Atualizado em fevereiro de 2019 – Antes de partir para a próxima viagem, certifique-se de estar com a documentação em dia. Além do passaporte válido por um período mínimo de seis meses, dos vistos que por ventura possam ser solicitados e do seguro viagem, é importante tomar conhecimento sobre todos os países que exigem vacina contra febre amarela e o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) emitido pela Anvisa, que agora já pode ser retirado pela internet.

Esse foi um dos itens cruciais do nosso planejamento para o Mochilão pela Ásia e das viagens que fizemos pelo Caribe. Os agentes de imigração são implacáveis e se você não tiver o certificado internacional de vacinação em mãos, corre o risco de ser deportado sem choro e nem vela.

Por esse motivo, achamos que compartilhar essas informações poderia ajudar a muitos viajantes, então vamos lá!

Onde tomar a vacina

A vacina contra a febre amarela pode ser tomada gratuitamente em postos de saúde de todos os municípios do país. O procedimento deve ser feito em até dez dias antes do embarque e, segundo a Organização Mundial da Saúde(OMS) e o Ministério da Saúde, uma só aplicação da dose padrão oferece imunidade por toda a vida. Sendo assim, vale a pena tomá-la ainda que você não esteja com viagens programadas, para não ter de se preocupar com isso depois.

Isenção de vacinação

Caso você não possa receber a vacina exigida por contraindicação médica, deverá levar consigo o Atestado de Isenção de Vacinação. A própria Anvisa disponibiliza um modelo para este documento.

Cartão de Vacinação

Todo mundo tem ao menos um cartão indicando as doses que já foram tomadas ao longo da vida. Entretanto, se você não achar o seu, não se preocupe, pois eles lhe darão outro na hora. Guarde este documento, pois você precisará dele para emitir o seu Certificado Internacional de Vacinação.

Como tirar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia pela internet

Até pouco tempo atrás era imprescindível procurar um posto da Anvisa em portos, aeroportos e passagens de fronteiras para garantir o papel, porém, desde o dia 29 de janeiro de 2019 passou a ser possível emitir o Certificado Internacional de Vacinação contra febre amarela pela internet, sem precisar sair de casa.

Para solicitar o certificado, basta se cadastrar no Portal de Serviços do Governo Federal, preenchendo seu nome completo, número de CPF e um e-mail. Depois disso, basta anexar uma foto da carteira de identidade e do comprovante nacional de vacinação. Se a solicitação for aprovada, o documento chegará em sua caixa de e-mails em até 5 dias úteis, aí é só imprimir e guardar junto com o passaporte.

Documentos necessários para retirar o Certificado Internacional de Vacinação pessoalmente

Caso tenha dificuldades para emitir o Certificado Internacional de Vacinação pela internet, você ainda pode se dirigir pessoalmente a um posto da Anvisa. Veja aqui todos os endereços de unidades emissoras credenciadas. É necessário levar os seguintes documentos:

  • Documento oficial com fotografia (carteira de identidade ou passaporte).
  • Cartão nacional de vacinação (que comprove que você tomou a referida vacina).
  • Certidão de nascimento para menores de idade.

É bom lembrar que somente o requerente e titular dos documentos poderá solicitar o Certificado Internacional de Vacinação.

Certificado Internacional de Vacinação: países que exigem e como tirar o seu
Certificado Internacional de Vacinação: países que exigem e como tirar o seu. Créditos: U.S. Army Corps of Engineers Europe District / Fonte: Flickr

Lista de países que exigem vacina contra febre amarela

Afeganistão África do Sul Albânia
Arábia Saudita Argélia Aruba
Antígua e Barbuda Austrália Bahamas
Barein Bangladesh Barbados
Belize Benin Butão
Bolívia Bonaire Botsuana
Brunei Burkina Faso Cabo Verde
Camarões Camboja Cazaquistão
Chade China Cingapura
Colômbia Coreia do Norte Costa Rica
Cuba Curaçao Djibuti
Dominica Egito El Salvador
Equador Eritreia Etiópia
Fiji Filipinas Gâmbia
Granada Guadalupe Guatemala
Guiné Guiné Equatorial Guiana
Haiti Honduras Ilhas Pitcairn
Ilhas Salomão Indonésia Irã
Iraque Jamaica Jordânia
Laos Lesoto Líbia
Madagascar Malawi Malásia
Maldivas Malta Martinica
Mauritânia Maurício Mayotte
Montserrat Moçambique Myanmar
Namíbia Nauru Nepal
Nicarágua Nova Caledônia Nigéria
Niue Omã Panamá
Paquistão Paraguai Polinésia Francesa
Quênia Quirguistão Quiribati
Reunião Ruanda São Bartolomeu
São Cristóvão e Névis Santa Lúcia Saint Martin
São Vicente e Granadinas Samoa São Tomé e Príncipe
Santa Helena Senegal Seychelles
Somália Sri Lanka Sudão
Suriname Suazilândia Tailândia
Timor-Leste Trinidad e Tobago Tristan da Cunha
Tanzânia Uganda Vietnã
Wallis e Futuna Zâmbia e Zimbábue

Vacina contra sarampo

Ainda que não seja obrigatório, a vacina contra o sarampo é recomendável a quem estiver planejando uma viagem pelos Estados Unidos ou pela Europa, já que há poucos anos o número de casos da doença subiu bastante. A aplicação deve ser feita em até 15 dias antes do embarque.

Quem já tomou a vacina quando criança, está imunizado pelo resto da vida.

Leia mais

Países que exigem seguro viagem

Prepare-se para sua viagem

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 23/05/19 você pode usar o cupom ABRACO para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.

Ver mais artigos de Gisele Rocha

Créditos da imagem de capa: U.S. Army Corps of Engineers Europe District / Fonte: Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *