“Mas você vai sozinho?!”
“Por que você vai de bicicleta?”
“Essa sua bicicleta é antiga e sem suspensão! Você não vai nela, vai?!”
“Está pagando promessa?”

Silhueta na bike pela Estrada Real

Silhueta na bike pela Estrada Real. Créditos: Rafael Barletta

E foram essas frases curiosas que me alimentaram durante o planejamento de minha viagem. Estava pedalando com certa freqüência desde o início do ano. Gosto de pedalar. Faz bem para o corpo e para a mente. Minhas férias se aproximavam e silenciosamente ia desenvolvendo a ideia para minha primeira viagem de bike. Tinha trinta e um dias de recesso e caso chegasse a Paraty, voltaria em quinze dias no máximo. Ótimo. Não tenho muita grana e viajar de bike não vai me custar um tostão. (Estava errado. Se gasta muito com hospedagem. Consegui Hotéis/pousadas/estalagens/hostels variando entre 30 a 60 reais). Um dos maiores arrependimentos foi o de não ter levado barraca. Para evitar o peso na bicicleta e me comprometer, preferi não arriscar, mas vi que isso é possível. Vivendo e aprendendo! Meu alforje possui apenas 35 l então as coisas foram bem limitadas.

Meu maior interesse era viajar de bicicleta e isso saiu do papel. Em nenhum momento eu quis criar um feito heróico. Não! O medo é real, existe e estará presente todos os dias. Se você não souber administrá-lo ficará em sua zona de conforto para o resto da vida porque não há coragem que o faça sair. E quem tem coragem, tem plena consciência do seu medo. Conversei com meus familiares e amigos mais próximos e desenvolvi a ideia. Pronto. Agora é só esperar pelas férias.

No caminhar dos próximos textos, você caro leitor, descobrirá as respostas das perguntas lá de cima.

Descansando os braços na Estrada Real

Descansando os braços na Estrada Real. Créditos: Rafael Barletta

Segue abaixo o relato do primeiro dia de viagem do “De Bike Pela Estrada Real”.

Para ler em seguida

Dia 01 – Alto Maranhão / São Brás do Suaçuí / Entre Rios de Minas / Casa Grande

Total: 79 km

Saí da minha cidade Ouro Branco as 07:30 hs com meu pai. Colocamos a bike na carroceria da pick-up e partirmos para a o Alto Maranhão, município de Congonhas em Minas Gerais. Pegaria a Estrada Real a partir desse ponto. Ao me despedir do meu pai, sento na bike, ponho os fones de ouvidos ligados e Elderly Woman Behind The Counter in a Small Town do Pearl Jam começa a tocar. Como sonhava. Em paz.

O tempo estava ensolarado, porém o lugar é muito alto aonde o vento soprava frio… A estrada é tranqüila e está bem conservada. Pequenos sítios com seus agricultores estão ali, roçando o solo ou cuidando do gado.

Ao chegar ao distrito de Pequeri a Estrada Real segue sentido a uma fazenda, adentrando em sua área. (É autorizado pelos donos a seguir por esse caminho). Ao sair do terreno da fazenda, a trilha começa com uma descida muito boa em mata fechada. No final da trilha encontrei com uma cavalgada! Estavam voltando de São Brás do Suaçuí. Cidade está que seria minha primeira parada estratégica.

Para ir sentido a São Brás os totens da Estrada Real desapareceram! Não encontrei ninguém para me informar e fui seguindo pelo “instinto”. Depois de uma hora pedalando desconfiado, chego à estrada para Jeceaba. Ela está em obras e os operários me informaram o caminho para se chegar a São Brás. Foram aproximadamente 04 km de asfalto até lá.

Bicicleta encostada no marco da Estrada Real

Bicicleta encostada no marco da Estrada Real. Créditos: Rafael Barletta

Em São Brás os totens também desapareceram! Busquei informação nas ruas, com os moradores locais e me encaminharam para a zona rural da cidade. Nada a ver com o sentido da Estrada Real. Comecei a entender o que significa aqui nas nossas Minas Gerais o verdadeiro significado de “é logo ali”. Meu Deus! Como esse “logo ali” é longe! rs… Desloquei-me por 22 km até encontrar a BR 383 e segui por mais 15 km para Entre Rios de Minas em uma estrada sem acostamento! (Nos primeiros dias eu não estava com a planilha cedida pelo Portal Estrada Real por opção.)

