Saímos sexta-feira, às 23h, de Belo Horizonte, em um ônibus fretado com uma turma bem animada. O objetivo dessa viagem era passar o final de semana no Pico da Bandeira, localizado na Serra do Caparaó, divisa de Minas Gerais com o Espírito Santo e assistir ao nascer do sol lá de cima.

Para vocês terem uma ideia, o Pico da Bandeira é o terceiro pico mais alto do Brasil, com 2.892 metros de altitude, ficando atrás apenas do Pico da Neblina, que tem 3.014 metros e é o mais alto do país, e do Pico 31 de Março, com 1.992 metros de altura, ambos no Amazonas. 

A minha proposta é escrever neste artigo tudo o que cada um deve saber antes de subir o Pico da Neblina e evitar alguns perrengues. E já adianto: prepare-se para o frio!

Para ler em seguida

Qual é a melhor época para ir ao Pico da Bandeira?

É possível fazer a trilha em qualquer dia do ano, mas a melhor época para subir o Pico da Bandeira é entre abril e outubro, quando chove menos. No inverno, entretanto, o frio congelante torna a aventura ainda mais desafiadora. É comum que nessa época os termômetros registrem temperaturas abaixo de 0°C.

O horário de funcionamento do Parque é de 7h a 18h, mas você pode acampar lá dentro, desde que faça a sua reserva com antecedência. Atualmente nenhuma taxa tem sido cobrada para visitar ou pernoitar no parque, mas você pode se informar sobre os ingressos no site do ICMBio.

O que você precisa saber antes de subir o Pico da Bandeira
O que você precisa saber antes de subir o Pico da Bandeira. Créditos: Olavo Lara Resende / Fonte: 500px

Como chegar ao Parque Nacional do Caparaó?

Existe uma portaria na cidade de Alto Caparaó, em Minas Gerais, e a Portaria Pedra Menina, em Dores do Rio Preto, no lado capixaba. Você pode procurar uma excursão na sua cidade, como eu fiz, ou escolher entre os seguintes meios de transporte:

Avião

O aeroporto mais próximo do Parque Nacional do Caparaó é o de Vitória, que por sua vez está a 245 km da Portaria de Alto Caparaó.

De ônibus

Dificilmente você encontrará uma linha que faça o trajeto direto entre a sua cidade e Alto Caparaó. Pesquise por empresas que levem a Manhumirim ou Manhuaçu, que através da Viação RioDoce leva à rodoviária de Alto Caparaó. Da rodoviária ou o hotel onde você se hospedar é recomendável ir de táxi, pois a subida é cansativa. Poupe energia ou se arrependerá de cada passo dado desnecessariamente!

De carro

Saindo de Vitória, basta seguir pela BR-262 até a portaria de Alto Caparaó. Vindo de Belo Horizonte, a melhor rota é pelas rodovias BR-381 e BR-262 e a entrada também é feita pelo lado mineiro. Já para quem parte do Rio de Janeiro e de São Paulo, o caminho mais rápido é pela BR-116 até a portaria Pedra Menina. As estradas possuem radares e pedágios.

Se assim como a gente você não tiver carro próprio, alugue um veículo na Rentcars para ter maior autonomia no roteiro e conhecer outros atrativos no caminho. A empresa compara preços entre locadoras de renome internacional e divide o valor do aluguel em até 12 vezes.

Quanto tempo demora para subir o Pico da Bandeira?

A portaria do parque fica a alguns quilômetros do início da trilha e foi necessário subirmos a estrada de Jeep Willys! Moradores fazem esse trajeto com até 5 pessoas, cobrando 10 reais per capita.

O Jeep nos deixou na Tronqueira, a primeira das duas áreas de camping existentes na fração mineira do parque. Da Tronqueira ao Terreirão são 3,7 km e do Terreirão ao Pico da Bandeira são mais 3,2 km, numa pegada bem mais pesada que o primeiro trecho. Se seguíssemos direto, talvez a caminhada durasse aproximadamente 5 horas (10 horas ida e volta), mas nós escolhemos começar cedo e parar ao longo do caminho.

📸 Antes de continuar a leitura, que tal ver algumas fotos do Viajei Bonito no Instagram?

Fizemos os 3,7 km que separam a Tronqueira do Terreirão em um ritmo de subida bem agradável, ouvindo música, apreciando os belos campos, água correndo sobre as rochas e aproveitamos o visual para descansarmos e preparar um lanche. O trajeto foi feito em 2 horas

Já no Terreirão, levantamos acampamento e começamos a preparar o almoço.

Foi uma tarde com muita neblina e o frio começou a mostrar sua cara ainda de dia. Visitamos uma cachoeira que fica próxima ao camping, subimos em um mirante para observar o pôr do sol (por que o pôr do sol também é maravilhoso!) e depois adentramos nas barracas para só sairmos na hora do jantar.

A subida noturna começou às 2h30. Foi bom para esquentar! Só é possível enxergar onde a lanterna ilumina e a trilha é sinalizada e autoguiada. Todos do acampamento sobem praticamente nesse horário, fazendo com que a trilha se assemelhe a uma procissão.

Durante a subida, de aproximadamente 2h30, resolvemos parar aos pés de um afloramento rochoso, pois ainda eram 4h15 da manhã e faltavam aproximadamente 40 minutos para chegarmos ao cume. Por conta do frio lá em cima e do descampado do cume, resolvemos aguardar nesse “esconderijo antiventania”! Acho que nosso grupo foi um dos últimos a chegar ao cume.

Ao chegar, aguardamos mais 15 minutos para o sol nascer e mostrar toda aquela grandiosidade.

Todo esforço é válido. Você esquece do frio e do cansaço por alguns bons minutos ao contemplar toda aquela paisagem. Valeu a pena e faríamos tudo de novo!

Sensação de missão cumprida no Pico da Bandeira, entre Minas Gerais e Espírito Santo
Sensação de missão cumprida no Pico da Bandeira, entre Minas Gerais e Espírito Santo. Créditos: Rafael Barletta

O que saber antes de subir o Pico da Bandeira?

A trilha pela vertente mineira é mais fácil que a do lado capixaba, o que não quer dizer de forma alguma que o percurso será suave. Ter um pouco de preparo físico é fundamental. 

Seja você um esportista ou um amador, não é recomendável chegar à cidade e partir direto para o parque a fim de iniciar a trilha. Escolha um lugar legal para se hospedar na véspera, dê uma volta se quiser, mas durma cedo e descanse. Acorde cedo, tome um banho, alimente-se bem e prepare-se para um dia extraordinário. Lembre-se de alongar o corpo antes de começar a jornada rumo ao Pico da Bandeira.

Independentemente da época da sua viagem, fará muito frio à noite. Não esqueça de colocar na mochila os seguintes itens:

  • Camiseta
  • Segunda pele
  • Blusa de fleece ou flanela
  • Casaco corta-vento
  • Cachecol ou gola 
  • Luvas
  • Óculos de sol
  • Calça de tecido maleável
  • Capa de chuva
  • Bota impermeável (se seu calçado for novo, é recomendável usá-lo durante alguns dias antes da viagem para amaciar o couro e evitar bolhas nos pés)
  • Protetor solar
  • Remédios contra dor de cabeça, dor muscular e diarreia
  • Papel higiênico
  • Desodorante
  • Protetores auriculares (se você tiver sono leve, eles serão primordiais para um cochilo reparador antes da subida final)
  • Lanterna
  • Câmera
  • Mantinha ou cobertor
  • Parafernalha de acampamento (barraca, saco de dormir, etc)
  • Sacolinhas para guardar o seu lixo e os que encontrar pelo caminho

Para comer, leve alimentos calóricos como: chocolate, castanhas, amendoim, lascas de coco e milho torrado. Você também pode ver outras sugestões do que levar para a trilha no nosso post sobre lanches práticos e baratos para mochileiros.

🔥 EVITE INCÊNDIOS!

Não faça fogueiras e não jogue bitucas de cigarro pelo caminho. Se quiser fumar e ainda tiver fôlego para isso, faça perto das lixeiras das áreas de acampamento e certifique-se que o cigarro está totalmente apagado antes de descartá-lo. O fogo pode se alastrar em alta velocidade e causar incêndios de grandes proporções, como o que aconteceu em setembro de 2019.

Outras atrações do Parque Nacional do Caparaó

O Pico da Bandeira é o atrativo natural mais conhecido do Parque Nacional do Caparaó, mas não é o único. A reserva ecológica também abriga reservas de Mata Atlântica com nascentes, cachoeiras, corredeiras, mirantes, piscinas naturais, vales, grutas e outros cinco picos que estão entre os dez mais altos do Brasil. Deixo aqui algumas sugestões de lugares que você pode visitar se tiver outros dias disponíveis no roteiro.

  • Vale Verde
  • Gruta do Jacú
  • Cachoeira Bonita
  • Vale Encantado
  • Pico do Cristal
  • Pico do Cruzeiro
  • Fazenda Antônio Leite
  • Macieira 
  • Pedra Duas Irmãs
  • Cachoeira do Aurélio
  • Cachoeira da Farofa
  • Pico do Calçado
  • Pico do Calçado Mirim
  • Cachoeira dos Pilões

Onde se hospedar próximo à Serra do Caparaó

Além das bases para camping dentro do parque, existem algumas pousadas em Alto Caparaó para descansar o corpo antes e depois da empreitada. Não me hospedei em nenhuma delas porque dormi no ônibus, mas selecionei aquelas que receberam as melhores avaliações por parte dos hóspedes:

Seguro viagem nacional é primordial

Ao longo do meu relato pode perceber que subir o Pico da Bandeira é uma experiência gratificante, porém ela exige planejamento. E aqui não falo apenas de preparo físico ou de escolher a melhor data para viajar, mas de se preparar para imprevistos que podem acontecer ao longo do percurso. Com R$3,57 por dia é possível contratar um seguro viagem nacional com cobertura para esportes radicais que garanta toda a assistência necessária caso algum incidente aconteça.

Aqui no Viajei Bonito nós recomendamos o TA 50 BRASIL, vendido pela Seguros Promo, um plano que cobre até R$ 50.000 com despesas médico-hospitalar, além de seguro de invalidez permanente por acidente e indenização por morte acidental. A gente não quer pensar sobre essas coisas antes de uma viagem, mas o que são R$3,57 perto dos transtornos que podemos evitar com essa quantia? Vou deixar aqui um cupom de desconto pra você pagar ainda menos!

Seguros Promo
BNOVEMBER
Cupom que dá direito a 15% de desconto Ver todos os cupons Enviar por e-mail

Cupom temporário válido entre 01/11/2020 e 18/11/2020
  1. Acesse a página da Seguros Promo
  2. Preencha as datas de sua viagem e escolha um destino
  3. Selecione a apólice
  4. Utilize o cupom na etapa de pagamento

Informe abaixo seu e-mail para receber este cupom em sua caixa postal. Ele não será armazenado, nem utilizado para enviar campanhas de marketing.

Leia mais sobre Minas Gerais

Prepare-se para sua viagem Quer economizar em sua viagem? Conheça então os cupons de desconto oferecidos pelo Viajei Bonito. Mesmo sem a obrigatoriedade de contratar um seguro viagem ao viajar pelo Brasil, é altamente recomendável para garantir assistência médica em acidentes ou doenças. Você pode fazer sua cotação clicando aqui e utilizando o cupom de desconto VIAJEIBONITO5. Aprenda a contratar um seguro viagem e conheça também o seguro viagem que vale por um ano inteiroE se liga que tá rolando promoção! Até o dia 18/11/20 você pode usar o cupom BNOVEMBER para garantir 15% de desconto em sua apólice! Aproveite esse descontão porque ele é por tempo limitado! Como alternativa, nós sugerimos que você também faça uma cotação na Real Seguro Viagem. Pesquise por preços de passagens aéreas para destinos nacionais e internacionais nas plataformas da Kayak e da Skyscanner. Aprenda a criar um alerta de passagens aéreas em promoção. Se você teve algum voo cancelado, atrasado, perda de conexão, overbooking, extravio de bagagem ou outros tipos de imprevisto com companhias aéreas, faça aqui uma consulta e descubra se você tem direito a indenizações. A Resolvvi cuida de toda a burocracia e você recebe o valor sem sair de casa, além de pagar apenas se ganhar. A ClickBus é uma plataforma para compra de passagens de ônibus no Brasil indicada pela ampla quantidade de itinerários. Utilize o cupom 5ABUS para garantir 5% em sua compra. Receba um desconto em sua primeira viagem com a Uber ao utilizar o cupom adrianoc135ue durante o cadastro pelo aplicativo ou então através deste link.

Adicione ao Pinterest

Clique na imagem para adicionar este artigo em seu Pinterest e veja também nossos painéis. Foto por: Raphael / Fonte: Adobe Stock

Rafael Barletta
Possui bacharel e licenciatura em Geografia. Leciona para os ensinos médio e fundamental de escolas públicas e particulares. Gasta todo seu salário no mundo duas rodas e em viagens. Não dispensa um feriado. Ver mais artigos de Rafael Barletta Créditos da imagem de capa: Olavo Lara Resende / Fonte: 500px. Imagem utilizada nas redes sociais: Olavo Lara Resende / Fonte: 500px.
10 comentários em “Pico da Bandeira: o que você precisa saber antes de subir”
  1. Eu subi o Pico da Bandeira no ano passado e com certeza vou voltar mais vezes. Como era junho, ainda não estava tão frio. Acho que a temperatura mínima que pegamos foi 5 graus, que com o vento parece 50 negativo. É frio, é molhado, é cansativo, mas é bonito demais!

  2. Uau, que incríveis as imagens do Pico da Bandeira! Não fazia ideia da preparação necessária, bom saber que sempre fará frio à noite e que é preciso estar bem preparado…

  3. Morro de vontade de subir no Pico da Bandeira e admirar o nascer do sol de lá, já vi tantas fotos lindas que tenho certeza de que vou amar conhecer. É uma aventura para a vida, obrigada pelas dicas.

  4. Nossa, tô apaixonada pelo seu relato! Que incrível subir o Pico da Bandeira! Adoro esses desafios e já coloquei na minha wishlist infinita de viagens kkkk

  5. Que legal! Não tinha ideia da altura do Pico da Bandeira e a vista lá de cima realmente é linda!!! Adoro posts assim completíssimos com dicas de como chegar, o q levar e até dicas do que vestir! Isso ajuda demaaaais a organizar as nossas viagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *