5 lugares para você conhecer no Brasil antes que fiquem famosos

Viajar é muito bom, acredito que todos os leitores desse blog devem concordar com isso. A parte chata é aquele planejamento de procurar passagem barata, encontrar um lugar legal a um preço justo para dormir, o que comer, quais lugares visitar (essa parte é a única legal de pesquisar) e outros planejamentos necessários antes de selar o destino final.

5 lugares para conhecer no Brasil antes que fiquem (muito) famosos. Créditos: Lucas Flavio Miranda / Fonte: Flickr

Clique na imagem acima para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Lucas Flavio Miranda / Fonte: Flickr

É praticamente impossível não criar expectativas durante esse processo. Antes mesmo de sair de casa já começamos a viajar em como serão os lugares, as pessoas, as comidas… Viajamos bonito mesmo!

Quando você chega no local e é exatamente aquilo que sonhou, ótimo! Acertou em cheio. O problema é quando a expectativa é estragada pelo choque de realidade. Ou a cidade é feia e suja, ou as pessoas mal educadas ou, caso bem corriqueiro, todo mundo resolveu ir paro o mesmo lugar que você.

É tanta gente e câmera fotográfica que parece até coletiva de imprensa anunciando o retorno dos Beatles. Fica difícil conseguir uma foto sua legal, porque sempre tem mais outros 87 desconhecidos tentando a mesma pose/angulação/posicionamento que você (dizem que é assim para ver a Monalisa no Louvre. É verdade?).

Para evitar esse desconforto, criamos essa lista com cinco cidades brasileiras que você precisa conhecer antes que fiquem muito famosas e sejam invadidas por aquele mar de gente.

Tem cidade histórica com ruínas, lugar com cachoeira, sertão nordestino palco de reality show gringo, cavernas e muito mais. Dê uma olhada e pode começar a planejar sua viagem.

1 Bueno Brandão – MG

 Bueno Brandão faz jus ao apelido de "Cidade das Cachoeiras". Créditos: João Carlos Meda u/ Fonte: Flickr.

Bueno Brandão faz jus ao apelido de “Cidade das Cachoeiras”. Créditos: João Carlos Meda u/ Fonte: Flickr.

A pequena cidade mineira de apenas 370 km² e pouco mais de 11 mil habitantes é conhecida como “A Cidade das Cachoeiras”, são 33 ao todo. Com esse nome já dá pra imaginar que o ponto forte por lá é o ecoturismo e opções não faltam: trilhas, cavalgadas, passeio de jipe e mirantes com vistas de tirar o fôlego. E se você quer algo mais radical também pode fazer rapel, arvorismo, tirolesa e muito mais.

Bueno Brandão está bem na divisa com o estado de São Paulo e, em seu site oficial do turismo, é definida como “terra de gente simples, água em abundância, paisagem privilegiada”. Belo atrativo!

Onde se hospedar em Bueno Brandão

Em Bueno Brandão você encontra vários chalés e pousadas aconchegantes. Recomendamos os Chalés Pedacim du Céu, que contam com uma varanda bem agradável e wi-fi em todos os quartos.

2 Itatiaia – RJ

O Parque Nacional do Itatiaia foi o primeiro a ser criado no Brasil

O Parque Nacional do Itatiaia foi o primeiro a ser criado no Brasil. Créditos: amOBX / Fonte: Flickr

A duas horas e meia da capital carioca, Itatiaia abriga o primeiro parque nacional do país, criado em 1937. Ele conta com oito cachoeiras, 15 trilhas, piscinas naturais, mais de 400 espécies de animais e de 1.500 plantas nativas. Dentro do parque também está localizado o quinto ponto mais alto do Brasil, o Pico das Agulhas Negras, com 2.791m de altura.

O ingresso para entrar no parque custa R$ 30, brasileiros pagam apenas R$15 e moradores de cidades vizinhas R$ 3. Você pode acampar lá dentro, pedalar, fazer escalada, montanhismo ou só ficar quietinho admirando a beleza natural.

No site do Parque Nacional de Itatiaia tem um guia do visitante com tudo bem explicado sobre como chegar, quando ir, o que fazer etc.

Quando estiver planejando a sua viagem, não confunda esse destino com o charmoso distrito de Itatiaia que fica em Minas Gerais.

Onde se hospedar em Itatiaia

Depois de passear o dia todo, você vai querer descansar em um hotel bem aconchegante. A Pousada Encantus tem tarifas a preços convidativos e oferece aos hóspedes piscina ao ar livre, sauna, café da manhã farto e diversificado, além de wi-fi em todos os cômodos.

Se você está gostando do artigo até o momento, que tal curtir nossa página no Facebook?

3 São Miguel das Missões – RS

Da catedral construída pelos Jesuítas no século XVII, só sobraram as ruínas

Da catedral construída pelos Jesuítas no século XVII, só sobraram as ruínas. Créditos: Mathieu Bertrand Struck / Fonte: Flickr

A cidade gaúcha faz fronteira com a Argentina e foi um dos lugares onde os Jesuítas se instalaram para catequizar os índios no século XVII. Só teve o azar de estar bem num campo de batalha territorial entre Portugal e Espanha. A igreja começou a ser construída em 1687 e, entre 1735 e 1750, começaram as disputas.

Chegou a ser incendiada, despovoada, repovoada e saqueada, até que seus últimos habitantes a abandonaram no início do século XIX. Daquele tempo restaram apenas as ruínas que toda noite recebe o belíssimo festival Som e Luz.

Uma viagem para voltar no tempo e conhecer a história.

Onde se hospedar em São Miguel das Missões

A Pousada das Missões é muito aconchegante e possui piscina, churrasqueira e quartos para grupos ou famílias, todos com wi-fi gratuito.

4 Caverna de Aroe Jari – MT

Caverna Aroe Jari, na Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil

Caverna Aroe Jari, na Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil. Créditos: Hélia Vannucchi / Fonte: Flickr

Os 8 km de caminhada em trilha na Chapada dos Guimarães para chegar à maior caverna de arenito do Brasil são recompensadores. Com 1,5 km de extensão, Aroe Jari tem pinturas rupestres, inúmeras cachoeiras e uma piscina natural de água cristalina que se reflete nas paredes da gruta.

Ao olhar a beleza da caverna dá pra entender porque seu nome significa “Morada das Almas”.

Onde se hospedar na Chapada dos Guimarães

A Casa di Rose possui dormitórios privativos e compartilhados com preços acessíveis.

5 Jalapão – TO

O por do sol no parque estadual do Jalapão é de tirar o fôlego

O por do sol no parque estadual do Jalapão é de tirar o fôlego. Créditos: Guilherme Jofili / Fonte: Flickr

Com uma área maior do que o estado de Sergipe, o Parque Estadual do Jalapão é um dos paraísos intocados no Brasil. Localizado entre os estados de Tocantis, Bahia, Maranhão e Piauí, o parque tem de tudo: dunas, poços, vegetação de cerrado, rafting, uma grande área a ser explorada com atividades para todos os gostos.

Jalapão já foi até cenário do reality show Survivor (aquele que inspirou o No Limite), mas pode ficar tranquilo que, apesar de não ter tantos hotéis e pousadas, você não vai precisar fazer um estágio de sobrevivência.

E aí? Gostou das nossas dicas? Conhece mais algum lugar que ainda não é famoso?

Conta para a gente!

Prepare-se para sua viagem

Copacabana Hostel

Rua Dias da Rocha, 70

Descrição obtida de Booking

O Copacabana Hostel fica a 500 metros da Praia de Copacabana e a 700 metros da Estação de Metro Cantagalo. Tem um balcão de turismo, acesso Wi-Fi gratuito e transporte para o aeroporto, por uma taxa adicional.

Quando você utiliza o botão abaixo para procurar sua hospedagem, o Viajei Bonito ganha uma pequena comissão e você não paga nada a mais por isso. É uma forma de ajudar nosso blog a continuar vivo, trazendo informações valiosas para sua viagem.

Verificar disponibilidade

Em Rio de Janeiro, nossa sugestão de hospedagem é o Copacabana Hostel. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostel World.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Economico em Rio de Janeiro é de aproximadamente R$60,00 por diária pela Serve Sul (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF.

Mesmo sem a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem ao viajar pelo Brasil, é altamente recomendável para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

No Rio de Janeiro, o almoço simples sai por volta de R$27,00, já o fast-food sairá por mais ou menos R$25,00. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$6,12. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$3,02, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$4,72 e o pint de cerveja R$7,00.

Descubra quanto custa viajar para Rio de Janeiro.

Do Brasil, o voo mais barato para Rio de Janeiro sai de Belo Horizonte no dia 01/09/17 com volta em 04/09/17 e custa R$228,34 (ver as datas). Confira todas as opções de voo para Rio de Janeiro.

Guylherme Morais

Formado em Comunicação Social, amante do futebol e do esporte da bola laranja, viajar é literalmente a sua vida. Em 25 anos morou em seis cidades diferentes e não sabe se um dia vai simplesmente ficar em uma pra sempre. Créditos da imagem de capa: Lucas Flavio Miranda / Fonte: Flickr
  • Juliana Arthuso

    Margens do rio Santa Teresa, na região de Gurupi, Tocantins. Também são dessas que daqui a pouco viram muvuca!

  • Gisele Rocha

    Tô doida pra conhecer! Tocantins é um estado que sempre quis ir e nunca criei a oportunidade.