Bangkok é realmente uma cidade barata?

Muito se fala sobre os preços baixos praticados nos países do sudeste asiático. Para muitos viajantes, o custo de vida do local visitado é um critério importante, principalmente pra quem tem um orçamento pequeno fixado. Estivemos em Bangkok no final de novembro de 2015 e fizemos um levantamento sobre as principais despesas que você terá visitando a capital tailandesa. Queremos com isso incentivá-lo a pensar na Tailândia como um destino acessível nesse período onde a ascensão do Dólar e do Euro têm atrapalhado o planejamento de muita gente.

Para facilitar a leitura, colocamos os valores abaixo em Real, utilizando a taxa de câmbio da época, onde R$ 1,00 = 9.29 Thai baht. Ainda, leve em consideração que a parte em que exploramos pra valer foram os arredores da Khao San Road. Conheça agora parte do custo de vida na Tailândia!

1 Alimentação

Gisele comendo um macarrão de rua na Khao San Road

Gisele comendo um macarrão de rua na Khao San Road. Créditos: Adriano Castro

Felizmente, os hábitos alimentares dos tailandeses são razoavelmente parecidos com os nossos. Arroz, legumes, carne de porco e frango são alguns dos pratos que você encontrará em quase todos os restaurantes. Pudemos perceber que vários locais na Khao San Road servem café da manhã, alguns no estilo inglês.

  • Café da manhã: R$ 7,00 – R$ 10,00
  • Almoço: R$ 10,00 – R$ 15,00
  • Comidas de rua (espetinhos de carne, kebabs, macarrão): R$ 1,00 – R$ 6,00

O segredo de um bom e barato café-da-manhã é procurar uma das várias lojas da rede 7-Eleven em Bangkok. A grande maioria delas possui microondas, e você pode escolher várias opções de cafés, sucos, croissants e outros salgados.

2 Bebidas

Gisele tomando um café gelado (Iced Coffee) na Khao San Road

Gisele tomando um café gelado (Iced Coffee) na Khao San Road. Créditos: Adriano Castro

Aos amantes da boa e velha cerveja a notícia é desagradável: bebidas alcoólicas na Tailândia são caríssimas. Depois de muito rodar pela Khao San Road, a cerveja mais barata que encontramos era uma long neck a R$ 6,00. Nos mercados então nem se fala. Em alguns a mais barata não sai por menos de R$ 10,00.

Felizmente, água potável é barata por lá. Água da torneira não é potável, por isso você precisará calcular esse custo a mais, uma vez que o calor vai exigir que você esteja constantemente se hidratando.

  • Cervejas (considere as populares): R$ 6,00 – R$ 15,00
  • Sucos: R$ 7,00 – R$ 10,00
  • Água (garrafa de 1,5 L): R$ 1,00 – R$ 1,50
  • Baldinhos (famosos drinks servidos em baldes): R$ 20,00 – R$ 40,00
  • Iced coffee (café com gelo): R$ 5,00 – R$ 10,00

Procure se informar: lemos em alguns sites a respeito da entrada de bebidas alcoólicas no país ser proibida nos aeroportos, mesmo as compradas nos shoppings das zonas de embarque, como o Duty Free. Não podemos dar certeza sobre o assunto porque não tentamos.

3 Transportes

Atravessando o Rio Chao Phraya até Wat Arun

Atravessando o Rio Chao Phraya até Wat Arun. Créditos: Gisele Rocha

Em Bangkok existe um grande preconceito a respeito dos tuk-tuks. Falaremos sobre isso em um outro artigo, mas saiba de antemão que eles são mais vantajosos do que os táxis. Pelo que vimos, os preços de ônibus urbanos e até mesmo os que vão pra cidades dentro da Tailândia são muito baratos. Neste site você confere uma lista de preços de passagens para várias dessas cidades.

  • Ônibus urbano: R$ 3,22
  • Táxis
    • Tarifa inicial: R$ 3,76
    • Preço do km: R$ 0,75
    • Preço da hora parada: R$ 12,90
  • Gasolina: R$ 3,28
  • Fonte dos dados acima: Numbeo
  • Barcos: R$ 0,30 (cruzar o Rio Chao Phraya) – R$ 1,07 (navegar entre as estações do Rio Chao Phraya)

Ao andar de tuk-tuk, é necessário já ter um preço em mente e bater o pé incessantemente até que o motorista aceite. Eles vão negociar até tentarem convencê-lo do contrário, mas se você for persistente e amigável é possível andar por Bangkok pagando muito pouco.

