Foi-se o tempo em que a palavra albergue era sinônimo de um local sujo, esquisito e perigoso. Aquele lugar estereotipado por muitos filmes no passado e frequentado só por gente mal-intencionada ficou para trás. Atualmente, os hostels dispõem de excelente infraestrutura e são uma ótima escolha para quem tem um orçamento limitado ou quer fazer novas amizades. Aos poucos, eles foram ganhando espaço no mercado como uma opção cool, jovem e, principalmente, barata.

Além de pagar muito menos do que em hotéis, num hostel é possível conhecer novas culturas, praticar línguas e ser recebido como um membro da família. Mas para se dar bem e evitar alguns contratempos, é importante ficar ligado em algumas dicas, principalmente se você está indo se hospedar em um hostel pela primeira vez.

Escolhendo o hostel ideal

Como escolher o hostel ideal

Como escolher o hostel ideal? Créditos: Gisele Rocha

Além de preço e localização, fatores fundamentais na hora de escolher qualquer tipo de hospedagem, busque na internet avaliações sobre o hostel escolhido em sites especializados, como o (Hostelworld e o Booking) e verifique com cuidado os pontos positivos e negativos. Na maioria deles é possível ler as impressões de quem já se hospedou e avaliar quesitos fundamentais como higiene e segurança.

Busque também pelos diferenciais oferecidos pelo lugar. Alguns hostels fornecem toalhas e lençóis, por exemplo, o que reduz consideravelmente o peso da sua mochila. Verifique ainda se há lockers para guardar seus pertences, a quantidade de banheiros com relação ao número de hóspedes e a disponibilidade gratuita do wifi.

Veja também se o local oferece café da manhã gratuito e a faixa de horário em que será servido, assim você consegue economizar uma grana com alimentação. Se quiser, pode pegar uma fruta ou montar um sanduíche para comer durante o dia, não há nada de mau nisso.

Ficar atento ao horário de funcionamento do hostel também faz toda a diferença. A maioria funciona 24h, mas há uma minoria que fecha mais cedo e você não vai querer ficar na rua (como aconteceu com a gente na Rússia). E se você tem dificuldade para dormir, o ideal é pesquisar por hostels com quartos compartilhados menores, de 4 a 6 pessoas por acomodação. Em alguns, há quartos com até 16 camas, o que reduz o preço, mas pode ser um tiro no pé por conta da bagunça e do barulho.

Por fim, dependendo do clima do país ou cidade, garantir que o quarto tem um ar condicionado ou aquecedor permitirá uma hospedagem mais confortável.

Bed bugs: como identificar e se livrar do seu pior pesadelo

Como garantir sua segurança no hostel

É importante lembrar que em qualquer lugar onde circule muitas pessoas desconhecidas, alguns cuidados com a segurança são fundamentais. Nos hostels não é diferente. Neles se hospedam pessoas de todos os tipos, culturas e também índoles. São raros os episódios de roubo, mas eles existem e você não vai querer ser uma das vítimas. Com algumas atitudes simples, você reduz consideravelmente a possibilidade de passar raiva:

  • Antes de escolher o hostel, verifique se há lockers no saguão ou armários disponíveis para cada cama dentro dos próprios quartos. Neles você pode deixar a mochila inteira e bens maiores, como notebook.
  • Guarde os bens mais valiosos dentro de uma mochila trancada dentro do armário, incluindo dinheiro, passaporte, cartões, câmera fotográfica e celular (quando não for usar). Muita gente opta também por dormir com esses pertences debaixo do travesseiro, mas se você tiver sono pesado, fica mais fácil ser furtado.
  • Se possível, leve dois cadeados (os de senha são mais confiáveis), um para a mochila e outro para o locker. Alguns hostels alugam ou vendem esses acessórios, mas é melhor levar os seus e garantir a segurança de seus pertences.
  • Hostels com portaria 24h, seguranças noturnos ou câmeras inibem a ação de pessoas mal-intencionadas.
  • Se for preciso deixar os pertences num hostel sem armários, coloque os objetos de maior valor no fundo da mochila. Até vasculhar tudo, o risco de o meliante ser pego é maior.
  • Não descuide de seus pertences de valor nem por um minuto. Se está no hall e vai ao banheiro, leve seu celular com você.
  • Evite contar dinheiro na frente de outros hóspedes. Quando precisar fazer isso, leve o montante escondido em uma doleira para o banheiro ou outro lugar mais reservado.
  • Acredite na sua intuição. Se suspeitar de alguma pessoa, fique de olho nela. Se presenciar alguma coisa, comunique aos funcionários.
  • Existem hostels que oferecem quartos exclusivos para mulheres. Pode ser uma boa saída para aquelas que ainda estão se sentindo inseguras.
  • Se for passar o dia inteiro fora, não precisa fazer com que todo mundo fique sabendo. Dessa forma você estará facilitando a ação de gente mal-intencionada.
  • Não aceite bebidas de estranhos e fique de olho no seu copo durante as festas.

Continua após a publicidade

Fazendo amigos no hostel

Esqueça um pouco os aparatos tecnológicos e use as áreas de convivência do hostel para interagir

Esqueça um pouco os aparatos tecnológicos e use as áreas de convivência do hostel para interagir. Créditos: Gisele Rocha

Quem procura um hostel como forma de hospedagem, normalmente está super aberto a interações. Até mesmo a estrutura deles, com muitos espaços coletivos, favorece a troca cultural. Use e abuse desses ambientes se tem a intenção de fazer amigos e curtir a estadia acompanhado. A cozinha é um excelente espaço de socialização e muitos hostels também promovem festas gratuitas com esse intuito. Aproveite para ver os melhores party hostels da América do Sul e da Europa.

Como se comportar em um hostel

Não deixe os seus pertences espalhados pelo hostel

Não deixe os seus pertences espalhados pelo hostel. Créditos: Kate Brady / Fonte: Flickr

Toda convivência exige, também, responsabilidades. Isso não é válido só na primeira vez que você for se hospedar em um hostel, mas para toda a vida.

Se o seu quarto é compartilhado (os hostels já oferecem opção privativas), é preciso ter bom senso e a consciência de que nem todo muito tem os mesmos hábitos, costumes e horários que você. Procure relaxar e não implicar demais com os colegas de quarto por conta de uma luz acessa no meio da noite ou um ronco mais alto. Faz parte da experiência de compartilhar a hospedagem. Tudo se resolve com plugs de ouvido e tapa olho.

Por outro lado, você também precisa usar o semancol. Se for fazer check-in de madrugada, use a lanterna do celular ao chegar no quarto. Se precisar ir embora quando todos estiverem dormindo, faça as malas durante o dia. Busque sentar e colocar seus pertences apenas na sua cama, mantenha o banheiro e a cozinha limpos após usar. Sim, isso inclui lavar copos, pratos, talheres e demais utensílios que você utilizar.

Leve seu lixo ao sair e lembre-se que ninguém é obrigado a ver e ouvir seus amassos empolgados no affair que você conquistou durante a viagem. Uma boa estadia em hostels pressupõe respeito e empatia.

Prepare-se para sua viagem

Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito.

É altamente recomendável contratar um seguro viagem para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 18/07/19 você pode usar o cupom FERIAS para garantir 10% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado!

Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Passagens Promo.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Gisele Rocha

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

Ver mais artigos de Viajei Bonito

Créditos da imagem de capa: Gisele Rocha

10 comentários em “Macetes para quem vai se hospedar em hostel pela primeira vez”

  1. Amo hostel. Acho vida! Não só pela economia que se faz, mas pelas pessoas que você conhece. Escrevi um post tipo esse no blog Partiu Viajar justamente para encorajar quem tem receio. Parabéns pelo post!

  2. Ótimas dicas! Alguns hostels tem se especializado tanto em receber seus hóspedes com mais conforto, que os preços já podem ser comparados com hotéis mais em conta.

  3. ótimas dicas até pra quem já é experiente em hostel, ainda caio em muitas furadas, mas é sempre bom estar atento.
    às vezes acho que estou ficando velha pra ficar em hostel, mas sempre vejo se tem algum disponível onde quero ir!

  4. Adorei suas dicas! Já me hospedei num hostel uma única vez e fiquei com um pouco de receio. Mas graças a Deus deu tudo certo, gostei e recomendo o lugar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *