Preciso de seguro viagem para a América do Sul?

Até março de 2017, quando escrevo este artigo, o seguro viagem não é obrigatório nos países da América do Sul. Sabemos que em alguns países da Europa existe a exigência, até mesmo para os Estados Unidos, dependendo do tipo de visto que a pessoa tem.

De qualquer forma, recomendo viajar segurado pela América do Sul, e você logo logo vai entender.

Quando pensamos em seguro viagem logo nos vêm à cabeça acidentes ou doenças, mas na verdade, o seguro cobre uma série de eventos indesejáveis, não se limitando a hospitais e emergências. Não combina com a euforia de se planejar uma viagem a lista de possíveis imprevistos que possam acontecer. Mas precisamos pelo menos trabalhar com a ideia de que o que se chama de imprevisto é justamente algo que foge ao planejado! Pensando mais especificamente na América do Sul, aqui vão os motivos que considero importante ter o seguro viagem.

Esqui

Acidente com esqui

Acidente com esqui. Créditos: Hans Braxmeier / Fonte: Pixabay

Alguns países da América do Sul possuem bons destinos para a prática do esqui. Até mesmo praticantes experientes se acidentam e mesmo que o acidente não seja grave, um ou dois ossinhos quebrados já podem estragar uma viagem.

Na única vez que esquiei na vida, em El Colorado, no Chile, consegui sobreviver sem nenhum arranhão. E na volta para casa, ao entrar no micro-ônibus, conheci um casal de brasileiros. Na ocasião um deles havia se acidentado esquiando e estava com fortes dores no ombro. Ali perto não havia hospital, então eles estavam pegando uma carona até Santiago. A esposa nos contou que haviam feito seguro viagem e pagaram uma taxa extra que cobria acidentes em esportes, porque dois anos antes um acidente similar aconteceu e eles gastaram algo em torno de R$ 11.000,00 com o tratamento fora do Brasil.

Enquanto descíamos as cordilheiras, duas cenas me passavam pela cabeça: minha reação ao ignorar o seguro viagem antes de ir para o Chile (ah! Isso é bobeira, nada vai acontecer!) e os capotes que dobravam minha coluna em ângulos jamais alcançados pelo meu corpo na tentativa de aprender o snowboarding. Felizmente nada aconteceu, mas se um dia for voltar a esquiar, com certeza vou pensar melhor em ter um seguro viagem.

Cancelamento de voos por desastres naturais

Erupção vulcânica

Erupção vulcânica. Créditos: WikiImages / Fonte: Pixabay

Segundo matéria divulgada pelo O Globo, Chile, Equador e Colômbia possuem vulcões ativos. Você não precisa nem forçar muito a memória para se lembrar que em 2015, voos para a Argentina foram cancelados por conta das cinzas do vulcão chileno Calbuco.

Quando cancelamentos em massa acontecem por desastres naturais, pode saber que outras centenas ou milhares de pessoas estão no “mesmo barco” que você. Imagine o tumulto que será a realocação dos passageiros em voos futuros! Existem apólices de seguro que cobrem o cancelamento de voos, reduzindo assim o stress e, claro, a frustração de se ter uma viagem cancelada, principalmente se você não tiver disponibilidade de remarcá-la.

Siga nossa página no Facebook

Ainda sobre desastres naturais, verifique se sua apólice contém o item “Transmissão de Mensagem Urgente”, que cobre justamente as despesas na transmissão de mensagens urgentes para parentes do segurado. Pode parecer um absurdo falar nisso num momento onde praticamente todo mundo tem um celular com acesso à internet móvel. Lembre-se que imprevistos acontecem e em algumas ocasiões isso pode ser útil.

Assaltos

Carteira pulando do bolso

Carteira pulando do bolso. Créditos: Steve Buissinne / Fonte: Pixabay

Assaltos e roubos são muito comuns na América do Sul, infelizmente. Assim como no Brasil, andar pelas ruas em alguns países de nosso continente em determinadas horas e lugares é garantia de surpresas desagradáveis. Não somente nas ruas, mas já ouvimos casos de gente que já foi roubada em hotéis, albergues, restaurantes, etc.

É óbvio que você não se arriscará só porque está segurado. Mas ficará mais tranquilo para fazer seus passeios.

Durante a contratação do seguro, verifique se a apólice cobre roubos, assaltos e furtos.

E se a sua companhia aérea falir?

Acha que é piada?

Pois bem, em meados de 2012 estava eu com a passagem comprada do Rio de Janeiro para Santiago, no Chile. Já de férias marcadas em meu antigo trabalho (depois de muito negociar com a gerência), a Pluna faliu faltando uma semana para o voo! Para quem não se lembra, a companhia uruguaia declarou falência após 76 anos de existência. Sim, uma semana antes de minha viagem!

Na época me custou uma dor de cabeça enorme resolver o problema. Eram milhares de passageiros a serem realocados e o máximo que a agência que me vendeu as passagens na época faria era devolver o dinheiro. Não cabe aqui contar como resolvi esse problema, mas posso dizer que deu trabalho! Se tivesse feito o seguro viagem e me informado a respeito da possibilidade de resgate do seguro nessas condições as coisas teriam sido mais fáceis.

Parece propaganda, não é? Teve o voo cancelado? Seus problemas acabaram! Mas não é uma simples propaganda. Recomendo o seguro viagem a todos que me perguntam se ele é ou não obrigatório.

E se quiser saber um pouco mais sobre como contratar o seguro viagem ou como comparar as diversas apólices que existem no mercado, também te explico aqui. Se você tem mais de uma viagem marcada para a América do Sul ou para qualquer outro canto do mundo, conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro! Atualmente o Viajei Bonito é parceiro da Seguros Promo e oferece o seguinte cupom de desconto a ser usado no momento da contratação.

VIAJEIBONITO5

Leia tudo que já escrevemos sobre seguro viagem

Um grande abraço e até o próximo artigo sobre a América do Sul!

Prepare-se para sua viagem

Vai alugar um carro? Na Rentcars você compara preços em diversas locadoras no mundo todo com muita segurança, sem taxas no cartão de crédito, 5% de desconto no boleto, parcelamento em até 12 vezes e isenção de IOF. Veja como é simples fazer sua cotação e reservar um carro pela internet.

De malas prontas para Ushuaia e em busca de desconto em passeios, tours e transfers? Conte à All Patagonia que você a conheceu pelo Viajei Bonito e garanta um preço melhor na contratação. Leia mais aqui!

Veja o motivo pelo qual recomendamos o seguro viagem para quem viaja pela América do Sul. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiro.

Com base em cotações atualizadas do Yahoo Finance a cada duas horas, a proporção entre o Peso argentino e o Real é de 1 ARS para 0,1829 BRL, já a proporção entre o Peso chileno e o Real é de 1 CLP para 0,0051 BRL e a proporção entre o Peso colombiano e o Real é de 1 COP para 0,0011 BRL. Utilizando o voucher VIAJEIBONITO você garante em sua primeira compra 10% de desconto no spread da BeeCâmbio e 25% de desconto no spread da Remessa Online, além de garantir as melhores taxas para câmbio de moeda.

Adriano Castro

Formado em Ciência da Computação pela UFJF, trabalhou durante 10 anos como analista de sistemas até chutar o balde e tocar a vida como freelancer, carregando seus projetos para onde quer que vá. Créditos da imagem de capa: hbieser / Fonte: Pixabay
  • Aninha Lima

    Boas dicas! Eu nunca faço na América do Sul!