Utilizei a cidade de Entre Rios de Minas como apoio e fiz minha primeira refeição (que na verdade foi um pão com lingüiça e coca-cola). Conheci na lanchonete uma professora de geografia e sua filha que era estudante de geografia da UFSJ. Três Geógrafos em uma lanchonete, conversando sobre a Estrada Real! Ah, o famoso nada acontece por acaso… Senti-me confortável e seguro em buscar informação sobre a Estrada Real até Casa Grande, a próxima cidade.

Continua após a publicidade

Selfie tirada em alta velocidade na Estrada Real

Selfie tirada em alta velocidade na Estrada Real. Créditos: Rafael Barletta

Após uma boa conversa, despeço das amizades e parto para o segundo trecho do dia. Começo a me sentir feliz novamente, pois a estrada está bem sinalizada, o trecho é ótimo e bonito. Muito “sobe e desce”. No caminho você se depara com a Capela de Nossa Senhora da Lapa de Olhos D’água do séc. XVII e seu cemitério. Muito bonita! Adiante há o vilarejo de Camapuã. Um lugar calmo, simples e organizado aonde faço a parada estratégica e me alimento.

Mais uma hora e meia de pedal chego em Casa Grande. Ao todo foram 79 km em um terreno que altera entre subidas e descidas.

Pernoitei em Casa Grande numa estalagem simples e barata. Apesar do conforto não consegui dormir direito. Acho que ainda estava no ritmo daquele dia.

Fim de mais um dia na Estrada Real

Fim de mais um dia na Estrada Real. Créditos: Rafael Barletta

Amanhã o destino será Lagoa Dourada e depois Prados, ainda em Minas Gerais. Até a próxima!


Prepare-se para sua viagem

Em Rio de Janeiro, nossa sugestão de hospedagem é o Hoshtel (94, diárias a partir de R$60,00). Aprenda a reservar um hotel pela internet aqui. Você pode procurar outros hotéis através do Booking, ou então se sua preferência é por albergues, acesse o Hostelworld.

Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito.

Mesmo sem a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem ao viajar pelo Brasil, é altamente recomendável para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro. Como alternativa, nós sugerimos que você também faça uma cotação na Real Seguro Viagem.

Vai alugar um carro? O preço do aluguel de veículos na categoria Economico em Rio de Janeiro é de aproximadamente R$55,00 por diária (confira mais preços aqui). Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Tem cupom de desconto rolando! Até o dia 30/09/2019 você garante 6% de desconto ao utilizar o cupom ANIVERSARIORENTCARS (confira as condições aqui). Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

A GetYourGuide oferece passeios, tours, visitas a atrações turísticas e guias para vários destinos no mundo! Descubra o que ela tem a oferecer para Rio de Janeiro. Você pode conferir também o nosso passo-a-passo sobre como reservar tours e guias pela internet.

Descubra quando viajar para Rio de Janeiro, ou então pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais na plataforma da Kayak.

Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar.

A ClickBus é uma plataforma para compra de passagens de ônibus no Brasil indicada pela ampla quantidade de itinerários. Utilize o cupom ABUS05 para garantir 5% em sua compra.

Receba um desconto em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom 9udns9 durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

No Rio de Janeiro, o almoço simples sai por volta de R$30,00, já o fast-food sairá por mais ou menos R$25,37. Considerando o cappuccino, podemos dizer que o cafezinho da tarde custa R$6,44. Em restaurantes, a garrafa d'água de 330ml custa R$3,26, o refrigerante - considerando também o de 330ml - custa R$5,18 e o pint de cerveja R$8,00. Descubra quanto custa viajar para Rio de Janeiro.

Rafael Barletta

Possui bacharel e licenciatura em Geografia. Leciona para os ensinos médio e fundamental de escolas públicas e particulares. Gasta todo seu salário no mundo duas rodas e em viagens. Não dispensa um feriado.

Ver mais artigos de Rafael Barletta

Créditos da imagem de capa: Rafael Barletta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *