6 meses de road trip pelos Estados Unidos

Desde a concepção do blog, nunca tivemos pretensão alguma de conhecer os Estados Unidos até nossa viagem para a Tailândia que tinha como conexão Nova York. Aquele dia nos despertou um interesse enorme nas poucas horas que passamos pela cidade até voltar para o aeroporto. Foi chegar em casa e pensamos: temos que ir para os Estados Unidos um dia!

O que começou com uma ideia singela de trip pelos EUA foi evoluindo para algo mais “robusto”. Primeiro pensamos em poucas cidades e deslocamentos de ônibus que durariam algumas poucas semanas. Depois cogitamos alugar um carro e aproveitar melhor o tempo. Quando percebemos que seria possível pensar grande, o que havia nas pontas de nossos lápis era uma road trip de seis meses.

A seguir você verá uma enxurrada de links, vídeos, artigos e imagens de nossa viagem. Ela começa em maio de 2016 em Nova York e Flórida e vai até novembro do mesmo ano, na Califórnia.

Nossa chegada em Nova York

Desembarcamos no JFK em uma madrugada de maio e ali começava nossa longa jornada pelos Estados Unidos. Nosso tempo em Nova York foi curto. Aproveitamos uma promoção de passagens para fazer o deslocamento do Brasil.

Como prezamos sempre por viagens baratas, produzimos conteúdo focando em Nova York para viajantes com orçamento baixo. Você provavelmente viu no vídeo acima que é possível viajar barato pra lá. Outros dois artigos também podem ser úteis a você.

Uma semana depois estávamos de malas prontas para Ruskin, na Flórida, onde passamos os próximos três meses.

Os primeiros meses na Flórida

O plano era explorar as praias e cidades da Flórida durante os três primeiros meses de nossa viagem. Tudo funcionou muito bem. Durante os 90 dias rodamos o estado de leste à oeste. Em nosso canal do YouTube, publicamos vídeos sobre o custo de vida, as leis de trânsito, alimentação e o que há para se fazer por lá além de suas praias.

Nesse meio tempo, um dos itens de nosso plano ganhava vida. Nosso carrinho, carinhosamente chamado de Odisseia, passou a integrar o time da road trip.

Por ter passado um longo período rodando a Flórida, tivemos uma boa impressão de como é ser um nômade digital por lá. Suas praias e belas paisagens foram os temas de artigos escritos com muita inspiração. Nos apaixonamos pelo sunshine state.

Pra fechar com chave de ouro nossa visita à Flórida, fizemos um “bate e volta” às keys. Qualquer pessoa em sã consciência jamais faria o trajeto Ruskin – Key West com volta em apenas um final de semana. Bom, não dispúnhamos de muito tempo e queríamos muito ver ao vivo as rodovias adentrando o oceano. Encaramos o desafio deixando o “cansaço” guardado em casa e pegamos quase 12 horas de estrada no sábado e 10 no domingo.

Nossa road trip já estava quase saindo do papel.

Um pulinho nas Bahamas

Já que o bate e volta às keys funcionou perfeitamente, resolvemos arriscar um pouco mais. Por precisarmos de reentrar no país para renovar um de nossos vistos, escolhemos as Bahamas para ser nosso país de destino. Dessa vez separamos um pouco mais de tempo: quatro dias.

E durante a curta viagem pelo caribe, fizemos mais uma renovação de votos. Não poderia faltar. Gostaríamos também de agradecer ao Mark Winder, fotógrafo, que abraçou o Viajei Bonito e seu projeto de realizar vários casamentos ao redor do mundo.

De volta aos EUA, nossa road trip começava!

Pé na estrada!

De malas prontas e de missão cumprida na Flórida, tínhamos um planejamento pronto para os próximos meses. A primeira parada: Atlanta, na Geórgia.

Atlanta, Geórgia

Além de turistar pela cidade, tínhamos um objetivo em paralelo, bem específico, de visitar os sets de gravação de um seriado muito conhecido…

Depois de uma semana na cidade de Atlanta – primeiro destino desde a Flórida – nossa ficha caía. Estávamos começando uma jornada que terminaria do outro lado do país, quase 90 dias depois. Tudo era motivo de admiração, as estradas, as paisagens, os postos de gasolina, e até as placas! Estávamos hipnotizados e enfeitiçados pelas rotas tão famosas que conhecemos desde pequenos através dos filmes.

A partir daí, vários outros estados estariam em nossa rota pelos próximos dias.

Memphis, Tennessee

A cidade onde Elvis Presley nasceu foi muito bem explorada pela Gisele. Nosso período lá foi curto: apenas um final de semana. De qualquer forma, conseguimos aproveitá-lo intensamente. Além dos pontos turísticos relacionados ao rei do rock, visitamos a fervorosa Beale Street à noite e o centro antigo de Memphis.

Nova Orleans, Luisiana

Separamos um período maior para Nova Orleans. Curtimos shows abertos de jazz nas ruas, caminhamos pela Bourbon Street e também percorremos as ruas do French Quarter.

Texas

Ouvimos muita coisa a respeito do Texas antes de nossa chegada. Coisas boas, coisas ruins… mas só vimos mesmo as boas! Impossível chegar ao Texas sem um pouco de expectativa, afinal de contas muitos filmes de nossa infância se passaram lá. Visitamos Houston e Dallas, além de outras cidades menores durante a passagem pela Rota 66.

A Rota 66, por si só, dispensa qualquer tipo de apresentação.

Albuquerque e Santa Fé, Novo México

Pra quem não sabe, Albuquerque é a cidade onde se passa o seriado Breaking Bad. Assim como fizemos com os sets de gravação do The Walking Dead, visitamos alguns dos pontos onde a série foi filmada. Dessa vez na presença de um guia. Além do passeio, fizemos um tour por trechos da cidade onde pessoas relataram ter experienciado fenômenos paranormais! Cruuuuzes!

Denver, Colorado

Em Denver, conhecemos parte do centro da cidade e algumas montanhas que ficam em seu entorno. Fica a dica para quem quer ter vistas panorâmicas de lá!

Siga nossa página no Facebook

Road trip combina com estrada, não é verdade? Estamos aqui falando de cidades, pontos turísticos… mas cadê a road trip? Se liga, o que mais nos chamou a atenção no Colorado foram suas estradas. Em nosso percurso para Salt Lake City, presenciamos muitas trocas de relevo, vegetação e clima. Tudo na mesma viagem! Curiso? Então dá uma olhada no vídeo completo que fizemos de suas estradas. Relaxa, tudo foi filmado, mas está acelerado!

Utah e Arizona

Saindo do Colorado, entramos em um estado muito icônico dos Estados Unidos: Utah! Salt Lake City foi uma cidade da qual gostamos muito! Seus pontos turísticos, por mais que sejam afastados, eram repletos de beleza. Conhecemos o lago de sal, o centro da cidade e aprendemos também um pouco da história de sua origem.

Na divisa de Utah com o Arizona, visitamos também o Monument Valley e mais ao sul a singela cidade dos Flintstones!

Nevada

Nevada… ah, Nevada… estávamos como duas crianças por lá. Primeiro por conta da estrada extraterrestre, da Área 51 e do povoado de Rachel, repleto de referências a OVNIs. E segundo porque é por lá que se encontra a fantástica e única Las Vegas. Ao todo ficamos duas semanas pelo estado e visitamos tanta, mas tanta coisa, que um artigo dedicado a ele é necessário. Mas como você está lendo apenas um resumo, caro leitor, aqui vai o que produzimos por lá!

Descobrimos que Las Vegas não se trata apenas de cassinos…

…mas também de renovação de votos!

Califórnia

Tudo que é bom, dura pouco. Em nosso caso, 3 meses foram poucos. Passaram num piscar de olhos, e quando vimos já estávamos na Califórnia, onde conhecemos Los Angeles e São Francisco. Ligando as duas cidades está a California State Route 1, rodovia que beira o Oceano Pacífico. Foi nosso último trecho da viagem, um dos mais belos.

Terminamos essa longa jornada com uma sensação maravilhosa de sucesso. Durante nosso planejamento, imaginávamos um outro trajeto, talvez englobando mais cidades e estados. Na prática, tivemos que alterar rotas em vários momentos por questões financeiras e de tempo. Essas mudanças repentinas ora nos chateavam, ora nos empolgavam. No geral, foram ao todo seis meses de viagem intensa. E essa intensidade se transformou em empolgação para continuar produzindo material relacionado aos Estados Unidos.

Bom, pra fechar, se você acha que tudo deu muito certo do começo ao fim, saiba que não foi bem assim. Gravamos dois episódios sobre as furadas em que nos metemos nesse período. Clique aqui para assistir à parte 1 e aqui para assistir à parte 2. E se mesmo assim, depois de tudo que escrevermos você ainda quiser mais, confira um resumão da viagem narrado por nada mais nada menos que a mulher do Google!

Antes que você se vá, seguem alguns links para complementar a leitura e ajudá-lo no planejamento de sua viagem:

Nos despedimos do país e deixamos aberto o convite para que você também planeje uma road trip por lá. Se precisar de qualquer ajuda, seja ela com roteiro, seja ela com sugestões de hotéis e albergues ou qualquer outra dúvida, não hesite em entrar em contato! Você pode utilizar nosso formulário ou então escrever o que quiser logo abaixo na seção de comentários.

Até a próxima!

Créditos da imagem de capa: Viajei Bonito
  • Eduardo Philipovsky

    Olá viajantes! Parabéns pelas trips! Então, eu planejo fazer uma road trip pelo EUA como vcs fizeram. Pensei em alugar um carro e rodar por 20 dias. Tenho uma dúvida: Vcs compraram o Odisséia, tiveram alguns gastos para arrumar e depois venderam. Venderam por quanto? Gastaram quanto de manutenção? Sairam perdendo muito com a diferença do valor de compra e venda + manutenção? Grande abraço!

  • Fala ae, Eduardo. Adriano aqui… vendemos o carro por um preço menor que imaginamos: 600 dólares. No fim da viagem o carro tava detonado e não valia a pena pagar pela manutenção… foram quase 6 meses rodando sem nenhum gasto com ajustes etc… tipo, acabou que saiu MUITO mais barato do que se fôssemos alugar um, né… então valeu a pena demais. =)

  • Eduardo Philipovsky

    Opa Adriano. Jóia, obrigado pela informação! Boa viagem!