Para sair do país ou até mesmo para longos destinos dentro da Tailândia, recomendamos buscar os preços de passagens na Air Asia, que é uma companhia low cost. Estamos fazendo nossos deslocamentos na Ásia por ela. É possível encontrar preços muito baixos até mesmo poucos dias antes da viagem, diferente da grande maioria das companhias aéreas que vão encarecendo absurdamente as tarifas quanto mais se aproxima da data desejada.

4 Excursões e tours

Adriano e Gisele em Ayutthaya, entre duas estátuas de Buda

Adriano e Gisele em Ayutthaya, entre duas estátuas de Buda. Créditos: Viajei Bonito

Ficamos assustados e muito pé atrás quando reservamos um pacote para visitar Ayutthaya, um dos destinos turísticos mais procurados por quem visita Bangkok e quer conhecer mais sobre a história do país. Na ocasião, o tour incluía: ônibus de ida e volta, guia, almoço e durava o dia inteiro. E quanto nós pagamos? R$ 53,00 cada um! Não se assuste, não havia pegadinha: o passeio foi sensacional e eles cumpriram o prometido.

5 Hospedagem em Bangkok

Os preços de hospedagem também são muito acessíveis.

Semanas antes de nossa viagem, pesquisamos a respeito dos melhores locais pra se hospedar em Bangkok. Decidimos por ficar próximos à Khao San Road, por ser o local ideal aos mochileiros: vida noturna, comida barata (não estamos falando sobre comer baratas, isso é assunto pra um outro artigo), bem distribuída de transportes públicos e muito próxima às principais atrações turísticas da cidade.

É possível encontrar bons albergues com quartos e banheiros privados por menos de R$ 40,00 a diária. Neste outro artigo listamos alguns dos melhores albergues próximos à Khao San Road.

6 Roupas

Roupas em cabide próximas ao Wat Arun

Roupas em cabide próximas ao Wat Arun. Créditos: Gisele Rocha

Andar por Bangkok e pela Khao San Road é estar em contato com centenas de vendedores ambulantes, a grande maioria disposta a negociar. É complicado fazer uma média de preços de vestuário, uma vez que isso depende do tipo e da qualidade da roupa, mas aqui vão alguns dos preços que encontramos enquanto estivemos pesquisando:

  • Calças longas e folgadas (ideal para visitar templos): R$ 10,00 – R$ 20,00
  • Camisetas (com estampas): R$ 10,00 – R$ 30,00
  • Vestidos: R$ 15,00 – R$ 30,00
  • Bonés: R$ 30,00 – R$ 40,00

7 Souvenirs

Souvenirs vendidos em um mercado próximo ao Wat Arun, Bangkok, Tailândia

Souvenirs vendidos em um mercado próximo ao Wat Arun, Bangkok, Tailândia. Créditos: Gisele Rocha

A quem busca uma lembrancinha pra presentear os amigos e parentes no Brasil, veja abaixo alguns dos vários objetos que podem ser encontrados nos vendedores da Khao San Road, Chinatown e nos demais mercadinhos de rua espalhados pela cidade.

  • Estátuas de Buda: variam muito, mas é possível comprar uma de tamanho médio entre R$ 30,00 – R$ 40,00
  • Abridores de garrafa: R$ 5,00 – R$ 10,00
  • Imãs de geladeira: R$ 2,00 – R$ 5,00
  • Adesivos: R$ 0,50 – R$ 1,00

Vale lembrar que na Tailândia, o comércio de imagens de Buda é considerado crime, inclusive pra quem tenta sair com uma do país. Entretanto, víamos lojas comercializando as imagens até mesmo nos templos de Bangkok, o que nos deixou confuso. Ao perguntar a um vendedor, ele nos informou que é proibido comercializar peças históricas no país, isto é, peças que pertenceram a templos ou que têm valor histórico agregado. Compramos duas e não tivemos problemas pra sair do país com elas.

8 Templos e atrações turísticas em Bangkok

Templo nos arredores de Wat Arun, Bangkok, Tailândia

Templo nos arredores de Wat Arun, Bangkok, Tailândia. Créditos: Gisele Rocha

Os preços praticados pelos templos e pelas principais atrações turísticas cabem no bolso até mesmo de quem prefere fazer tudo por conta própria (nosso caso!). Nos templos que visitamos, não pagamos mais do que R$ 15,00 e com relação aos museus, você pagará algo em torno de R$ 30,00.

Se você estiver interessado em ler mais sobre os templos, já escrevemos sobre o Wat Arun e o Wat Pho.

9 Massagens

A Tailândia é mundialmente conhecida por suas famosas massagens. Falaremos melhor delas em artigos futuros, mas você pagará algo em torno de R$ 30,00 pela massagem dos peixinhos + uma massagem completa e revigorante nos pés.

O custo de vida na Tailândia

Considerando Bangkok e Ayutthaya, tivemos uma boa impressão do custo de vida na Tailândia. Gastamos muito menos do que havíamos planejado do nosso orçamento de viagem e olha que não ficamos de mão fechada hora alguma. Se você também já esteve de passagem pelo país e tem alguma dica sobre como gastar pouco em Bangkok ou nas demais cidades, não deixe de compartilhar utilizando os comentários abaixo.

E aí, quer pagar quanto?

Ler mais sobre o nosso Mochilão Asiático

Se você gostou deste artigo e gostaria de ler outros sobre o nosso mochilão pela Ásia, veja abaixo por onde passamos e boa leitura.

Estados Unidos

Tailândia

Outras notícias sobre a Tailândia

Vietnã

Malásia

Singapura

Bangkok é realmente uma cidade barata?

Prepare-se para viajar

Use o cupom PAI para adquirir o seguro viagem com até 20% de desconto. Além da cobertura médico-hospitalar, você também estará protegido em casos de cancelamento de viagem, extravio ou danos à bagagem.

Ícone hotel

Reserve hospedagem com antecedência através do Booking e Hostelworld para garantir preços promocionais. Parcelamento sem juros no cartão de crédito e possibilidade de cancelamento reembolsável.

Garanta internet em mais de 210 países utilizando o chip da Easysim4u, que nós já testamos na Europa e do norte ao extremo sul das Américas. Use o cupom SPRING e garanta 50% de desconto.

Economize em passagens aéreas usando o comparador de preços ou a ferramenta quando viajar, um calendário que mostra as tarifas mais baixas para o destino que você escolher.

Tenha liberdade para ir aonde quiser alugando um carro através da Rentcars, que atua em parceria com locadoras renomadas do mundo todo. Parcele sem IOF em até 12x ou cancele sem custos.

Pague menos comprando suas passagens de ônibus com a ClickBus,  a empresa líder em vendas online de passagens rodoviárias, trabalhando em parceria com mais de 140 empresas em mais de 4 mil destinos!

Faça passeios guiados em qualquer lugar do mundo e fure a fila comprando ingressos com antecedência através da GetYourGuide. Cancele sua reserva até 24 horas antes do início de sua atividade e obtenha reembolso integral.

Viajei Bonito

Somos duas pessoas apaixonadas por movimento. Para nós, cair na estrada é mais importante do que um projeto futuro de estabilidade e quaisquer oportunidades de novas viagens, por mais remotas e loucas que pareçam ser, a gente tá pegando!

10 pensou em “Bangkok é realmente uma cidade barata?

  1. Estou buscando informações para minha viagem à Tailândia e nossa… Estou gostando mto das informações publicadas. Parabéns pelo conteúdo.

  2. Olá gente, parabéns pelo post, vou usar pra minha viagem 🙂
    “Ao andar de tuk-tuk, é necessário já ter um preço em mente e bater o pé incessantemente até que o motorista aceite”. Quanto vocês pediram na época q tavam lá?
    abraço!

    1. Olá, Juliana. Dependia muito da distância. Uma forma de estimar é utilizar esses aplicativos que permitem pedir táxi pelo celular, ou até mesmo o Uber. Vc gera a estimativa da rota. Digamos que ela seja equivalente a R$ 20,00, por exemplo, vc tenta negociar com o tuk tuk um valor abaixo disso. A ideia é ter noção do custo pra saber o quanto pedir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para o topo