(Atualizado em janeiro de 2020) A aproximadamente três horas de Florianópolis, Urubici é um dos destinos mais conhecidos na Serra Catarinense. Repleta de cachoeiras, grutas e cavernas, a cidade é uma boa pedida para quem quer fugir do calor exaustivo da Ilha da Magia. Por isso, quando uns amigos que são de lá nos convidaram para passar o feriado da Páscoa com eles, não pensamos duas vezes.

Urubici pode ser visitada em qualquer época do ano. Na primavera e no verão os dias são mais quentes, favoráveis para quem quer fazer trilha e se refrescar nas cachoeiras. Já no outono e inverno o clima fica mais bucólico, a paisagem fica coberta pela neblina, às vezes com gelo e até neve.

Neste post mostrarei o roteiro que fiz em um fim de semana em Urubici, com explicações sobre como chegar e dicas de onde se hospedar.

Para ler em seguida

Como chegar a Urubici

Avião

O aeroporto mais próximo de Urubici é o Hercílio Luz, em Florianópolis. A distância entre os dois pontos é de aproximadamente 175 km e a única forma de percorrê-la é por terra.

Carro

Fica complicado conhecer Urubici e ter acesso às suas belezas naturais sem um veículo à disposição. Se estiver viajando sem carro, você precisará alugar um em Florianópolis para usufruir de tudo que a serra tem a oferecer.

Saindo de Floripa, seguimos pela BR-282. Ainda era quinta-feira e como não estávamos com pressa para chegar no destino final, fizemos algumas paradas no caminho. A primeira delas em Rancho Queimado. A cidade é conhecida pela plantação de hortênsias na entrada, mas o que chamou nossa atenção foi o grande portal com estilo alemão. Ao lado dele está a fábrica centenária de uma bebida muito popular e apreciada na Grande Florianópolis: o Guaraná Pureza.

🚘 Aluguel de carro em Florianópolis

Como dito, explorar Urubici sem carro é inviável. E a forma que adotamos para encontrar o melhor preço em aluguel de veículos é pesquisando na Rentcars, uma ferramenta que compara preços nas principais locadoras do mundo. O valor pode ser parcelado no cartão em até 12 vezes. Fazer cotação

O que fazer em Urubici

Nosso roteiro para o fim de semana (ou feriado prolongado) abrange os principais pontos turísticos de Urubici. Se você tiver mais tempo para explorar a região, conheça também São Bonifácio e São Martinho, São Joaquim, Lages, Urupema, Bom Jardim da Serra e a Serra do Rio do Rastro, em Lauro Muller, outras cidades serranas no estado de Santa Catarina. 

Mas deixemos de papo e vamos direto ao ponto: o que fazer em Urubici!

Mirante do Urubici

O primeiro ponto de parada foi no Mirante Urubici, que fica em uma curva no alto da Estrada São Joaquim. De lá tivemos uma linda vista da cidade, envolta por montanhas, com destaque para a Igreja Matriz, que visitamos no dia seguinte. Parar o carro ali pode ser complicado em dias de chuva ou de movimentação intensa, então dirija com cuidado.

Inscrições rupestres

Inscrições rupestres em Urubici, Santa Catarina
Inscrições rupestres em Urubici, Santa Catarina. Créditos: Rosanetur / Fonte: Flickr

Seguindo pela Estrada São Joaquim, a poucos minutos do mirante, existe um sítio arqueológico com murais de inscrições rupestres que datam de mais de 4 mil anos. Ele está em uma propriedade particular que é administrada por um grupo chamado Guardião do Avencal, que cuida para que não haja danos nesse patrimônio de tamanha importância.

Acredita-se que o lugar era utilizado por povos ancestrais para rituais xamânicos, mas não há muitas informações históricas dentro do sítio. O caminho até as pinturas rupestres é feito por rampas de madeira, com acessibilidade para cadeirantes e carrinhos de bebê. Há também trilhas que levam a pequenas grutas, mas não recomendo a visita se o dia estiver chuvoso.

Horário de funcionamento: todos os dias, exceto quarta-feira, das 9h às 19h.
Preço: R$ 6 por pessoa.

Parque Cascata do Avencal

Cachoeira do Avencal, cartão postal de Urubici, SC
Cachoeira do Avencal, cartão postal de Urubici, SC. Créditos: Rosanetur / Fonte: Flickr

Na sexta-feira da Paixão fomos ao Parque Cascata do Avencal bem cedo, imaginando que ele pudesse ficar superlotado. Fomos ao mirante, de onde é possível ver a Cachoeira do Avencal do alto de seus 100 metros de altura. Os destemidos podem descer uma tirolesa que oferece vista privilegiada da queda d’água. É só desembolsar R$ 35, além dos R$ 10 do ingresso do Parque.

Se o seu objetivo for relaxar, dá para passar o dia inteiro aqui de bobeira, caminhando pelas trilhas, andando de pedalinho e até fazendo rapel. Cada atividade tem um preço, consulte na portaria.

Preço: a entrada do parque custa R$ 10, mas para cada atividade é necessário pagar um valor à parte.

Quedas do Avencal

Passarela de vidro sob a Cachoeira do Avencal
Passarela de vidro sob a Cachoeira do Avencal. Créditos: Divulgação Quedas do Avencal

Existe outro parque chamado Quedas do Avencal que ganhou fama em Urubici graças ao seu mirante de vidro, com uma pequena passarela que dá frio na barriga de quem caminha sobre ela. A partir dela é possível ver a cachoeira e os cânions em um panorama incomparável.

Preço: R$ 10 por pessoa.

Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens

Voltando para o centro, vimos que a Igreja Matriz estava aberta e entramos para conhecê-la. Se de longe a basílica se destaca na paisagem, de perto ela é ainda mais bonita graças a seus vitrais, que remetem ao nascer e ao pôr do sol, e a seu altar de pedra.

Soubemos que na época de sua inauguração, lá na década de 1970, os moradores não curtiram muito a arquitetura da igreja, achando que ela desproporcional às outras construções. Hoje ela é um dos lugares mais visitados em Urubici.

Aproveitamos que estávamos no centro para ir ao Instituto Chico Mendes Parque Nacional de São Joaquim (ICMBio) e pegar a autorização para visitar o Morro da Igreja, sobre o qual falarei mais adiante.

Morro da Igreja

Morro da Igreja e Pedra Furada
Morro da Igreja e Pedra Furada. Créditos: Otávio Nogueira / Fonte: Flickr

Como nossa autorização para o Morro da Igreja era para a parte da tarde, assim que o relógio marcou meio dia partimos em direção ao nosso principal programa do dia. Chegando ao posto de checagem, já subindo o morro, havia uma pequena fila de carros. Você só pode subir quando um carro descer. Ficamos ali cerca de 25 minutos esperando a nossa vez.

A subida foi bem tranquila, a estrada é bem pavimentada e tem poucos trechos com buracos. Do posto de checagem até o topo são dez quilômetros e a vista é de tirar o fôlego. Enquanto subíamos tivemos uma pequena surpresa: um felino selvagem não identificado (possivelmente um filhote de puma, que é comum na região) cruzou a estrada bem na nossa frente. Dá pra imaginar a euforia dentro do carro, né?

A 1.822 metros de altitude, o Morro da Igreja está entre os dez mais altos de Santa Catarina e é comum que as pessoas se juntem aqui durante o inverno na esperança de verem neve. A vista para a Pedra Furada e o cânion é algo que não sei expressar com palavras.

O tempo máximo permitido para permanência no local é de 20 minutos. Se for visitar, leve casaco, mesmo que seja um dia lindo de sol. Lá no alto venta MUITO e a temperatura cai bastante.

A partir daqui é possível fazer a trilha da Pedra Furada, mas é preciso agendar e contratar um dos guias autorizados. O trajeto de ida e volta é de 8 km e dura aproximadamente 6 horas. Nós não o fizemos.

⚠️ ATENÇÃO!

Antes de seguir para o Morro da Igreja é necessário agendar a visitação através do site do ICMBio e pegar a autorização impressa na sede do instituto, que fica na Avenida Pedro B Warmeling, esquina com a Rua Carlos Karklin, no Centro de Urubici. A entrada no local é controlada por conta do pouco espaço para estacionamento e fragilidade ambiental.

