fluxo de turistas a vila ainda é um lugar pacato, com pousadas simples, restaurantes rústicos e praias limpas, que é o mais importante.

Algumas áreas de Trindade compõem o Parque Nacional da Serra da Bocaina e são preservadas pelo ICMBio. Não espere encontrar resorts cinco estrelas, prédios à beira-mar e restaurantes sofisticados. Trindade é para quem tem espírito aventureiro, se vira sozinho e troca o marasmo de uma espreguiçadeira por deliciosas caminhadas dentro da Mata Atlântica.

Está preparado? Então, boa leitura!

Como chegar a Trindade

Carro

A distância entre Paraty e a Vila de Trindade é de 24 km, percorridos pela BR-101 em aproximadamente meia hora. 

Quem sai do Rio de Janeiro tem a opção de passar pela Rodovia Governador Mário Covas ou pela Presidente Dutra. A viagem dura em torno de 5 horas .

Por fim, quem parte de São Paulo deve seguir a Rodovia Ayrton Senna, sair na BR 383 e continuar na BR-101 até a Estrada de Trindade.

Nós alugamos um carro em Minas e seguimos o caminho indicado pelo Waze. Deu tudo certo! Se você estiver indo em alta temporada, tenha paciência durante os engarrafamentos e, por via das dúvidas, não marque nada para o dia da chegada.

💡 Alugar um carro proporciona autonomia ao roteiro!

A melhor forma de explorar a região de Paraty é alugando um carro. Você terá liberdade de horários e poderá conhecer lugares aonde o transporte urbano não chega. Nós usamos e recomendamos a Rentcars, que compara os preços entre as maiores locadoras do país e ainda divide o valor do aluguel em até 12 vezes!

Ônibus

Saindo da rodoviária de Paraty há ônibus urbanos da empresa Colitur que partem a cada hora, sendo o primeiro horário às 5h20 e o último às 22h30. As passagens custam R$ 5.

Horário de ônibus Paraty - Trindade
Horário de ônibus Paraty – Trindade. Créditos: Colitur

Se estiver saindo de Ubatuba, você deve embarcar em um ônibus da viação Oceano e saltar no Patrimônio, onde uma van circular irá levá-lo até as praias. O valor da passagem é R$ 16,80 e a van circular sai por R$ 5 (valores de julho/2019).

Horários de ônibus Ubatuba - Paraty
Horários de ônibus Ubatuba – Paraty. Créditos: Viação Oceano

Van

As vans também partem do terminal rodoviário de Paraty a cada duas horas, saindo 10 minutos antes dos ônibus. O valor da corrida é de R$ 5. Veja os horários:

Horários da van entre Paraty e Trindade
Horários da van entre Paraty e Trindade. Créditos: Gisele Rocha

Melhor época ir a Trindade

Passei a virada do ano de 2013 em Trindade e com base nessa experiência aconselho que você evite Réveillon, Carnaval, Semana Santa e outros feriados nacionais. A vila não tem estrutura para abrigar grandes contingentes de turistas. O fornecimento de água e luz foi interrompido durante longas horas durante os cinco dias do feriadão, fazendo com que mercados, padarias e restaurantes fechassem suas portas, dado o fato de que todos os alimentos que precisavam ser mantidos em refrigeração acabaram estragando.

A melhor época para ir a Trindade é entre junho e agosto, período em que pouco chove na região e a temperatura se encontra mais amena, variando entre 18°C e 25°C.

Quantos dias ficar em Trindade

Não há muito o que fazer em Trindade além de relaxar nas praias e cachoeiras. E isso é ótimo! É possível conhecer as principais atrações naturais em um dia, mas aconselho que você faça um passeio mais tranquilo, com duração de ao menos dois dias inteiros. Principalmente no inverno, quando os dias são mais curtos e às 16h as praias já não recebem mais iluminação direta do sol.

Se quiser conhecer o Centro Histórico de Paraty, reserve ao menos mais um dia no seu roteiro. Caso tenha a intenção de conhecer a Praia do Sono e percorrer as trilhas para Antigos, Antiguinhos e Cachoeira das Galhetas, reserve um dia inteiro e saia cedo para fazer o tempo render.

Resumindo, em 4 dias você consegue pincelar o que há de melhor em Trindade e arredores.

Onde ficar em Trindade

Vila de Trindade, RJ
Vila de Trindade, RJ. Créditos: Gisele Rocha

Você tem duas opções: hospedar-se em Paraty ou ficar em Trindade. Escolha a primeira se o seu intuito for conhecer o Centro Histórico e ter melhor infraestrutura de hotéis, albergues, restaurantes, supermercados e agências de turismo.

Agora, se o seu objetivo for ficar à beira-mar em uma atmosfera mais roots, hospedar-se na Vila de Trindade é a melhor opção. Reserve o seu lugar com antecedência, pois as boas opções são escassas. Aqui vão algumas delas:

Camping:

Hostels:

Pousadas:

O que fazer em Trindade, RJ

Não há muito o que fazer em Trindade além de curtir a natureza. E pra que mais que isso?

Durante o dia você só precisa se preocupar em passar o protetor solar, vestir uma roupa de banho, comprar uma bebida gelada e se esticar na areia. Não espere ficar com fome para procurar onde comer, pois aqui não há ninguém com pressa, muito menos os cozinheiros.

Já a vida noturna acontece de forma espontânea, sem uma agenda definida. Na alta temporada a noite é uma criança na Praia do Rancho, com música ao vivo e até DJ. Inclusive, esse é o melhor lugar para assistir ao espetáculo do nascer do sol. 

Às vezes tem reggae em alguns bares do centrinho, mas a melhor maneira de se informar é perguntando nos quiosques da praia ou para a galera que toma conta dos carros. Eles sempre sabem das coisas.

Praia Brava

A Praia Brava é a mais isolada em Trindade e para chegar até ela é necessário percorrer uma trilha de nível moderado que dura aproximadamente 25 minutos e pode estar escorregadia quando molhada. O caminho começa na estrada, pouco antes de chegar ao vilarejo. Se você for de van ou ônibus é importante avisar ao motorista com antecedência para que ele o deixe no local certo.

Uma vez que o acesso não é tão simples quanto das demais praias de Trindade, quem encara a trilha pode desfrutar do privilégio do isolamento. Tanto que criaram até uma área de nudismo não-oficial, que não está registrada na Federação Brasileira de Naturismo. Há também uma cachoeira próxima, com caminho parcialmente sinalizado.

Não há quiosques nem tampouco vendedores ambulantes. Leve o que for consumir e não deixe lixo para trás!

Praia do Cepilho

Praia do Cepilho em Trindade, Rio de Janeiro
Praia do Cepilho em Trindade, Rio de Janeiro. Créditos: Gisele Rocha

Caracterizada por ondas fortes, a Praia do Cepilho é mais prestigiada pelos surfistas do que por banhistas. Geralmente ela é menos movimentada que as demais praias de Trindade, sobretudo em dias de semana fora de temporada, porém possui estrutura de quiosques suficiente para não deixá-lo passar sede ou fome. É o melhor lugar para uma caminhada matinal ou para prática de yoga na areia!

Praia de Fora

Praia de Fora, Trindade, RJ
Praia de Fora, Trindade, RJ. Créditos: Gisele Rocha

É a partir daqui que as praias de Trindade começam a ficar mais movimentadas. A Praia de Fora é o ponto final dos ônibus e vans que chegam à vila, tem boa estrutura de bares, restaurantes, lojas, mercadinhos e pousadas. Em resumo, se você procura facilidade, pode usá-la como ponto de referência para escolher onde se hospedar.

Praia dos Ranchos

Praia dos Ranchos, a mais movimentada em Trindade, Paraty, Rio de Janeiro. Créditos: Deni Williams / Fonte: Flickr

A Praia dos Ranchos divide a mesma faixa de areia que a Praia de Fora, mas é fácil identificar quando uma termina e a outra começa. A primeira é movimentada, a segunda é tumultuada pra caramba!

Bares pé-na-areia que cobram valores exorbitantes de consumação mínima, serviços ruins, música ao vivo e bagunça. Foi essa a impressão que tive da Praia dos Ranchos nas três vezes em que estive em Trindade. Pode ser uma boa opção para quem não liga para nada disso e só quer um lugar para sentar, comer e beber perto da água. Ao menos a vista é linda!

Praia do Meio

Praia do Meio, a mais bonita em Trindade, RJ
Praia do Meio, a mais bonita em Trindade, RJ. Créditos: Gisele Rocha

Na minha opinião, a Praia do Meio é a mais bonita da vila, com suas ondas relativamente calmas, natureza exuberante, árvores que oferecem sombras aos banhistas e um riacho de água gelada que revigora as energias. 

Daqui partem os barcos para a Piscina Natural do Cachadaço, com valor fixo de R$ 15 (julho/2019). Mas se você tem um corpo saudável, larga de preguiça e vá pela trilha, que é rápida, fácil e de quebra proporciona uma vista panorâmica das praias de Trindade!

Praia do Cachadaço

Praia do Cachadaço, Trindade, RJ
Praia do Cachadaço, Trindade, RJ. Créditos: Gisele Rocha

Depois de uma trilha curta e fácil, em menos de 10 minutos já estava na Praia do Cachadaço, uma bela enseada em tons de verde e azul, moldada por pedras e vegetação nativa. Tende a ser menos movimentada que a Praia do Meio, ficando praticamente deserta durante os dias de semana da baixa temporada. 

Conta com um restaurante rústico e também com a presença de vendedores ambulantes. No entanto, se o seu objetivo for economizar, aconselho que traga suas próprias comidas e bebidas.

Piscina Natural do Cachadaço

Os moradores de Trindade parecem ter sido induzidos a falar que a trilha que leva a Piscina Natural do Cachadaço é longa e difícil para que os turistas optem pelo transporte de barco. Não os julgo, afinal, é assim que muitos ganham o pão de cada dia. 

Mas a trilha é tranquila, bem sinalizada, com estrutura de corrimãos e degraus de madeira em áreas mais críticas. Pode ficar um pouco mais desafiante em dias de chuva, mas não chega a ser perigosa.

O meu conselho é que você não alimente grandes expectativas. Embora ainda seja um espaço muito bonito, a Piscina Natural do Cachadaço deixou de ser um paraíso tranquilo e intocado há muito tempo. Por ser o único lugar onde é possível se banhar sem medo, famílias com crianças, idosos e pessoas que não sabem nadar preferem passar o dia aqui. A área é pequena e nos dias de grande movimento ela se torna um verdadeiro formigueiro. 

Cachoeira da Pedra que Engole

Cachoeira da Pedra que Engole, em Trindade, Rio de Janeiro
Cachoeira da Pedra que Engole, em Trindade, Rio de Janeiro. Créditos: Gisele Rocha

Eu fico me perguntando quem foi e em qual circunstância a pessoa descobriu a Pedra que Engole. Quem será que teve coragem de se aventurar ali pela primeira vez?

Vai ser difícil saber, mas o fato é que hoje ela faz a alegria de muita gente que troca a água salgada por segundos de emoção nesse toboágua natural.

Por prudência eu não entrei, só passei vontade. Eu não sei nadar e as pessoas que estavam ali davam informações desencontradas sobre como era lá dentro e se era fácil ou não sair do outro lado. Se estivesse acompanhada por alguém de confiança que soubesse nadar, sem dúvidas teria me jogado!

Como chegar:

A trilha que leva à Cachoeira da Pedra que Engole sai do fim da Praia do Meio e é de dificuldade moderada, com algumas áreas íngremes. A sinalização é incompleta, por isso fique atento às orientações.

1. Vá até o final da Praia do Meio. Você vai ver a placa que sinaliza para a Praia do Cachadaço. Não entre nela, continue andando pela direita margeando o riacho até encontrar trilha. A entrada é larga, você vai identificá-la quando encontrá-la.

2. Apesar da falta de sinalização, o caminho é intuitivo, com trilha principal bem demarcada. Mantenha-se à esquerda quando tiver dúvidas sobre qual percurso escolher.

3. Quando chegar à cachoeira, será preciso cruzar o riacho e subir pelas rochas. A trilha é escorregadia, então vá no seu tempo, com calma.

4. A Pedra que Engole fica na parte de cima da cachoeira e não há nada para identificá-la. Memorize este cenário e tente encontrá-la em meio às outras pedras.

As melhores praias em Trindade

Praia do Meio vista a partir da trilha da Praia do Cachadaço
Praia do Meio vista a partir da trilha da Praia do Cachadaço. Créditos: Gisele Rocha

Para quem busca lugares mais isolados e com baixa concentração de pessoas, as praias mais indicadas são a Brava, Cepilho e Cachadaço (não a piscina natural, a praia mesmo).

Para quem busca cenários deslumbrantes e um mínimo de estrutura mas não se importa com lugares mais cheios, a Praia do Meio é a ideal.

Dicas gerais sobre Trindade

  • A vila é bem pequena e geralmente fica superlotada em feriados prolongados. Garanta hospedagem com antecedência e previna-se contra a falta de luz e água, levando bebidas e alimentos que possam quebrar o galho se o abastecimento for interrompido.
  • Se estiver viajando de carro na alta temporada, verifique se seu hotel, albergue ou camping possui estacionamento privativo. Achar lugar para estacionar nem sempre é fácil e os valores das diárias em estacionamentos privativos são puxados.
  • Não há caixas eletrônicos em Trindade, os mais próximos ficam em Paraty. Leve dinheiro vivo e se achar que não vai ser suficiente, priorize pagamento com cartão nos lugares onde ele é aceito.
  • Sinal de telefone e conexão à internet ainda são instáveis na vila. Se você precisa manter contato com alguém, deixe o número de telefone de onde estiver hospedado para caso de urgência.
  • Os ônibus e vans passam de hora em hora pontualmente. Tome cuidado para não perder o último do dia caso precise voltar a Paraty.

Seguro viagem em Trindade

Se você não tem um plano de saúde que cubra todo o território nacional, recomendo fortemente que providencie um seguro viagem, que para viagens dentro do Brasil custam a partir de R$3,57 por dia. Digo isso porque certa vez um amigo nosso torceu o pé no meio da trilha e precisou ser resgatado de maca e barco

Por causa de simples passo em falso ele perdeu alguns dias de viagem, mas poderia ter sido muito pior se tivesse que ir morrendo de dor para a fila de um hospital público em pleno feriado. Despender de R$3,57 por dia em prol da sua segurança e bem-estar é um bom investimento.

Encontre os melhores preços usando este comparador de seguros e aplicando o nosso cupom de desconto. 

Seguros Promo
VIAJEIBONITO5
Cupom que dá direito a 5% de desconto Ver todos os cupons Enviar por e-mail

Como utilizar este cupom
  1. Acesse a página da Seguros Promo
  2. Preencha as datas de sua viagem e escolha um destino
  3. Selecione a apólice
  4. Utilize o cupom na etapa de pagamento

Informe abaixo seu e-mail para receber este cupom em sua caixa postal. Ele não será armazenado, nem utilizado para enviar campanhas de marketing.

Leia mais sobre Paraty e Trindade

Trindade, RJ: o que fazer, melhores praias, cachoeiras e trilhas

Prepare-se para viajar

Use o cupom SAUDE para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom MULHER50 e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.

7 pensou em “Trindade, RJ: o que fazer, melhores praias, cachoeiras e trilhas

  1. Trindade é um lugar maravilhoso!
    Conheci alguns lugares, mas as melhores experiências que tive foi na Pedra que engole, praia do meio e Caixa d’Aço com as piscinas naturais.
    Na pedra que engole eu creio que o desbravador fez o caminho inverso, pois assim se descobre o “mistério” do local. E com toda a certeza não precisa saber nadar para se aventurar alí, só ter coragem. Rsrsrsrs
    Paraty é uma cidade que eu gosto de voltar, fiz amigos lá e já fazem dois anos que não tenho a oportunidade de ir,mas recomendo muito também conhecerem as cachaçarias, cachoeira do tobogã e o lavandário em Cunha.

    1. Lindas palavras, Jesse. Mostra que você realmente tem muito amor por Trindade/Paraty.
      Ainda não escrevemos sobre a cachoeira do Tobogã, mas estivemos lá. O lavandário de Cunha nós não conhecemos ainda, mas está nos planos.

      Abraços e obrigada pelo seu comentário!

  2. Estivemos em Paraty na primeira semana de novembro e fomos a Trindade dois dias.
    Praias lindíssimas, comidas e serviços excelentes nos quiosques, com uma boa relação custo benefício, e cachorros soltos pelas praias e ruas que fazem amizade com muita facilidade. Recomendo para quem gosta de relaxar em contato com a natureza e vida simples, sem abrir mão de ser bem servido.

  3. Já quero conhecer Trindade e depois de ler uma matéria tão completa me sinto mais segura e mais interessada ainda. Obrigada por compartilhar Gisele. Quero encontrar um refúgio com mar no Brasil e que não seja tão longe de Minas sabe? E parece que Trindade é o lugar ideal.

  4. Eu acho Trindade um destino apaixonante!

    Aliás, já perdi as contas de quantas vezes estive lá.

    Sempre recomendo para meus amigos que vão a Paraty, reservar ao menos um dia para fazer um bate-volta para Trindade. Mas, para mim, o mais bacana é passar ao menos duas ou três noites por lá e aproveitar esse astral despreocupado com mais calma.

    Meu cantinho favorito em Trindade é a Praia do Meio!

    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo