Onde se hospedar durante o Carnaval do Rio de Janeiro

Chegou a hora de tirar as fantasias no armário, arrumar as malas e cair na folia. Mas você já sabe onde ficar? O Carnaval do Rio de Janeiro é uma festa internacionalmente conhecida e atrai foliões do mundo inteiro, o que é ótimo para o setor hoteleiro, mas não tão bom para aqueles que viajam com o orçamento limitado.

Para quem procura por hospedagem em cima da hora, as perspectivas não são boas. Os hotéis, pousadas e hostels com diárias mais baratas tendem a se esgotar rapidamente, sobrando apenas aqueles com tarifas astronômicas ou localizados em lugares pouco seguros.

Para quem não tem amigos ou parentes na cidade, a tarefa de encontrar um lugar para passar a noite é ainda mais complicada. Por isso, resolvi escrever este guia de hospedagem, levando em consideração os preços mais amigáveis e a localização junto aos melhores blocos de rua.

Antes de viajar

Reserve a hospedagem no Rio de Janeiro com antecedência para todos os dias de Carnaval. Alguns viajantes têm o hábito de reservar apenas a primeira noite para sacar o lugar antes de pagar por todos os dias. Só que durante o Carnaval no Rio todos os hotéis e hostels ficam lotados e assim fica bem complicado arrumar alguma coisa em cima da hora. Um colega que dormiu na praia de Copacabana por não ter onde passar a noite disse que foi uma experiência traumática. Não coloque sua vida em risco!

Outra dica é pesquisar no Google Maps se o hostel que você escolheu está perto do metrô, que é a maneira mais fácil e barata de se deslocar na cidade.

Copacabana, Ipanema e Leblon

Bloco de rua em Copacabana, Rio de Janeiro
Bloco de rua em Copacabana, Rio de Janeiro. Créditos: ilasfoto / Fonte: Flickr

São bairros nobres da Zona Sul do Rio de Janeiro, banhados por praias que ficam lotadas durante o Carnaval. A orla é tomada por blocos e carros de som e transitar ali nessa época do ano não é fácil.

Entre os blocos mais conhecidos, estão a Banda de Ipanema, Simpatia é Quase Amor, Rio Maracatu, Bloco da Favorita e Empolga às 9.

Copacabana

Esqueçam a alcunha de “Princezinha do Mar“, ao menos durante o Carnaval. Infelizmente, muitos visitantes têm o hábito repugnante de largar lixo e “regar” a areia após alguns goles de cerveja. O resultado disso são praias sujas e fedorentas, para a tristeza dos banhistas.

Para quem quer apenas aproveitar os blocos de rua, Copacabana pode ser uma boa alternativa, já que está entre os bairros mais seguros da cidade e é bem abastecido de transporte público.

Os melhores hotéis e albergues em Copacabana: 

Descubra outras opções de hospedagem em Copacabana.

Ipanema

Imortalizado na canção de Vinicius de Moraes e Tom Jobim há 55 anos, até hoje Ipanema é bem frequentada. Embora ali predominem hotéis e restaurantes luxuosos, é possível encontrar albergues com diárias econômicas.

Os melhores hotéis e albergues em Ipanema: 

Descubra outras opções de hospedagem em Ipanema.

Leblon

É o metro mais caro do Rio de Janeiro e isso reflete diretamente nos preços das estadias. Em compensação, conta com excelente rede de transportes, incluindo várias linhas de ônibus e o recém-inaugurado metrô.

Os melhores hotéis e albergues no Leblon: 

Descubra outras opções de hospedagem no Leblon.

Botafogo, Flamengo, Catete e Laranjeiras

Bloco de Carnaval no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro
Bloco de Carnaval no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro. Créditos: Gisele Rocha

Essa é uma área bastante movimentada na cidade e um tanto segura, com a grande vantagem de estar próxima ao aeroporto Santos Dumont. Para a alegria dos foliões, os maiores e melhores blocos de Carnaval do Rio de Janeiro acontecem bem ali, no Aterro do Flamengo. Destacam-se entre eles o Sargento PimentaBangalafumenga e a Orquestra Voadora.

Botafogo

Ficando em Botafogo, você estará a duas estações (de metrô) do Aterro, mas ficará mais perto de outros blocos tão divertidos quanto os de lá, como o Bloco dos Barbas, que todo ano refresca os foliões com jatos d’água vindos de um carro pipa. Por isso, a minha dica é que você leve todos os seus pertences dentro de uma sacola de plástico para que não sejam danificados.

Os melhores hotéis e albergues em Botafogo: 

Descubra outras opções de hospedagem em Botafogo.

Flamengo

Considerado um bairro nobre do Rio de Janeiro, o Flamengo é uma excelente localização para quem quer curtir os blocos do Aterro e aproveitar o burburinho da Praça São Salvador.

Os melhores hotéis e albergues no Flamengo: 

Descubra outras opções de hospedagem no Flamengo.

Catete

O Catete está fora da muvuca, mas ainda assim fica muito perto dos principais blocos carnavalescos do Rio de Janeiro. Pode ser considerado um bairro seguro e bem conectado ao resto da cidade através do transporte público.

Os melhores hotéis e albergues no Catete: 

Descubra outras opções de hospedagem no Catete.

Laranjeiras

Laranjeiras é um bairro predominantemente residencial, com belas construções antigas, entre elas o Palácio Guanabara, sede do governo do Rio. Por estar em uma área menos badalada, é mais fácil encontrar hospedagem barata.

A localização está entre as melhores, bem perto do Aterro e de Santa Teresa. Dos blocos de rua, destacam-se o Imprensa que eu Gamo e Volta, Alice (o único cordão de ladeira da cidade do Rio de Janeiro).

Os melhores hotéis e albergues no Flamengo: 

Descubra outras opções de hospedagem no Flamengo.

Lapa e Santa Teresa

Bloco de Rua na Lapa, durante o Carnaval do Rio de Janeiro
Bloco de Rua na Lapa, durante o Carnaval do Rio de Janeiro. Créditos: Omar Uran / Fonte: Flickr

São bairros centrais, conhecidos entre os boêmios pelas noites que nunca têm fim. Há opções para todos os bolsos e gostos musicais, do blues ao sertanejo.

Apesar do clima descontraído, a área não é das mais seguras e o transporte para as partes mais altas é escasso. Taxistas comumente rejeitam corridas para as ruas mais desertas e os passageiros precisam completar o percurso a pé.

No Carnaval a área fica mais movimentada e os riscos de assalto diminuem. A grande vantagem são as diárias mais baratas e a localização privilegiada tanto para aqueles que assistirão aos desfiles na Sapucaí quanto para quem só quer saber de correr atrás dos blocos. Os melhores dessa região são o Cordão do Bola Preta, Cordão do Boitatá, Monobloco, Céu na Terra, Carmelitas e Afroreggae.

Lapa

Nas vielas estreitas e mal iluminadas da Lapa, o perigo é eminente, mas nas proximidades dos Arcos a polícia se faz presente, sobretudo no Carnaval. Cuide dos seus pertences e evite andar desacompanhado, assim você estará mais seguro.

Os melhores hotéis e albergues na Lapa: 

Descubra outras opções de hospedagem na Lapa.

Santa Teresa

Santa Teresa é o bairro das ladeiras e do charme, lotado de bares, de casarões centenários e espaços culturais. A ele dedicamos um artigo inteiro, com dicas sobre o que ver e fazer durante o ano inteiro.

Durante o Carnaval, as ruas são tomadas pelos blocos mais inusitados, entre eles o Carmelitas, de onde surgiu a lenda de que uma freira pula o muro do convento todos os anos para curtir a folia. Para ajudá-la, os foliões se vestem como irmãs de caridade e assim ninguém consegue descobrir quem é a fujona.

Outro bloco sensacional de Santa Teresa é o Super Mário Bloco, que sempre sai na quarta-feira de cinzas. As músicas do jogo são tocadas numa batida de marchinha e a galera se fantasia como os personagens. É imperdível!

Os melhores hotéis e albergues em Santa Teresa: 

Descubra outras opções de hospedagem em Santa Teresa.

Marquês de Sapucaí

Desfile de Carnaval do Sambódromo Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro
Desfile de Carnaval do Sambódromo Marquês de Sapucaí, Rio de Janeiro. Créditos: Fora do Eixo / Fonte: Flickr

O Sambódromo da Marquês de Sapucaí fica localizado entre os bairros Centro e Cidade Nova, uma zona não tão segura do Rio de Janeiro, principalmente à noite.

Para quem vai aos desfiles das escolas de samba, recomendo que se hospede na Zona Sul ou em Santa Teresa, áreas próximas que são bem abastecidas por transporte público.

Como chegar

Use o metrô para chegar à Passarela do Samba, ele é seguro e durante o carnaval opera 24 horas por dia. Desça na estação Praça Onze se você estiver indo para setores pares ou na estação Central se estiver indo para setores ímpares. Há sinalização para todos os lados, não há chances de se perder por ali.

Outra opção é usar ônibus e vans, mas não recomendo para quem não sabe se deslocar na cidade, principalmente porque param longe do sambódromo. Independente da forma de transporte que escolher, saia com antecedência para os desfiles e prepare-se para o tumulto.

Outra alternativa de hospedagem

Outra opção para economizar em hospedagem durante o Carnaval no Rio de Janeiro é o Airbnb, uma plataforma bastante segura na qual as pessoas alugam suas casas ou apenas alguns cômodos.

Recorri ao Airbnb diversas vezes durante a temporada que Adriano e eu passamos nos Estados Unidos e recomendo fortemente. Você pode filtrar a sua pesquisa com base em preços, tipos de acomodação e localização. Se cadastrando através do nosso link, você consegue desconto de R$130 na primeira estadia.

Dicas de segurança

A essa altura você já deve ter lido o nosso manual de sobrevivência para o Carnaval do Rio de Janeiro e já sabe como aproveitar a festa sem se colocar em perigo. Isso não basta! Saber se virar em hostel é crucial para ter uma experiência agradável e sair de lá com novos amigos e todos os seus bens.

Aqui vão algumas dicas baseadas nas minhas vivências em albergues nos últimos 11 anos:

  • Leve dois cadeados: um para trancar a mochila e outro para o armário.
  • Não conte dinheiro na frente de outras pessoas. Faça isso dentro do banheiro ou em outro lugar seguro.
  • Quando for pagar o hostel, se optar pelo cartão de crédito, verifique se não há ninguém perto de você bisbilhotando a senha. Conheço gente que foi roubada assim.
  • Saia de casa apenas com um documento de identificação, carteira do plano de saúde e uma quantia que cubra as despesas do dia. Guarde o restante dentro da bolsa que ficará no armário individual, dentro do quarto.
  • Não leve pessoas desconhecidas para o hostel.
  • Alguns hostels disponibilizam quartos exclusivos para mulheres, mais seguros para aquelas que viajam sozinhas.
  • Se possível, escolha a cama de baixo do beliche. Assim você consegue ver melhor a movimentação no quarto e evita o risco de cair da escada quando tiver tentando subir depois de uns gorós.
  • Use plugs nos ouvidos. Não é bem uma dica de segurança, mas ajuda muito na hora de dormir, principalmente durante o Carnaval, quando os hóspedes estão mais animados.

Espero que este post lhe ajude a encontrar o melhor lugar para passar o Carnaval no Rio de Janeiro. Se ainda houver alguma dúvida, sinta-se livre para entrar em contato através dos comentários.

Aproveite a festa!

Onde se hospedar durante o Carnaval do Rio de Janeiro

Prepare-se para viajar

Ícone seguro viagem

Use o cupom CRIANCA para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto, pagando via PIX ou boleto bancário. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Compre passagens aéreas com até 35% de desconto usando o comparador de preços ou utilize a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus, a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Gisele Rocha

Formada em Comunicação Social pela UFJF. Andou meio mundo tentando descobrir o que queria fazer, até descobrir que queria mesmo era andar pelo mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo