Você provavelmente já ouviu falar que o destino não é a única parte importante de uma viagem e que o percurso também deve ser levado em conta. Saber aproveitar cada segundo, desde o primeiro passo fora de casa, é a melhor forma de exercitar a arte de curtir o momento, mesmo que ele aparente não ter nada de interessante. Temos uma dificuldade enorme para enxergamos bem o que está ao nosso redor.

Quando se viaja pra longe de casa, com aquele monte de coisa nova aparecendo a todo tempo, temos uma sensação boa, pois estamos realmente aproveitando e admirando a vida. O novo nos chama a atenção. Entretanto, essa sensação boa não se manifesta quando saímos de casa pra visitar algum lugar conhecido, mas por quê?

Será que precisamos estar sempre viajando pra longe?

A ideia

Tudo começou com o singelo convite para visitarmos uma prima que havia acabado de ser mãe. Estávamos em Ouro Branco e nosso destino era São João del-Rei, ambas cidades de Minas Gerais. Ao invés de pegar o carro e seguir direto ao ponto, resolvemos pensar um pouco diferente: Vamos sair três horas antes do combinado e tentar visitar o máximo de cidades que encontrássemos pelo caminho?

Com essa ideia em mente, nós (Adriano, Gisele e Perry, um amigo que resolveu nos acompanhar), embarcamos no que deveria ser uma viagem de duas horas, mas que acabou se tornando a road trip de uma tarde inteira. Não tínhamos pressa, mas sim vontade de conhecer os cenários pelos quais passamos perto a vida toda mas que não dávamos a atenção merecida.

Nosso carro parado na estrada que liga Ouro Branco à São João del-Rei, Minas Gerais

Nosso carro parado na estrada que liga Ouro Branco à São João del-Rei, Minas Gerais. Créditos: Gisele Rocha

Cidades

Nosso plano era muito simples: nada de plano! Sabíamos qual era a rota e quais rodovias precisaríamos pegar para chegar à São João del-Rei. Entretanto, a cada placa de cidade ou amontoado de casas que encontrássemos pelo caminho, desviaríamos do trajeto e pararíamos pra conhecer, sem ao menos considerar sua importância turística. O objetivo era entrar com a cabeça aberta em cada lugar e apreciar o que houvesse por lá.

Lobo Leite

Lobo Leite, que não é considerada cidade, mas província de Congonhas, foi a primeira parada após saírmos de Ouro Branco. Seu clima bucólico e a tranquilidade que toma conta de suas poucas ruas são capazes até mesmo de neutralizar o ronco dos vários caminhões transportadores de minério que passam praticamente ao lado das casas, pela MG-030 – rodovia estadual de Minas Gerais.

A charmosa estação de trem e a Igreja de Nossa Senhora da Soledade são duas das construções que representam o distrito, que não atrai turistas, mas que com certeza merece uma paradinha de 15 minutos pra descanso em meio a uma longa viagem.

Joaquim Murtinho

A segunda parada foi em Joaquim Murtinho, outro distrito de Congonhas. Perceba que mal saímos de Lobo Leite e minutos depois já estávamos parando novamente. Minas Gerais e sua infinidade de lugares. O objetivo era fotografar um coreto que avistamos ainda da BR-040, pouco antes de pegarmos a MGC-383. As imagens estão nos próximos tópicos.

Alto Maranhão

Já havíamos saído de casa há mais de uma hora e, se olhássemos no mapa, não teríamos praticamente saído do quintal. É incrível a quantidade de cidades e vilarejos entre Ouro Branco e São João del-Rei. Uma placa na MGC-383 indicava a entrada para o pequeno distrito (de Congonhas, novamente) e resolvemos entrar pra conhecer.

Coreto próximo à Igreja Nossa Senhora D'Ajuda, Alto Maranhão, Minas Gerais

Coreto próximo à Igreja Nossa Senhora D’Ajuda, Alto Maranhão, Minas Gerais. Créditos: Gisele Rocha

Não encontramos por lá muitas construções históricas, mas o que nos chamou mesmo a atenção foi o clima tranquilo da cidade, com moradores sentados no coreto em um cruzamento e até mesmo um senhorzinho tocando violão na porta de casa. Nos próximos parágrafos você encontrará uma galeria de imagens ilustrando todo o bucolismo com que tivemos contato naquela tarde e você verá essas imagens.

Pequeri

Mal voltamos pra estrada, avistamos uma entrada discreta à direita. O pequeno vilarejo de Pequeri, logo após o Alto Maranhão também teve seu lugar em nosso roteiro. Acreditamos ter percorrido a única rua do distrito, repleto de casinhas simpáticas e com o mesmo clima tranquilo observado nas paradas anteriores.

Nosso carro parado em Pequeri, distrito em Minas Gerais, enquanto a Gisele tirava fotos da igrejinha

Nosso carro parado em Pequeri, distrito em Minas Gerais, enquanto a Gisele tirava fotos da igrejinha. Créditos: Gisele Rocha

Em um ponto de ônibus no alto do morro perguntamos a três pessoas que passavam o tempo ali conversando a respeito do que havia pra fotografar: “Só essa igreja aí mesmo.” E lá fomos nós voltando pra estrada, seguindo caminho.

Entre Rios de Minas

Entre Rios de Minas foi a última cidade em que paramos antes de nosso destino. O sol já estava começando a querer se pôr e pudemos aproveitar um fim de tarde na praça que fica no alto de um morro, repleta de crianças e de moradores passando o tempo.

Coreto na Praça Antônio Morais em Entre Rios de Minas, Minas Gerais

Coreto na Praça Antônio Morais em Entre Rios de Minas, Minas Gerais. Créditos: Gisele Rocha

Continua após a publicidade

Nosso roteiro foi esse! Simples, porém muito rico. Veja nas galerias abaixo a quantidade de imagens fantásticas feitas ao longo das poucas horas em que estivemos simplesmente abertos a quaisquer destinos que nos aparecessem:

Igrejas

Minas Gerais é muito conhecida por sua grande quantidade de igrejas. Todas as cidades, distritos e vilarejos percorridos nesta road trip tinham a sua, geralmente no alto de um morro. Aqui vão algumas das imagens registradas. Veja como cada comunidade aplicou características diferentes em suas arquiteturas.

O famoso clima bucólico de Minas Gerais

Além das igrejas, fizemos questão de registrar a paz e a tranquilidade com que a vida é tocada em cada uma de nossas paradas. São pessoas caminhando no meio da rua, outras simplesmente passando o tempo, paradas em frente às suas casas. Uma coisa é certa, ninguém por lá parecia ter preocupação, pressa, ganância ou qualquer uma das consequências da vida moderna que pudessem prejudicar a qualidade de vida nessas comunidades.

Paisagens

As paisagens são um espetáculo a parte, que superam qualquer construção humana e estão aos montes nas estradas que ligam Ouro Branco a São João del-Rei.

Via férrea próxima à Congonhas, Minas Gerais

Via férrea próxima à Congonhas, Minas Gerais. Créditos: Gisele Rocha

Adriano e Gisele durante o pôr do sol na MGC-383, próximo à Lagoa Dourada

Adriano e Gisele durante o pôr do sol na MGC-383, próximo à Lagoa Dourada. Créditos: Perry Carter

Onde se hospedar em São João del-Rei

Se a cidade de São João del-Rei também é o seu próximo destino, confira a recomendação de hospedagem do Viajei Bonito:

Pousada Estacao do Trem

Rua Maria Tereza, 45

Descrição baseada em avaliações do Booking

A partir das revisões no Booking, a localização da pousada é excelente. Quem já se hospedou por lá avaliou como ótima a limpeza. Os serviços prestados e as comodidades foram bem classificados, chamando atenção também pelo conforto. Os funcionários são extremamente solícitos e profissionais. Podemos dizer que o custo benefício é ótimo.

Diárias a partir de R$120,00 (preço atualizado em 15 de fevereiro de 2019)

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Viaje pra valer

Por algum motivo temos a tendência de pensar que viagens grandes são apenas aquelas feitas para locais muito badalados ou para o exterior. Saber olhar e aproveitar o que está próximo de nós com os olhos bem abertos e atentos é algo que precisa estar em constante desenvolvimento. Se aperfeiçoar na arte de admirar as pequenas coisas, os pequenos lugares e, principalmente, a simplicidade que está presente nessas atmosferas é pré-requisito para que possamos experimentar qualquer lugar do mundo.

Por isso o Viajei Bonito recomenda que você faça um teste: em sua próxima viagem, vá devagar, quase parando, aproveite cada pedacinho da estrada e você vai ter uma leve noção das riquezas oferecidas nos lugares mais remotos.

Um abraço e até a próxima, mas antes, se essa já é uma arte praticada por você, caro leitor, que tal nos contar logo abaixo na seção de comentários?

Prepare-se para sua viagem

Em Ouro Branco, nossa sugestão de hospedagem é o Hotel Verdes Mares (85, diárias a partir de R$150,00). Já em São João del-Rei, recomendamos a Pousada Estacao do Trem (88, diárias a partir de R$120,00). Aprenda a reservar um hotel pela internet aqui. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostelworld.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Economico em Ouro Branco é de aproximadamente R$80,00 por diária (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet. Compare preços para São João del-Rei.

Receba um desconto de R$10 em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom adrianoc135ue durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

testamos o chip internacional da Easysim4u e aprovamos tanto o serviço quanto a qualidade da internet no exterior. Clique aqui para ver todas as opções de coberturas disponíveis nos EUA e em mais de 210 países! Ainda, utilize o cupom VIAJEIBONITO10 para garantir 10% de desconto em seu pedido! O Viajei Bonito indica também como alternativa o chip da Yes Brasil.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

Mesmo sem a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem ao viajar pelo Brasil, é altamente recomendável para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 17/04/19 você pode usar o cupom VIAJANTE para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Ver mais artigos de Viajei Bonito

Créditos da imagem de capa: Gisele Rocha