Cascata Véu da Noiva

Descendo o Morro da Igreja, bem no posto de checagem, há uma entrada para a Cascata Véu da Noiva. Nessa também precisa pagar R$ 10 por pessoa para entrar. O nome é por causa da aparência da cachoeira, que lembra muito um véu de noiva. Dentro do espaço há ainda um restaurante e uma pousada.

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 8h às 18h.
Preço: R$ 10 por pessoa.

Gruta Nossa Senhora de Lourdes

Visitar lugares sagrados em dia de feriado religioso requer paciência para lidar com multidões e respeito para não atrapalhar as orações. A Gruta Nossa Senhora de Lourdes é praticamente uma igreja ao ar livre, com imagens sacras colocadas em paredões naturais, de onde cai uma cascatinha 10 metros de altura.

Peregrinos passam por aqui o ano inteiro, mas é em outubro que eles chegam em maior número, já nessa época do ano acontece a Romaria da Penitência. É interessante observar os objetos, fotos e orações que são deixados em agradecimento por graças alcançadas.

Caverna do Rio dos Bugres

Caverna do Rio dos Bugres, Urubici, SC
Caverna do Rio dos Bugres, Urubici, SC. Créditos: Guylherme Morais

O dia sábado foi generoso com a gente e deixou o sol aparecer bastante. Depois de um café da manhã reforçado fomos em direção à Caverna do Rio dos Bugres, nossa primeira parada do dia.

Antigo abrigo indígena, a caverna fica a meia hora do centro da cidade, 11 km adentro da SC-370. Localizada dentro de uma pousada, é necessário pagar uma taxa de R$ 10 por pessoa para visitar e só aceitam dinheiro vivo. O visual já é bonito desde o trajeto para chegar à caverna. Várias fazendinhas, plantações de milho, maçã, repolho, etc por todos os lados e um rio que corta o caminho duas vezes.

Horário de funcionamento: todos os dias, 24 horas por dia
Preço: R$ 10 por pessoa

Rio Sete Quedas

Dia de sol combina com cachoeira, então fomos logo a um lugar onde existem sete delas! O Rio Sete Quedas fica em uma propriedade privada, para entrar é necessário pagar uma taxa de R$ 8. A recepcionista explica a trilha, que é autoguiada, com dificuldade moderada já que passa dentro de partes rasas do rio.

É preciso ter cuidado com as pedras escorregadias! Não é recomendável fazer de chinelo ou descalço, o ideal é ir de tênis ou com aquelas sapatilhas de solado antiderrapante. Idosos e famílias com crianças pequenas podem ter dificuldade em algumas áreas, por isso é importante conhecer os limites de cada um e respeitá-los.

O percurso total, incluindo paradas para banho, leva em torno de 4 horas. Ao chegar à última cachoeira basta voltar pela estrada de terra que tem cerca de 1.800 metros. É um pouco cansativo, mas recompensador.

Horário de funcionamento: das 8h às 20h na primavera e verão e das 8h às 17h30 no outono e inverno.
Preço: R$ 8 por pessoa.

Morro do Campestre

Guarde um pouco de energia para conhecer o Morro do Campestre, a melhor vista do pôr do sol em Urubici. O acesso foi facilitado e agora é possível fazer uma parte do percurso de carro e terminar com uma escada de mais ou menos 150 degraus.

Ao chegar, podemos ver de perto uma formação rochosa de arenito com um arco que lembra muito aquelas paisagens dos desertos dos Estados Unidos que aparecem nos filmes e em papéis de parede do Windows. São 1.380 metros de altitude, olhar para baixo dá um certo frio da barriga, mas é legal.

Preço: R$ 10 por pessoa.

Serra Corvo Branco

O Domingo de Páscoa chegou e com ele o dia de ir embora. Escolhemos outro rota para podermos conhecer o único ponto turístico de Urubici que faltava: a Serra do Corvo Branco, uma das estradas mais bonitas do país, e que também já foi considerada uma das mais perigosas. 

A dica é testar os freios antes de sair e evitar esse caminho em épocas de chuva, quando ela é constantemente interditada devido a deslizamentos.Bom, aqui encerramos o nosso roteiro.

Urubici ainda tem muitas outras atrações naturais, só cachoeiras são mais de 80 na região. Com certeza voltaremos para conhecer outros locais.

Pousadas em Urubici

Pousada Valle do Avencal, uma boa opção para quem procura onde ficar em Urubici
Pousada Valle do Avencal, uma boa opção para quem procura onde ficar em Urubici. Créditos: Divulgação
  • Pousada Valle do Avencal (73): um lugar silencioso, cercado por natureza exuberante, construído com conforto e sofisticação sem interferir no meio ambiente. A pousada conta com sete lofts com varanda, quarto com cama queen size e um segundo ambiente com banheira de hidromassagem com vista para um lago e para a mata de araucárias. Oferece wi-fi e estacionamento gratuito. Está a 800 metros de distância da famosa Cachoeira do Avencal.
  • Pousada Jardim do Buda (69): a pousada, como o próprio nome sugere, é um convite ao relaxamento. Rodeada de árvores, a área externa também conta com lago e lounge com piscina e espreguiçadeiras. As suítes possuem TV a cabo, aquecedor e wi-fi. Também está próxima à Cachoeira do Avencal .
  • Hotel Aconchego (73): localizado no centro de Urubici, o hotel possui quartos duplos e triplos equipados com TV com tela LCD e frigobar. Possui Wi-Fi e estacionamento gratuito. De todos os estabelecimentos mencionados, esse é o único que aceita animais de estimação.
  • Café e Cabanas Lenha no Fogo (72): aqui você dorme com o barulho da natureza e acorda com um delicioso café colonial regado de quitutes da região servido em um espaço rústico e charmoso. Os chalés são equipados com ar-condicionado, televisão e frigobar. Está a poucos minutos da Gruta Nossa Senhora de Lourdes.

Seguro viagem nacional

Ainda falando sobre segurança e bem-estar, se o seu plano de saúde não oferece cobertura em todo o território brasileiro, você deve contratar um plano de seguro viagem nacional.

Você não vai querer ficar à mercê da saúde pública em um lugar de difícil acesso, né? O seguro nacional custa apenas R$3,57 por dia e cobre despesas médicas nos melhores hospitais do país, além de reembolsar gastos causados por atraso de voo, extravio de bagagem e outros imprevistos decorrentes da viagem.

Seguros Promo
TRANQUILO
Cupom que dá direito a 15% de desconto Ver todos os cupons Enviar por e-mail

Cupom temporário válido entre 01/08/2020 e 31/08/2020
  1. Acesse a página da Seguros Promo
  2. Preencha as datas de sua viagem e escolha um destino
  3. Selecione a apólice
  4. Utilize o cupom na etapa de pagamento

Informe abaixo seu e-mail para receber este cupom em sua caixa postal. Ele não será armazenado, nem utilizado para enviar campanhas de marketing.
Real Seguro Viagem
PROMO10
Cupom que dá direito a 10% de desconto Ver todos os cupons Enviar por e-mail

Como utilizar este cupom
  1. Basta utilizar este link
  2. No momento da conclusão da compra, o valor do desconto será automaticamente aplicado ao total

Informe abaixo seu e-mail para receber este cupom em sua caixa postal. Ele não será armazenado, nem utilizado para enviar campanhas de marketing.
Prepare-se para sua viagem Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito. Mesmo sem a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem ao viajar pelo Brasil, é altamente recomendável para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 31/08/20 você pode usar o cupom TRANQUILO para garantir 15% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado! Como alternativa, nós sugerimos que você também faça uma cotação na Real Seguro Viagem. Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais nas plataformas da Kayak e da Skyscanner. Aprenda a criar um alerta de passagens aéreas em promoção. Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar. A ClickBus é uma plataforma para compra de passagens de ônibus no Brasil indicada pela ampla quantidade de itinerários. Utilize o cupom 5ABUS para garantir 5% em sua compra. Receba um desconto em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: gabikdoamaral / Fonte: Pixabay

Guylherme Morais
Formado em Comunicação Social, amante do futebol e do esporte da bola laranja, viajar é literalmente a sua vida. Em 25 anos morou em seis cidades diferentes e não sabe se um dia vai simplesmente ficar em uma pra sempre. Ver mais artigos de Guylherme Morais Créditos da imagem de capa: gabikdoamaral / Fonte: Pixabay
2 comentários em “Urubici, SC: o que fazer em um fim de semana na Serra Catarinense”
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *