Seguro viagem para a América do Sul agora é obrigatório?

Preciso de seguro viagem para a América do Sul? Em quais países é obrigatório? Qual é o melhor? E o mais barato? Quais oferecem cobertura para Covid-19? Quanto custa? Como fazer uma cotação?

Mais do que nunca viajantes brasileiros têm se interessado em conhecer países vizinhos. Isso se dá graças às belezas naturais e cenários paradisíacos que se difundem pelas redes sociais, mas também pela diversidade cultural, gastronomia rica e saborosa, facilidade de entrada sem necessidade de passaporte e visto, além baixo custo em relação a outros países mais distantes. Mas quando o assunto é seguro viagem Mercosul, ainda surgem muitas dúvidas, e nós estamos aqui para esclarecê-las.

O mal de altitude afeta viajantes em países como Bolívia, Peru, Colômbia, Chile e Equador
O mal de altitude afeta viajantes em países como Bolívia, Peru, Colômbia, Chile e Equador. Créditos: Luana Alencar

Não combina com a euforia de se planejar uma viagem a lista de possíveis imprevistos que podem acontecer, mas é importante se precaver. 

1. Soroche

Para quem viaja para o Peru, Bolívia ou pelo norte da Argentina, o mal de altitude pode causar falta de ar, ânsia de vômito, dores de cabeça e fadiga, podendo evoluir para quadros mais graves caso não seja tratada com a devida seriedade.

2. Comidas exóticas

Para mergulhar na cultura local, é indispensável experimentar pratos típicos e comidas de rua. No entanto, intoxicação alimentar, diarreia, febre e enxaqueca não escolhem hora e lugar para estragar o seu dia. O seguro viagem Mercosul reembolsa até os remédios que o médico prescrever para esses problemas.

3. Acidentes de trânsito

Atropelamentos e quedas também podem acontecer diante de qualquer distração, mas não é só isso. Se você estiver conduzindo um veículo – próprio ou alugado – e se envolver em algum acidente de trânsito, o seguro viagem dará assistência jurídica e até adiantamento para pagamento de fiança.

4. Esportes radicais

Existem vários destinos fantásticos para esquiar na América do Sul, mas até mesmo praticantes experientes se acidentam e mesmo que a lesão não seja grave, um ou dois ossinhos quebrados já podem arruinar uma viagem. No Chile conheci um casal de brasileiros que disseram que dois anos antes gastaram algo em torno de R$ 11.000,00 com tratamento médico fora do Brasil após o homem se machucar em uma estação de esqui.

5. Voos cancelados

Voos cancelados por motivos de desastres naturais ou manifestações políticas trazem despesas extras e transtornos que podem ser minimizados com o auxílio do seguro viagem para a América do Sul, que também pode ser a salvação em casos de perda ou furto de documentos e cartões. 

Como você pode ver, só a cobertura de um seguro viagem internacional traz a tranquilidade que você precisa para curtir cada momento sem se preocupar com o que pode acontecer durante o tempo em que você estiver fora de casa.

Qual é o seguro viagem mais barato para a América do Sul?

Com apenas R$ 10 por dia é possível encontrar um plano de seguro que cubra as necessidades básicas de um viajante saudável sem deixá-lo na mão durante a viagem.

Os três planos de seguro viagem mais baratos para a América do Sul atualmente são: Intermac 15Affinity 15 e AC 50. Nós usamos a plataforma da Seguros Promo para fazer um comparativo entre os três e vimos que todos eles oferecem cobertura médica hospitalar, odontológica e farmacêutica, além de regresso sanitário e traslado do corpo, que são despesas que o governo brasileiro não custeia em casos de acidentes fatais. 

De qualquer forma, é importante ler detalhadamente a apólice de seguro para se inteirar sobre as especificidades de cada plano.

ATENÇÃO! O seguro mais barato não oferece cobertura para despesas relacionadas ao tratamento de coronavírus, que atualmente está sendo exigida por alguns países da América do Sul.

Seguro viagem para a América do Sul com cobertura para Covid-19

Você já deve ter ouvido falar que as seguradoras não cobrem surtos, epidemias e pandemias. Essa era a realidade até o surgimento do novo coronavírus, que mudou de forma definitiva a prestação de serviços no setor do turismo.

Diante das novas circunstâncias, empresas como Travel Ace, GTA, Affinity e Intermac criaram planos de seguro viagem para a América do Sul com cobertura para Covid-19. Faça uma comparação entre eles.

Qual é o melhor seguro viagem para a América do Sul?

Escolha um seguro viagem para a América do Sul com cobertura para esportes radicais
Escolha um seguro viagem para a América do Sul com cobertura para esportes radicais. Créditos: Viajei Bonito

Para pessoas idosas, com doenças preexistentes, gestantes e praticantes de esportes radicais, o ideal é procurar um plano com cobertura mais completa. Nós recomendamos o TA Value Covid-19, da Travel Ace, que oferece USD 80.000 para despesas médicas emergenciais, além de USD 30.000 para despesas médicas relacionadas ao coronavírus, sendo o único a cobrir translado de corpo devido a morte por covid-19.

Fizemos uma cotação na Seguros Promo e o preço final foi de R$ 77 por dia (mas usando nossos cupons de desconto você pagará até 20% menos).

Além de assistência médica, o plano abrange:

  • Cobertura médica para prática de esportes.
  • Cobertura médica para gestantes até 28 semanas.
  • Cobertura odontológica.
  • Cobertura farmacêutica.
  • Seguro de USD 60.000 por morte acidental ou invalidez permanente.
  • Passagens de ida e volta, além de hospedagem para acompanhante em caso de acidentes ou enfermidade súbita.
  • Regresso sanitário de até USD 50.000.
  • Gastos por atraso de voo (a partir de 6 horas).
  • Assistência na localização da bagagem.
  • Indenização em casos de extravio ou atraso de mala.
  • Orientação em caso de perda de documentos e cartão de crédito.
  • Ajuda de custo para pagar despesas provenientes do cancelamento de viagem por morte de parente de primeiro grau ou internação do próprio assegurado em até 48 horas antes do embarque.

O seguro viagem para a América do Sul é obrigatório?

SIM! O seguro viagem América do Sul passou a ser obrigatório em alguns países devido à pandemia de coronavírus, e o que antes era opcional tornou-se uma exigência. Cada país tem suas regras, como você pode ver a seguir:

bandeira da argentina Argentina

A entrada no país está restrita a cidadãos argentinos e residentes, bem como seus cônjuges, pais, filhos e irmãos. Quem se incluir nesse grupo deverá:

  • contratar um plano de seguro viagem para a Argentina com cobertura para covid-19;
  • apresentar teste PCR feito até 72 horas antes do voo (não se aplica para crianças abaixo de 6 anos de idade);
  • apresentar documento que comprove relação com cidadão ou residente no país (certidão de nascimento, casamento ou identidade);
  • preencher a “Declaracion Jurada Electrónica” e baixar o app de rastreio de contatos.

bandeira da bolívia Bolívia

A entrada de brasileiros é permitida mediante as seguintes regras:

  • se submeter a quarentena de dez dias;
  • apresentar apólice de seguro viagem para a Bolívia com cobertura para covid-19;
  • comprovar resultado negativo de teste PCR realizado até 72 horas antes do embarque (exceto para crianças com menos de 5 anos);
  • mostrar o Certificado  Internacional de Vacinação contra febre amarela, que já era exigido antes da pandemia.

bandeira do chile Chile

A entrada no Chile é permitida a seus cidadãos e residentes, extensivo a cônjuges, pais e filhos. Para isso será necessário:

  • passar por quarentena de dez dias;
  • apresentar resultado negativo de teste PCR feito até 72 horas antes do voo (exceto para crianças com menos de 2 anos de idade);
  • mostrar apólice de seguro viagem para o Chile com cobertura mínima de USD 30.000 para despesas decorrentes de infecção por coronavírus;
  • preencher a “Declaración Jurada” até 48 horas antes do embarque.

bandeira da colombia Colômbia

A Colômbia reabriu suas fronteiras para a entrada de turistas estrangeiros sem obrigatoriedade de quarentena ou seguro viagem Mercosul. A única exigência é:

  • preencher o formuláro migratório Check-Mig e apresentá-lo no aeroporto.

bandeira do equador Equador

Para ir ao Equador o viajante deve:

  • apresentar o Certificado Internacional de Vacinação contra febre amarela;
  • ter uma apólice de seguro viagem para a América do Sul;
  • mostrar resultado do teste PCR feito até 72 horas antes do embarque;
  • fazer quarentena de dez dias;
  • preencher a “Declaración de Salud del Viajero“.

bandeira da guiana Guiana

Viajantes estrangeiros já podem viajar para a Guiana, mas devem cumprir uma série de exigências:

  • apresentar teste PCR negativo feito até 7 dias antes do embarque;
  • preencher um Passenger Locator Form pelo menos 24 horas antes da chegada;
  • apresentar certificado de vacinação contra covid-19 comprovando que receberam ao menos uma dose das vacinas aceitas: AstraZeneca, Pfeizer, Janssen, Moderna, Sinovac e Sputinik V..

bandeira da guiana francesa Guiana Francesa

Estrangeiros só poderão entrar na Guiana Francesa por razões de emergências familiares ou de trabalho. Ainda assim deverão cumprir os seguintes protocolos:

  • apresentar teste PCR feito até 48 horas antes do voo;
  • preencher o “Attestation de déplacement et de voyage“;
  • seguro viagem com cobertura médica mínima de 30.000 euros;
  • as medidas não se aplicam para menores de 12 anos e para aqueles que já tenham recebido os imunizantes da Janssen, Pfeizer, Moderna, AstraZeneca ou Covishield. 

 bandeira do paraguai Paraguai

Para ingressar no Paraguai, viajantes estrangeiros precisam:

  • mostrar resultado negativo em teste PCR feito até 72 horas antes do embarque (exceto para crianças com menos de 11 anos de idade);
  • preencher a Ficha de Declaración de Salud del Viajero até 30 minutos antes do embarque e apresentar o QR code na imigração;
  • fazer quarentena de 5 dias em hotel ou hostel local (não se aplica a passageiros que tenham recebido a segunda dose da vacina até 14 dias antes da viagem).

bandeira do peru Peru

A entrada de turistas brasileiros no Peru ainda é restrita a cidadãos e residentes, que devem:

  • apresentar resultado negativo de teste PCR feito até 72 horas antes do voo;
  • preencher a Declaración Jurada de Salud até 72 horas antes do embarque e apresentá-lo no aeroporto de chegada;
  • ficar em quarentena de 14 dias em casa ou alojamento aprovado pelo governo local.

bandeira do suriname Suriname

As fronteiras do Suriname foram abertas com restrições:

  • brasileiros poderão entrar no país se apresentarem cartão de vacinação comprovando que receberam as duas doses dos seguintes imunizantes há mais de 14 dias: Pfeizer, Janssen, Moderna, Sinovac, AstraZeneca ou Covishield.

bandeira do uruguai Uruguai

A entrada no Uruguai está restrita a cidadãos e residentes, bem como seus pais, filhos, irmãos e cônjuges. O benefício também é oferecido a refugiados. Todos estão dos as seguintes condições:

  • apresentar documentação que comprove a condição de exilado ou relação com cidadão ou residente no país (passaporte, certidão de nascimento, de casamento ou identidade);
  • adquirir seguro viagem para o Uruguai com cobertura para covid-19 ( exceto para cidadãos e residentes);
  • mostrar teste PCR negativo negativo feito até 72 horas antes do embarque;
  • preencher a “Declaración de Salud del Viajero“;
  • ficar em quarentena de 14 dias caso não tenha recebido as duas doses de qualquer vacina até duas semanas antes da data de chegada.

bandeira da venezuela Venezuela

A Venezuela atualmente só recebe voos vindos da Bolívia, República Dominicana, México, Panamá, Turquia e Rússia. Brasileiros podem visitar o país seguindo os seguintes requisitos:

  • solicitar o Pase de Salud e apresentar o QR code na chegada;
  • seguro viagem com cobertura para covid-19.

As informações desta página foram apuradas em agosto de 2021 e todo esforço será feito para mantê-las constantemente atualizadas, precisas e completas. No entanto, como as regras de segurança de cada país mudam constantemente, é muito importante que você esteja sempre de olho nas informações dos sites oficiais de cada destino do seu roteiro.

Como fazer uma cotação de seguro viagem para a América do Sul?

Nós já fizemos um guia detalhado com passo a passo sobre como fazer o seguro viagem, então vamos resumir:

  1. Entre no site da Seguros Promo.
  2. Insira o destino e a data da viagem. Em seguida preencha seus dados básicos, como nome, e-mail e telefone de contato. Pode preencher tranquilo, eles não mandam SPAM.
  3. Avalie qual plano se adequa melhor às suas necessidades. Você pode comparar até 4 planos diferentes e ver o que cada um oferece. Veja como comparar seguros de viagem.
  4. Preencha os dados do viajante segurado. Se for viajar com a família ou com os amigos, é mais vantajoso fazer um seguro viagem para grupos, sai mais barato.
  5. Imprima a apólice, leve os papéis junto com seu passaporte e cartão internacional de vacinação. Como medida de segurança, deixe uma cópia com seus familiares ou amigos mais próximos.

O valor final do seguro pode ser dividido em até 12x sem juros no cartão de crédito. Para pagamento à vista por PIX ou boleto, você recebe um desconto de 5%.

Cupom de desconto no seguro viagem América do Sul

Leitores do Viajei Bonito ganham desconto em qualquer plano de seguro viagem para a América do Sul. Basta usar um de nossos cupons e seguir as explicações a seguir.

PAI

Esse cupom dá direito a 15% de desconto.

  1. Acesse a página da Seguros Promo
  2. Preencha as datas de sua viagem e escolha um destino
  3. Selecione a apólice
  4. Utilize o cupom na etapa de pagamento

Cupom temporário válido até 16/08/2021

PROMO10

Esse cupom dá direito a 10% de desconto.

  1. Acesse a página da Real Seguro Viagem
  2. Preencha as datas de sua viagem e escolha um destino
  3. Selecione a apólice
  4. Utilize o cupom na etapa de pagamento

Cupom permanente

Como acionar o seguro viagem no exterior?

Após contratar o seguro viagem para a América do Sul, você receberá uma apólice onde estão disponíveis todos os números de atendimento. Faça duas cópias desse documento, leve uma com você e deixe a outra com alguém de sua confiança.

Deixe os números de atendimento em um lugar de fácil acesso. Para acionar o seguro, basta ligar para os telefones indicados, do outro lado da linha um funcionário que fala português estará à sua disposição, facilitando a comunicação e agilizando a solução do problema.

As ligações são gratuitas e podem ser feitas a qualquer hora, uma vez que o serviço funciona durante 24 horas por dia, 7 dias por semana. E por falar em comunicação, é possível sair do Brasil com pacote de voz e dados, garantindo ligações, SMS e internet ilimitados. Nós usamos e recomendamos o chip da EasySim4u.

Vídeo com passo a passo para fazer o seguro viagem

Se você prefere ver a ler, aqui está um vídeo com o passo a passo detalhado para você fazer o seu seguro viagem para a América do Sul com desconto.

Seguro viagem para a América do Sul agora é obrigatório?

Prepare-se para viajar

Use o cupom CLIENTE para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus, a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Adriano Castro

Formado em Ciência da Computação pela UFJF, trabalhou durante 10 anos como analista de sistemas até chutar o balde e tocar a vida como freelancer, carregando seus projetos para onde quer que vá.

Um pensamento em “Seguro viagem para a América do Sul agora é obrigatório?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo